6 livros para ler em 2016

Ler é uma atividade de muitas vantagens: quem lê se diverte, relaxa, conhece coisas novas e aprende mais. Além disso, leitores habituais são conhecidos por serem mais questionadores, por pensarem de maneira crítica e por sempre terem assunto na mesa de bar.
Por isso, é importante separar um pouco do seu tempo, nem que sejam alguns minutos, para colocar suas leituras em dia! Se você está se perguntando bons livros para ler em 2016, nós fizemos uma lista de livros atuais muito aclamados. A lista tem temas variados, para que você encontre seu tipo favorito!
Boa leitura!
1 – O Gigante Enterrado, de Kazuo Ishiguro
O escritor japonês Kazuo Ishiguro, depois de uma década sem escrever, lançou esse romance épico que se passa na Inglaterra, onde Axl e Beatrice, um casal de idosos, viajam à procura de seu filho e lutam contra uma névoa que começa a apagar suas memórias. No meio do caminho eles encontram criaturas místicas, bravos cavaleiros, cabras e dragões. O autor afirma que o livro trata da velhice e da memória, mas é impossível não comparar o mundo que ele criou com os mundos criados por Tolkien e outros escritores britânicos.
2 – A vida dos elfos, de Muriel Barbery
Você deve se lembrar de Muriel Barbery, autora francesa, pelo romance filosófico A Elegância do Ouriço. Nesse livro, ela toma um rumo diferente e se aventura no mundo da fantasia. Em A vida dos elfos, duas meninas órfãs descobrem que estão conectadas entre si e, ao mesmo tempo, conectadas com a natureza. Uma história pura e cheia de surpresas, com a narrativa doce da autora.
3 – As rãs, de Mo Yan
Esse romance venceu o Prêmio Nobel da Literatura em 2012 e conta a história de Girino, uma criança que tem uma tia parteira – e, devido à política do filho único, também “aborteira”. Mo Yan é frequentemente comparada com o autor latino Gabriel García Marquez, porque os dois se dedicam a escrever o realismo fantástico. Uma história diferente, cheia de elementos culturais e fantasia.
4 – Sono, de Haruki Murakami
Esse conto é de 1990, mas só foi publicado agora no Brasil, em uma edição com ilustrações de uma artista suíça – então, vale tanto pela história quanto pela estética! Nesse conto urbano, uma mulher comum simplesmente para de dormir, um dia. Ao contrário do que podemos pensar, ela começa a viver cada vez com mais energia. Mais um livro cheio de referências à cultura pop, que mostra porque Murakami é o autor japonês mais popular no ocidente.
5 – Número Zero, de Umberto Eco
Último romance publicado do autor, conta a vida em uma redação de jornal corrupta – como é possível manipular e selecionar notícias para fazer o leitor acreditar no que se quer, como convencer e persuadir, como a mídia pode ser má. Os personagens podem ter nomes conhecidos e a história é cheia de teorias conspiratórias. Interessante, divertido e profundo!
6 – A Cabeça do Santo, de Socorro Accioli
Nesse livro brasileiro, Samuel, um rapaz cearense, vai para a cidade de Candeia, onde encontra uma estátua de Santo Antônio com a cabeça separada do corpo. Ouvindo dentro da cabeça, como se fosse uma concha no mar, ele escuta as preces e orações de mulheres que clamam pelo santo dos namorados. Usando isso, ele decide começar a oferecer conselhos para unir casais. A autora teve a ideia para esse romance em uma oficina literária com Gabriel García Marquez e concorreu ao prêmio Jabuti em 2015.

Categoria: Dicas de Estudo

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.