A geração Y e o mercado de trabalho

Por useradmin

A geração Y e o mercado de trabalho

A geração Y é composta por jovens que nasceram dentro do período entre 1982 a 2000, ou seja, com maior facilidade de acesso à informação por causa da tecnologia avançada e da internet. O termo “geração Y” foi originado pelo fato de que dentro deste período, muitas crianças receberam de seus pais nomes iniciados com a letra Y – uma clara influência da União Soviética.

Estes jovens tendem a ser mais ambiciosos porque cresceram em um cenário onde a economia mundial se encontrava estável e promissora. Acostumados a receber incentivo de seus pais em suas decisões, também receberam uma educação mais flexível, o que determinou que se tornassem mais confiantes e familiarizados com a liberdade de expressão.

A geração Y e a sua relação com o mercado de trabalho

Outra característica muito marcante nos jovens da geração Y é a sua relação com o mercado de trabalho. Sua personalidade ambiciosa e focada em crescimento profissional os tornou muito mais exigentes em relação ao mercado de trabalho, fator determinante que leva estes jovens a não permanecer muito tempo em empregos que não supram as suas necessidades.

Comprometidos com o desenvolvimento da carreira, os jovens da geração Y se frustam ao não receber maiores oportunidades de crescimento, pois nem sempre as empresas delegam as funções de forma que aproveitem as melhores habilidades de cada funcionário, fazendo com que não possam mostrar no que realmente são bons e possam crescer profissionalmente.

Uma geração disposta a encarar desafios

Um fator cultural que deve ser considerado quando mencionamos a geração Y é que a forma como estes jovens foram criados influenciou diretamente em seu perfil profissional e a sua relação com o mercado de trabalho. Os jovens da geração Y cresceram acostumados a ter os pais sempre trabalhando fora e pouco presentes em casa.

Como forma de compensação, sempre tiveram muitas distrações ao seu alcance, como jogos eletrônicos, brinquedos, atividades, bens materiais e a forte presença da televisão.

O que muitos consideram que “mimou” os jovens da geração Y pode ser considerado justamente o principal fator que os tornou competentes a lidar com muitas tarefas ao mesmo tempo.

Por isso, eles estão prontos para encarar o mercado de trabalho, lidar com a pressão e aceitar desafios. Por outro lado, frustram-se com muita facilidade quando não se sentem estimulados em suas funções, principalmente quando recebem funções “mecânicas” e repetitivas em seu trabalho.

Como as empresas estão lidando com a geração Y?

Por se tratar de jovens que estão habituados a lidar com a tecnologia e possuem uma forma de raciocinar mais lógica, ágil e objetiva, as empresas têm grande interesse em atrair estes novos talentos para o seu quadro de funcionários.

Eles possuem um grande potencial para agregar valor competitivo para o empreendimento através de suas habilidades profissionais e ambição, o que os torna abertos e dispostos a:

  • Viver novas experiências;
  • Encarar novos desafios todos os dias;
  • Desempenhar as mais variadas tarefas para que possam crescer profissionalmente e garantir a sua posição no mercado de trabalho;
  • Abraçar a ideologia da empresa e integrar a equipe como se fosse o seu time.

Quais estratégias as empresas estão adotando para captar novos talentos da geração Y?

Pesquisas mostram que para atrair e manter estes jovens dentro das empresas, é preciso suprir as suas expectativas profissionais em relação ao mercado de trabalho. Estes jovens buscam:

  • Jornadas de trabalho flexíveis;
  • Estabilidade profissional;
  • Plano de carreira;
  • Ambiente de trabalho sem grandes formalidades, que priorize o compartilhamento de ideias;
  • Capacitação profissional através de cursos e programas de treinamento.

Saiba mais sobre o mercado de trabalho:

Enfim, a geração Y espera receber em troca de seu trabalho uma oportunidade de construir o seu futuro, mais até do que a própria bonificação financeira.

Você concorda com a relação da geração Y e o mercado de trabalho da forma como foi abordada no post de hoje? Tem alguma opinião que queira compartilhar sobre o assunto? Deixe o seu comentário!

Compartilhar
Categoria: Carreira

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.