4 dicas para você escrever melhor

Escrever bem é um talento ou uma técnica? Você sabe dizer? Quem já não ouviu por aí que Fulano ou Beltrano tem facilidade para escrever, enquanto Cicrano, pelo contrário, não consegue escrever dois parágrafos coerentes um com o outro?
O fato é que hoje a escrita está cada vez mais presente no cotidiano de todas as pessoas, seja pelo uso da redes sociais, seja pela comunicação instantânea que praticamos diariamente via aplicativos como o WhatsApp.
Há quem diga que isso é bom, mas há também quem diga que isso é péssimo: a escrita rápida, sobrecarregada de expressões faciais, bonequinhos e símbolos de toda natureza acaba por prestar um desserviço à comunicação em geral, pois em vez de elaborar um argumento, basta colocar um emoticon e o problema está resolvido, sem reflexão. Você concorda com isso?
Para ajudá-lo a escrever melhor, nós reunimos algumas dicas que podem auxiliar no processo. Confira:
1 – Lembre-se de que escrever é técnica
Escrever pode ser uma técnica que qualquer pessoa letrada pode desenvolver e aperfeiçoar. Trata-se de praticar o exercício diário de construir argumentos. Seja conversando ou escrevendo, habitue-se a defender seu pontos de vista a respeito das coisas não apenas dizendo o que você acha, mas sim fundamentando o seu olhar.
Se você pratica a leitura diariamente, naturalmente você desenvolverá o seu vocabulário, assim como ampliará seus temas e o modo como aborda os mais variados assuntos. Porque criar significado é principalmente relacionar ideias, e, para isso, você precisa de informação. Imagine que, assim como praticar um esporte depende de dedicação para aprimorar a técnica, a escrita depende também de exercício, com muita autocrítica.
2 – Leia com variedade
Outro fator importante para quem deseja escrever melhor é ler com variedade. Ou seja: não basta praticar apenas um tipo de leitura. É preciso ler os textos online, mas também é preciso ler livros, assistir a filmes com legenda e consultar dicionários. Essa variedade deixa você sadio, porque habilita a sua competência como usuário da língua, desenvolvendo as suas habilidades. Tenha um livro sempre com você, e leia-o sempre que tiver a oportunidade.
3 – Busque os tópico frasais
Quando ler um texto, busque entender qual é o tópico frasal de cada parágrafo. Se você não sabe o que é isso, considere o seguinte: cada parágrafo de um texto contém uma frase principal, que resume o pensamento desenvolvido e à qual todas as demais fazem algum tipo de referência. Geralmente, esta ideia está colocada no início do parágrafo, de modo que todas as demais frases e orações estão de algum modo relacionadas a essa frase principal. Se a ideia muda, muda também o parágrafo.
4 – Não se esqueça de coesão e coerência
Estes são recursos para tornar o texto melhor escrito. A coerência acontece no nível das ideias: se o seu texto parte de uma hipótese, a argumentação deve acontecer no sentido de defender esta hipótese entre uma parte e outra do texto, mantendo a linha de pensamento.
Já a coesão se trata da utilização de recursos, ou seja, de saber usar os conectivos (“mas”, “embora”, “assim sendo”, “como dizíamos antes”, “entretanto”, “portanto”, etc), de modo a manter as partes do texto bem amarradas.
Por exemplo: se você conclui o parágrafo e inicia o próximo com o conectivo “no entanto” , significa que você está fazendo uma ressalva, indicando um porém àquilo que acabou de afirmar.
Do mesmo modo, se você começa o próximo parágrafo com o conectivo “sendo assim”, significa continuidade, ou seja, você demonstrará uma consequência daquilo que acabou de dizer.
Estes são apenas alguns aspectos que podem fazer você escrever melhor. Muitas pessoas têm esse talento, mas também é possível, com exercício e prática, alcançar uma técnica que facilite a expressão das ideias.
Leia todos os dias, consulte dicionários e gramáticas. E coloque o seu texto à prova: solicite a leitura e considere o leitor, de modo a fazê-lo chegar onde você quer.
Por ora é isso. Deixe o seu comentário!

Categoria: Dicas de Estudo

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.