Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta

Curso de Administração Pública: saiba tudo sobre a formação

Pessoas que se interessam pelo setor público, o que inclui áreas como saúde, educação, cultura, entre outros, podem se identificar com a administração pública, uma área promissora. Ela é exercida pelo gestor público, alguém que é remunerado para prestar serviço para toda a sociedade, administrando o bem público. Alguns desses gestores são o presidente da república e os governadores dos estados, mas existe uma série de outras funções referentes a esse tipo de atividade.

É sobre isso que trataremos no presente artigo. Saiba como a administração pública funciona, quais são os benefícios que ela traz e quais são os meios mais seguros para construir sua carreira no setor.

Onde um administrador público pode atuar?

Ao fazer o bacharelado em administração pública, o estudante se torna capacitado para atuar no gerenciamento de instituições governamentais e na criação de políticas públicas, bem como no seu acompanhamento. Na prática, esse profissional se capacita para atuar em ramos da política como os órgãos federais, estaduais e municipais, além de ministérios, secretarias, entre outros setores, podendo se dedicar à educação, à habitação, à saúde, entre outros.

Cabe a ele desenvolver as políticas que terão impacto nas vidas das pessoas, além de coordenar suas aplicações e avaliar seus resultados.

É importante que esse Administração tenha capacidade para criar objetivos viáveis porque para que eles sejam colocados em prática será necessário fazer uso de recursos públicos, embora ele também tenha como obter financiamento privado. De maneira geral, trata-se de um ofício que exige bastante responsabilidade e liderança.

Perfil do profissional de Administração Pública

O mais importante é que o estudante goste das relações humanas e tenha vocação para intermediar conflitos e propor soluções. Na prática, será isso o que ele fará no dia a dia de sua profissão, lidando com interesses diversos, sejam eles os do partido, dos empresários ou da população.

Dessa forma, é preciso que o conhecimento técnico não seja o único diferencial do Administrador Público, devendo ele ter na ética algo preponderante. Esse tipo de líder se relaciona frequentemente com representantes de interesses dos mais diversos e precisa manter o respeito pela Constituição e pelos diferentes parâmetros que regem sua atuação.

Veja também: Conheça as 8 principais áreas de atuação em Administração!

Se você gosta de política, se acredita que tem um perfil conciliador e pretende agir da maneira certa, então um bom caminho é estudar para tanto. No curso de Administração Pública é possível se preparar de maneira criteriosa para ingressar na área.

Enfim, a administração pública é uma carreira que impacta a vida de muitas pessoas. É por isso que as exigências tendem a ser elevadas. Isso não quer dizer que o estudante não tenha como se preparar para estar apto a liderar setores públicos com qualidade e eficiência, gerando o bem-estar social que todos desejam. Para tanto, o primeiro passo é recorrer a uma boa formação.

Qual é a média salarial de um Administrador Público?

A média salarial da carreira costuma ser bem alta, superando os R$ 10 mil. Vereadores, por exemplo, representantes municipais, pode receber entre R$ 5 mil e R$ 21 mil a depender da cidade onde atuam. Já o presidente da república, atualmente recebe R$ 27.841,33 brutos. Além disso, os representantes contam com uma série de benefícios.

Vale lembrar que, constitucionalmente, somos uma república federativa representada por entes que são a União, os estados e os municípios. Cada ente tem suas responsabilidades e fontes de recursos, para tanto, precisa de lideranças para conduzir processos como o gerenciamento de operações e controle da arrecadação. Essas lideranças são escolhidas por voto popular e renovadas periodicamente. Assim, um Administrador Público pode ocupar diversos cargos e funções ao longo da vida, desde que conte com a chancela popular.

Especializações para quem faz Administração Pública

É importante destacar que para exercer um cargo político não é necessário ter uma formação específica. Existem representantes que vieram das mais diferentes áreas. As eleições democráticas permitem que mesmo candidatos sem grandes qualificações acadêmicas ocupem vagas como vereadores, deputados, entre outros.

Ainda assim, uma formação acadêmica pode ser um diferencial para o Administrador Público com maiores ambições. Um candidato apenas popular pode encontrar dificuldades para lidar com os diferentes processos que exigem jogo de cintura do Administrador Público.

É por isso que se você pensa em ocupar um cargo dessa natureza, o ideal é procurar se qualificar, pensando não somente nas eleições, mas também nos processos que fazem parte da rotina administrativa das cidades, dos estados e do país. Tenha certeza que com uma preparação feita de acordo com uma boa metodologia, suas chances de trazer resultados satisfatórios para a população são maiores. Por isso, confira alguns cursos indicados para você conseguir esse diferencial.

Pós-graduação em Gestão de Pessoas

É a melhor preparação para quem pretende se especializar em extrair o máximo de seus funcionários, algo fundamental para a gestão pública. Uma ação estratégica em recursos humanos serve tanto para empresas quanto para órgãos governamentais.

Pós-graduação em Gestão de Negócios

Da mesma forma, é importante que o gestor tenha capacidade para compreender todos os processos que envolvem aquilo que representa. É importante saber lidar com questões internas e externas das instituições. Nesse sentido, uma especialização em Gestão de Negócios auxilia o gestor em processos onde existe a negociação, criando meios para facilitar a busca por resultados.

Pós-graduação em Comércio Exterior

Em um contexto de mundo globalizado, saber lidar com agentes externos e fazer disso uma vantagem competitiva é um diferencial e tanto para qualquer gestor público. É por isso que a especialização em Comércio Exterior chama tanto a atenção. Nela, o estudante aprende a construir uma carreira internacional e lidar com tudo o que isso envolve.

Pós-graduação em Administração Pública

A própria Administração Pública pode ser uma especialização profissional, como veremos no tópico seguinte. Isso porque é possível se aprofundar nas peculiaridades da administração de órgãos públicos fazendo um curso que trabalhe com isso. Em geral, essas formações abordam questões relevantes para esse segmento, distanciando o gestor público do gestor privado. Isso é importante por se tratar de algo que envolve questões ambientais, sociais e até éticas completamente diferentes das enfrentadas por empresas, mesmo as de grande porte.

Onde estudar Administração Pública?

Deseja começar na carreira pública? Existem cursos de graduação e pós-graduação com grande qualidade na formação de novos gestores. Confira abaixo alguns deles.

  • Anhanguera: Uma das instituições de ensino mais conhecidas do país tem na graduação de Gestão Pública uma oportunidade para o futuro político se preparar por meio de matérias desenvolvidas especialmente para a atuação no setor público. Este é um curso superior de tecnologia tem duração de 4 semestres.
  • Uninter: Considerado um dos maiores Centros Universitários do país, o curso de Administração Pública da Uninter é uma ótima alternativa para quem deseja estar em contato com o conteúdo mais atual e inovador do mercado, embasada na legislação brasileira, na ética e com foco na eficiência e no bem comum.
  • Unopar: Já a Unopar tem o diferencial de oferecer o curso a distância, o que simplifica bastante a vida do estudante interessado. No curso de Gestão Pública da Unopar, o aluno tem acesso a uma ampla gama de conhecimentos que envolvem o a gestão de organizações públicas, o que certamente dará a ele condições para exercer sua função com maior eficiência.
  • Universidade Positivo: Outro curso de pós-graduação muito interessante é o oferecido pela Universidade Positivo. Direito Administrativo e Administração Pública é uma formação de 360 horas que pode ser feita por graduados de diferentes áreas. Nela, o estudante aprende técnicas e habilidades para resolver problemas práticos e lidar com casos concretos.

Quais são as matérias do curso de Administração Pública?

Para ter conhecimentos amplos para que possa conduzir os processos de uma instituição pública, é necessário que o gestor público estude temas como:

  • Políticas Públicas;
  • Ciências Sociais;
  • Teorias da Administração;
  • Ciência Política;
  • Direito;
  • Contabilidade Pública;
  • Administração Estratégica.

Além disso, ao longo do curso ele convive com temas de ciências exatas, como Matemática Financeira, Contabilidade e até Cálculo.

Diferente do que acontece com a Administração de Empresas, a Administração Pública tem um foco mais diversificado, pois é necessário que as atividades da gestão contemplem a população como um todo e não somente os interesses de um grupo de acionistas.

Dessa forma, é preciso que a formação seja mais abrangente, trazendo temas como a Ciência Política, uma vez que os cargos podem ser conquistados por indicação ou pelo voto popular, e Ciências Sociais, já que o entendimento da sociedade é fundamental para que a gestão seja qualificada.

No restante, o curso se assemelha bastante ao de Administração de Empresas, com matérias como Administração Estratégica, por exemplo, que têm por objetivo gerar o máximo de resultados com o mínimo de gastos.

Quer ajuda para financiar a sua faculdade? Então conheça o Pravaler, faça a sua simulação e comece a construir o seu futuro. Você pode financiar todos os cursos citados anteriormente de maneira muito mais facilitada do que no Fies.

CTA Simule seu Financiamento Estudantil

Texto escrito por: PRAVALER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter