Como conseguir o primeiro emprego depois de formado?

Muitos estudantes ingressam nos cursos superiores com o sonho de se formar, realizar uma série de estágios, ampliar o conhecimento e conseguir uma posição de destaque no mercado de trabalho. Pelo menos esse é o cenário ideal para quem se dedica entre quatro e cinco anos aos estudos da área escolhida.
Mas a verdade é que a busca pelo primeiro emprego pode ser complicada e alguns recém-formados podem demorar mais do que gostariam para conseguir ingressar em suas áreas. Atualmente, o Brasil já conta com mais de 12 milhões de desempregados, sendo boa parte desse número de pessoas que acabaram de se formar e estão em busca da primeira oportunidade.
Para ficar longe dessa estatística, é preciso ter alguns cuidados e usar recursos como os que listaremos a seguir:
Procure trabalhos online
Ao contrário do que muita gente pensa, as oportunidades ofertadas na internet são imensas e podem levar ao primeiro emprego. Por isso, crie perfis em diferentes sites de emprego, gratuitos ou pagos, além de participar de grupos de discussão de sua área de atuação em redes sociais. É comum encontrarmos grupos de universidades e até mesmo de recolocação de profissionais que oferecem diariamente novas oportunidades para que está em busca do primeiro emprego.
Crie um currículo adaptado
Muitos recém-formados acabam comentando um erro comum: criar um currículo genérico que é enviado para todas as vagas. No entanto, para aumentar as chances de conseguir a primeira oportunidade, é preciso ficar atento às vagas e criar currículos adaptados para cada nova chance. Por exemplo, se a vaga pede um analista de redes sociais, mesmo que você seja formado em comunicação, dê ênfase aos cursos e estágios realizados na área.
Utilize o LinkedIn
A rede social voltada para profissionais é essencial na busca pelo primeiro emprego. Nela, é possível criar um perfil atrativo e criativo, colocar suas qualificações e experiências profissionais, seguir empresas de seu interesse e até mesmo gestores e profissionais que você tem como modelo. Algumas empresas já usam o LinkedIn para ofertar vagas de emprego, falar sobre as exigências do mercado de trabalho e até mesmo dar dicas sobre habilidades que elas procuram.
Use seu networking
Professores, gestores do estágio, profissionais de sucesso da área e até mesmo amigos que já estão empregados podem ser boas fontes para conseguir uma entrevista. Como essas pessoas já estão inseridas no mercado de trabalho, têm mais acesso a informações de novas vagas e oportunidades. Além disso, alguns professores possuem empresas e podem ajudar na hora de conseguir a tão sonhada colocação profissional ou até mesmo realizar apresentações e cartas de recomendação que farão você ter mais chances de ser contratado.
Você também pode visitar os sites de empresas de recrutamento ou de companhias nas quais gostaria de trabalhar. Algumas delas possuem abas de “Trabalhe Conosco”, na quais você encontra vagas abertas no momento ou realiza inscrições no banco de dados da empresa. Nesses casos, os currículos para lá enviados são analisados antes mesmo da vaga de emprego ser ofertada de forma aberta.
Então, pronto para colocar as dicas em prática? Deixe um comentário abaixo!

Categoria: PrasaberProfissões

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.