5 profissões que estão driblando a crise

O nosso país já vem passando há algum tempo por uma crise financeira que está levando todo o mercado a mudar. Algumas empresas foram obrigadas a fazer demissões em massa. Outras tiveram que dar férias coletivas aos seus empregados por causa da baixa demanda. Pessoas desempregadas estão tendo dificuldades de conseguir um bom emprego e as propostas vêm com salários cada vez mais baixos. Levando tudo isso em conta, parece que não há quem se salve dessa situação.
Mas isso não é verdade! Algumas áreas não sofreram tanto o impacto da crise e outras conseguiram até mesmo tirar proveito dela. Essas são cinco profissões que estão driblando a crise no Brasil:
1 – Desenvolvedor de aplicativos
Uma das profissões surgidas nos últimos anos que não foi afetada pela crise, o desenvolvimento de aplicativos não para de crescer. Um desenvolvedor cria aplicativos para sistemas operacionais – como iOS ou Android – com várias finalidades, do entretenimento à organização. E por que está driblando a crise? Porque os celulares são o nosso maior meio de acesso à internet e à comunicação. As pessoas não conseguem mais largar seus celulares e um bom desenvolvedor de apps pode criar meios de ajudar o público em todas as tarefas do dia-a-dia. Indispensável.
2 – Analista de processos
Os profissionais que ajudam a melhorar e preservar várias áreas de empresas também estão sendo muito solicitados no mercado de trabalho nos últimos anos. É o caso do analista de processos, que estuda os processos de diversos setores das empresas para saber o que pode ser melhorado. Essas melhoras podem resultar em reduções de custo, automatização e mais eficiência. É claro, se uma empresa está sofrendo coma crise, vai querer saber como reduzir custos e se tornar mais eficiente. Por isso, o analista de processos acaba se tornando o profissional que pode ajudar todos os outros profissionais.
3 – Analista de marketing digital
O analista de marketing digital é um profissional que surgiu nos últimos tempos com o intuito de cuidar da imagem de uma empresa no mundo digital. É ele que cuida das redes sociais e do conteúdo do site da empresa, fazendo pesquisas com o público, respondendo a comentários, descobrindo quais são as necessidades e as reclamações dos consumidores. O analista de marketing digital não está sendo afetado pela crise porque todas as empresas entendem que dependem de sua imagem no mundo digital para atrair e conservar clientes. Não tem como dispensar um profissional que cuida disso para a empresa.
4 – Secretário executivo bilíngue
Com ou sem crise, faz muito tempo que a globalização está fazendo com que as empresas cresçam, criando parcerias com empresas estrangeiras ou atraindo clientes de outros países. O secretário bilíngue, além de ser de grande ajuda na organização da empresa, é essencial para fazer essa ponte entre a empresa e o parceiro ou cliente estrangeiro. Ele pode ajudar a estabelecer contatos e a fechar negócios, fortalecendo o nome da empresa no mercado e ajudando a combater a crise.
5 – Especialista em computação na nuvem
Por último, mais um resultado da era tecnológica no mercado de trabalho. O especialista em computação de nuvem faz um estudo da gestão de informações da empresa, analisando quantos e quais dados podem ser transferidos para a nuvem. Ele está sendo muito requisitado em empresas de grande e médio porte, que têm muitas informações para preservar. Esse tipo de profissional está driblando a crise porque as empresas não se contentam mais em guardar suas informações em arquivos físicos. Guardar na nuvem é uma maneira mais barata e que ocupa menos espaço, dando mais tranquilidade para os profissionais.

Categoria: PrasaberProfissões

Pensamos na sua privacidade

Usamos cookies para que sua experiência seja melhor. Ao continuar navegando, você está ciente dos nossos Termos e Políticas.

CONTINUAR