4 dúvidas comuns entre os vestibulandos

Prestar vestibular é algo que exige muita dedicação e gera muitas dúvidas. Os estudantes passam tanto tempo se preparando para as provas e procurando questões de matemática, química e geografia que acabam não encontrando respostas para suas dúvidas mais pessoais. O problema é que o dia-a-dia apresenta tantos problemas quanto os livros e as dúvidas que surgem na hora de preencher o formulário de inscrição do vestibular são tão ruins quanto as dúvidas da prova de português.
Temos aqui algumas dúvidas comuns entre os vestibulandos com suas respostas, todas pensando no bem-estar de quem vai fazer a prova. Quer saber quais são?
1 – Como escolher o curso?
Muitos estudantes não sabem o que vão fazer no vestibular. Às vezes, ficam em dúvida entre cursos parecidos. Em outras, não conseguem decidir entre cursos bem diferentes. E ainda tem aqueles que não gostam de nenhum curso. Em todo caso, o melhor a fazer é pesquisar. Comece com uma lista de cursos oferecidos no Brasil ou no seu estado. Leia as descrições com atenção e, então, procure os currículos dos cursos que mais o agradam nos sites das universidades. Fale com estudantes do curso e com profissionais da área para saber como é o dia-a-dia, procure sobre as perspectivas do mercado de trabalho. Nessa busca, você com certeza vai encontrar algo de que gosta e tirar suas dúvidas.
2 – Como lidar com a opinião alheia?
Quando um estudante entra no segundo ano do Ensino Médio, já começa a ser bombardeado por perguntas. Para qual curso você vai prestar vestibular? Em qual faculdade? Que profissão quer seguir? E junto com essas dúvidas sempre vem muitas sugestões, mesmo quando não são solicitadas. Seus pais querem que você faça Engenharia, seus vizinhos acham que deveria ser Computação e seus amigos acham que Publicidade é a sua cara. Mas você é quem decide. E quando sua decisão for muito diferente da opinião deles? Insista. Essa é a primeira decisão que você deve tomar independentemente. Não deixe que decidam por você o que você vai fazer no vestibular – ou depois dele -, porque você é quem vai sentar naquela sala de aula, trabalhar naquele laboratório ou, anos depois, entrar naquela naquele escritório.
3 – Como escolher uma boa faculdade?
E depois de ter escolhido o curso, como escolher em qual faculdade cursá-lo? Você pode decidir o que for melhor para você – por preço ou distância, por exemplo – sem problemas. Mas também pode escolher a faculdade que oferece o melhor para o seu curso. Nesse caso, você pode procurar no site do MEC para descobrir a avaliação do seu curso em várias universidades no Brasil todo. Ou pesquisar por notícias sobre a avaliação do seu curso nas faculdades mais próximas. Procure por um lugar que tenha uma boa estrutura, bons horários e bons professores. Conversar com alunos e ex-alunos é o ideal nesse momento. É possível encontrá-los com facilidade em grupos de redes sociais!
4 – E se eu me arrepender depois?
O grande medo que assola os vestibulandos – depois do medo de não passar na prova – é de se arrepender depois e não gostar do curso que está fazendo. Mas a solução é mais simples do que parece: troque o curso. Claro, isso pode exigir outra prova, mais um ano estudando e outras situações que não são tão agradáveis. Porém, é muito comum acabar escolhendo algo que não combina com você, porque as pessoas mudam muito rápido. O que parecia certo quando você prestou o vestibular aos 17 anos pode não ser mais certo aos 20, quando você já estiver quase pegando o diploma. Não há nada de errado em querer trocar de curso ou de profissão.

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.