3 sinais de que você não escolheu a carreira certa

A conclusão do Ensino Médio marca o momento da escolha de um curso universitário e da profissão que os jovens desejam seguir no futuro. A pressão, porém, começa muito antes, desde as já conhecidas perguntas sobre “o que você quer ser quando crescer?”.
Desde aqueles que já demonstram confiança sobre a carreira que desejam seguir até aqueles que não têm segurança nenhuma sobre sua escolha, todos podem acabar se decepcionando com o curso escolhido. Seja por falta de afinidade, interesse ou até pelas perspectivas profissionais.
Mas como identificar se você escolheu a carreira certa? Confira alguns sinais de que você não escolheu bem a sua carreira:
1. Você não sabe dizer por que escolheu este curso
Em conversas com colegas, familiares ou amigos, você fica desconcertado diante da pergunta “por que você escolheu este curso”? Este pode ser um sinal de que você não está no curso certo. A escolha da carreira é normalmente baseada em questões com as quais você se identifica, atividades em que acredita e que deixam você satisfeito. Muitos jovens escolhem um curso universitário se baseando em opiniões de outras pessoas ou pressão dos pais sem buscar maiores informações sobre os conteúdos abordados e as possibilidades profissionais.
2. Você não se interessa pelas matérias
Ao longo do curso universitário, é normal que o estudante não se identifique ou goste de todas as disciplinas. Mas a falta de interesse pela maioria das disciplinas – ou até mesmo por todas elas – é um dos principais sinais de que você não escolheu a carreira certa. Os cursos universitários costumam oferecer uma formação ampla, com diferentes caminhos possíveis de serem seguidos na vida profissional. Ao longo do curso, você deve encontrar estes caminhos através das disciplinas pelas quais tem maior interesse. Nem todas as aulas devem despertar este sentimento, mas é interessante reavaliar sua escolha caso nenhuma delas faça você feliz.
3. Você não gosta do seu estágio
É comum que alguns alunos se interessem pelo curso universitário em si, mas não pela experiência profissional do estágio. Por se tratar normalmente da primeira experiência do estudante no mercado de trabalho, o estágio pode explicitar para o jovem a sua insatisfação com a carreira escolhida. Mas cuidado ao fazer esta análise: não gostar do estágio não significa necessariamente que você escolheu a carreira errada. Procure por oportunidades em outras empresas e diferentes áreas de atuação, converse com professores e procure identificar outras atividades dentro do curso que despertariam mais seu interesse e sua satisfação ao trabalhar.
Apesar de parecer o fim do mundo, escolher mal o curso universitário é bastante comum: segundo dados das próprias universidades e de profissionais de orientação vocacional, cerca de 30% dos jovens desiste do curso no seu primeiro ou segundo ano. Portanto, procure investigar os motivos pelos quais você está insatisfeito com a sua escolha e identificar o que agradou ou não, como forma de se preparar para investir em uma nova formação.
Você gosta da carreira que escolheu seguir? Compartilhe suas experiências com a gente nos comentários!

Categoria: PrasaberProfissões

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.