Como fazer anotações mais produtivas?

Estudar deveria ser algo com que todos estamos acostumados, mas não funciona assim. Desde alunos saindo da escola até concurseiros que já se formaram na faculdade, muitas pessoas apenas não sabem como estudar e acabam fazendo anotações sem grandes significados quando precisam. Por isso, vamos dar algumas dicas de como estudar com mais eficácia, fazendo anotações mais produtivas, tirando mais proveito do tempo que você dedica aos estudos!

Anotar, não só sublinhar
A primeira dica é: não se atenha a sublinhar a matéria no livro. Isso pode, sim, ajudar muito, especialmente se você aprender melhor de modo visual, mas fazer anotações de fato vai ajudar ainda mais, por causa da repetição e do processo de síntese – afinal, para anotar, você vai ter que repetir a matéria com as próprias palavras. Então, pegue seu papel e sua caneta antes de começar a estudar!

Primeira e segunda leitura
A primeira coisa que você deve fazer é uma primeira leitura. Ela deve ser rápida, sem se ater a detalhes, sem sublinhar ou anotar nada. Essa leitura vai servir para você reconhecer o texto, saber do que ele trata, reconhecer suas partes e, em fim, se situar. A segunda leitura, essa sim, vai ser mais demorada, prestando atenção aos detalhes. É nessa leitura que você deve começar a sublinhar e anotar as informações de que precisa se lembrar depois.

Um pouco de cada vez
Mesmo que você tenha muita matéria para estudar, não adianta tentar resumir um livro inteiro em uma noite. Separe as matérias em blocos menores e estude um pouco por dia. Isso vai deixar suas anotações mais eficientes porque você vai conseguir prestar mais atenção no que está fazendo – já que não vai estar tão cansado de toda a matéria – e porque não vai se apressar para tentar fazer tudo o mais rápido possível, o que pode gerar anotações imensas.

Tenha um objetivo
Isso é importante em dois momentos: primeiro, antes de começar a leitura, quando é importante saber por que você está lendo aquele texto. Quais são as informações que você busca? Do que o texto fala? Em que contexto ele está inserido? Saiba disso antes de começar a ler. Segundo, é importante ter um objetivo na hora de fazer as anotações. Elas servirão como base de um trabalho ou servem para estudar para uma prova? Você vai usá-las sozinho ou vai compartilhar com alguém? Essas são informações importantes para fazer boas anotações.

Experimente
Para quem não está acostumado a fazer anotações, o uso de recursos visuais pode parecer inútil – e, para algumas pessoas, de fato é. Mas você não vai saber se não tentar! Por isso, tente usar canetas de cores diferentes, fazer marcadores, usar post-its, desenhar, em fim, usar todos os recursos possíveis. Depois de um tempo, você vai começar a compreender o que serve e o que não serve para você!

Mantenha o foco na hora de estudar para poder seguir essas dicas e fazer boas anotações. Não se distraia e se lembre sempre de que esse momento é importante para o seu futuro. Depois que as anotações estiverem prontas, estude por elas e, então, você vai perceber se foram bem feitas ou não.

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.