Ciências Sociais – tudo sobre a carreira e curso Ciências Sociais – tudo sobre a carreira e curso

Ciências Sociais – tudo sobre a carreira e curso

Apesar de ter uma grande importância para a humanidade, muitas pessoas ainda não sabem o que é Ciências Sociais. Neste post, você vai conhecer tudo sobre a carreira e este curso!

Se você de identifica com a área de humanas, fazer o curso de Ciências Sociais pode ser uma boa opção, pois pode ser um caminho profissional bastante interessante se você curte saber como se organizam as sociedades e investigar sobre eventos ou fenômenos que envolvem as estruturas políticas, culturais e econômicas. Além de movimentos sociais que explicam as condições atuais do mundo global ou local.

Para entender mais como é o curso de Ciências Sociais, recomendo que você leia esse texto até o final e assim poderá descobrir mais sobre os fundamentos dessa graduação e quais as possibilidades profissionais que esse curso pode oferecer. Vamos lá?!

O que é e como funciona a Ciências Sociais?

A Ciência Social, como disciplina científica, se consolidou no século XIX, com o objetivo de compreender e explicar as transformações pelas quais passava a sociedade moderna, tais como a revolução industrial, a urbanização, a expansão dos mercados, a colonização na África e na Ásia, e a revolução científica. Tais fenômenos estimularam alguns pensadores a formular novos conhecimentos ou a sistematizar preocupações teóricas e práticas já existentes para dar conta das transformações e dos processos em curso.

Portanto, Ciências Sociais é a área que se destina à formação de profissionais aptos para atuar em projeções sociais, contribuir com campanhas políticas, planos de desenvolvimento e projetos de urbanização. Trata-se de uma ciência de extrema importância para a atualidade, porque além da busca da compreensão das causas e consequências do que ocorre no mundo – englobando a Sociologia, a Antropologia, as Ciências Políticas e outras áreas – ela também atua em busca de rever e até mesmo antecipar eventos para as próximas gerações, auxiliando a sociedade como um todo a entender e procurar soluções para os problemas enfrentados.

Quais são as áreas das Ciências Sociais?

As ciências sociais são divididas em três áreas: a antropologia, voltada para o estudo da diversidade cultural e da dimensão simbólica da vida social; a ciência política, centrada nos temas do poder e a sociologia, voltada para o estudo das relações em sociedade.

Mais adiante vamos conhecer as áreas de atuação. Continue acompanhando!

O que faz um profissional formado em Ciências Sociais?

O profissional formado em Ciências Sociais atua na análise dos hábitos e costumes de diversos grupos sociais, bem como suas características religiosas, familiares, organização institucional e econômica. Essas análises acontecem com base em dados obtidos em pesquisas que podem ser solicitadas por empresas públicas ou privadas, para os mais diversos fins.

Quem se forma no curso de Ciências Sociais leva o título de cientista social. É ele quem estuda fenômenos da sociedade, tais como: migração, conflitos sociais e movimentos políticos e é bastante requisitado por partidos políticos para desenvolver e analisar pesquisas eleitorais, por exemplo.

Como o cientista social realiza muitas pesquisas, também é comum que esse profissional seja contratado por jornais e revistas para elaboração de artigos, colunas e matérias sobre assuntos sociais e políticos.

Quer saber se você se daria bem realizando essa função? O teste vocacional pode te ajudar com isso 😉

Qual a função de um sociólogo?

Sociologia e Ciências Sociais são áreas bem semelhantes, mas que possibilitam caminhos profissionais diferentes. A Sociologia é um dos pilares do conhecimento que fundamenta o curso de Ciências Sociais e por isso é diferente.

Sendo assim, o curso de Sociologia tem o foco em questões do comportamento humano e estruturas sociais e está voltado para as relações humanas e para as questões sociais, culturais e políticas que atravessam a sociedade de um modo geral.

A função do sociólogo é estudar e analisar as relações entre todos os indivíduos que vivem na mesma comunidade. É este profissional que ocupa boa parte do seu tempo a pesquisar grandes segmentos da população, sempre com o intuito de captar os fenômenos e as transformações que nele ocorrem.

Em contrapartida, a graduação de Ciências Sociais busca um aprofundamento maior nas questões antropológicas e estuda o desenvolvimento das estruturas sociais, com foco na história e na cultura, além dos comportamentos individuais e coletivos.

Como é o mercado de trabalho para um profissional formado em Ciências Sociais?

As possibilidades de trabalho para quem se torna um cientista social são bastante diversificadas. Umas das possibilidades de atuação é no setor público – para isso, é preciso ficar de olho nos editais dos concursos públicos que estão abertos. Outro campo de atuação deste profissional é o da Educação, onde ele pode ministrar aulas de Ciências Sociais em escolas públicas e privadas ou atuar em universidades, caso opte por continuar seus estudos e fazer um mestrado ou doutorado.

O profissional formado em Ciências Sociais também pode trabalhar em órgãos municipais, estaduais e até federais. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), por exemplo, necessita de cientistas sociais no desenvolvimento dos projetos. Portanto, fique de olho para não perder nenhum concurso em potencial que possa ser um bom caminho profissional para você.

Quais áreas pode atuar?

Um dos mercados em alta nesse ramo está nas organizações não governamentais (ONGs), que necessitam de profissionais qualificados para o planejamento e acompanhamento de suas ações em projetos voltados ao bem-estar de um conjunto específico da população. Um exemplo são os partidos políticos, que contratam cientistas sociais – geralmente com ênfase em Ciências Políticas – para assessorarem nas campanhas, estudar políticas públicas e seus benefícios.

No poder público, existe grande demanda de cientistas sociais em programas do poder executivo, bem como para colaborar com congressistas e os projetos do legislativo. Além disso, o governo federal precisa destes profissionais para atuar junto aos programais sociais.

Quem é mais ligado em tecnologia, a área de humanidades digitais é uma boa alternativa e requisita cientistas sociais para fazer a análise de dados produzidos por usuários na internet e em redes sociais, com o objetivo de entender comportamentos, opiniões e formas de interação política e social.

Outro setor com boas possibilidades de trabalho é de ensino. Caso o profissional faça a opção pela habilitação em licenciatura, pode atuar em escolas, institutos de educação, universidades e faculdades, de acordo com sua especialização.

Além de todas as possibilidades citadas acima, já pensou ser chamado para colaborar na produção de roteiros? Essa é uma área com crescente contratação de cientistas sociais para a de produção de vídeos. Isso se deve ao crescimento da demanda por matérias e documentários nacionais sobre a realidade brasileira. O cientista social, nesse caso, é contratado para contribuir com as pesquisas do documentário e com a elaboração/revisão do roteiro.

Quanto ganha um profissional formado em Ciências Sociais?


Assim como em qualquer profissão, o salário do cientista social pode variar de acordo com o setor, o nível profissional e a região em que atua. Confira abaixo uma tabela com algumas remunerações para um profissional formado em Ciências Sociais:

Média salarial por cargo

Trainee

Entre R$ 1.353 e R$ 2.287

Junior

Entre R$ 1.692 a R$ 2.859

Pleno

Entre R$ 2.115 a R$ 3.574

Sênior

Entre R$ 2.643 a R$ 4.468

Master

Entre R$ 3.304 a R$ 5.585

Por que aprender Ciências Sociais?

Aprender Ciências Sociais é importante para ajudar a compreender melhor o funcionamento de uma sociedade, sua diversidade cultural e o modo de comportamento dos indivíduos em um grupo social. Poder entender as relações humanas tendo em vista o homem dentro da sociedade ajuda a compreender melhor as interações entre as pessoas.

A importância dessa aprendizagem está nesse entendimento que pode ser um processo de autoconhecimento, de ajuda ao próximo, uma profissão dentro das Ciências Sociais ou um conhecimento que pode ajudar em outras profissões.

Além disso, as ciências sociais nos ensinam a pensar criticamente e não aceitar qualquer argumentação. Os critérios exigidos para a realização de uma boa pesquisa também são úteis para analisar argumentos, ideias e debates variados entre pessoas diferentes.

Onde estudar Ciências Sociais?

O curso de Ciências Sociais não é tão fácil de encontrar como Direito, por exemplo. Porém, assim como acontece com qualquer outra graduação, o diploma de Ciências Sociais só terá validade no Brasil se for emitido por uma instituição de ensino superior autorizada e reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Então, essa é a primeira informação que você deve conferir ao escolher uma faculdade.

Para te ajudar, separamos algumas instituições reconhecida e bem avaliadas pelo MEC que oferecem o curso de Ciências Sociais. Confira:

O que se estuda em uma faculdade de Ciências Sociais?

O curso exige grande carga de leitura e acompanhamento das questões sociais, culturais e políticas do país e do mundo. Portanto, é importante que o estudante goste de ler e interpretar dados, se interesse pelo cenário político atual de seu país, goste de pesquisa e debate, e tenha facilidade na hora de escrever.

Além das aulas teóricas, existem aulas práticas onde são abordados conhecimentos em pesquisa de campo e coleta, análise e interpretação de dados. Se optar por licenciatura, o estudante ainda deverá ter incluídos em sua grade os conteúdos definidos para a educação básica e as didáticas próprias de cada um deles.

Grade curricular para cursos de Ciências Sociais


A grade curricular varia de acordo com cada universidade, no entanto, algumas matérias são frequentes em todas elas, como:

  • Teorias Clássicas da Antropologia;
  • Teorias Clássicas da Ciência Política;
  • Teorias Clássicas da Sociologia;
  • Teorias Contemporâneas da Antropologia;
  • Teorias Contemporâneas da Ciência Política;
  • Teorias Contemporâneas da Sociologia;
  • Temáticas Contemporâneas das Ciências Sociais;
  • Métodos e Técnicas de Pesquisa Quantitativa;
  • Métodos e Técnicas de Pesquisa Qualitativa;
  • Pensamento Social e Político Brasileiro;
  • Cultura brasileira;
  • Pensamento político;
  • Tecnologias da informação e da comunicação;
  • Ensaios de política;
  • Diversidade étnico-cultural;
  • Economia brasileira;
  • Legislação da educação básica e políticas educacionais;
  • Seminários de história contemporânea;
  • Ética geral e cidadania;
  • Teoria das relações internacionais;
  • Políticas públicas e sociais;
  • Gestão ambiental e responsabilidade social;
  • História das Artes;
  • Pesquisas em Ciências Sociais: novas perspectivas;
  • Filosofia;
  • Psicologia da educação.

Quanto tempo dura o curso?

O curso dura em média quatro anos e é oferecido nos graus de bacharelado e licenciatura. É possível cursar esta graduação nas modalidades presencial e a distância.

Qual é o objeto de estudo das Ciências Sociais?

O objetivo das Ciências Sociais é estudar, analisar e interpretar as ações dos seres humanos quando estes interagem com a sociedade. O curso tem como objetivo a compreensão e a interpretação da origem da atual realidade social, através do estudo de conflitos e fenômenos sociais, culturais e políticos e da aplicação de suas diversas técnicas e métodos de pesquisa investigativa, obtendo desta forma, a construção de estruturas e identidades de indivíduos e grupos humanos.

Categoria: CursosPrasaber

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.