Como funciona o estágio nas empresas


Entenda como é o estágio nas empresas e crie um diferencial para a sua carreira.

Entre as maiores preocupações de quem financia ou pensa em financiar um curso superior está a viabilidade do estágio. E isso faz todo o sentido: sabendo que é possível conseguir oportunidades profissionais ainda na graduação, fica muito mais fácil se dedicar aos estudos e entrar num projeto de longo prazo.

É por isso que tantos estudantes pesquisam a respeito dos estágios. Mas você sabe realmente como é o estágio nas empresas? Sendo assim, nada melhor do que saber mais sobre o assunto. Confira.

Saiba o que realmente é o estágio

O que, de fato, representa o estágio? Embora seja um tema muito comum, muitas pessoas ainda não compreendem o seu significado. Na prática, o estágio é um programa a ser desenvolvido por estudantes dentro de empresas como complemento de sua aprendizagem.

A ideia é aperfeiçoar os conteúdos aprendidos na sala de aula com vivências no mundo do trabalho. Dessa forma, é possível gerar maior integração entre aluno e sociedade, dando a ele um conhecimento que vai além do oferecido no ambiente acadêmico.

Sua função é oferecer 3 tipos de aprendizados:

  • social;
  • profissional;

Saiba o que o estágio não é

Justamente por ser um complemento do aprendizado do estudante, o estágio não é um emprego. De acordo com a Lei do Estágio, sendo obrigatório ou não, o estágio pode ser realizado em cursos de nível médio, técnico ou superior, sendo necessário um termo de compromisso ou contrato celebrado entre estudante e a empresa ou instituição interessada, com a interveniência da instituição de ensino.

Entender que o estágio não caracteriza relação de emprego é importante porque, nessa atividade, não são devidos encargos de natureza social, trabalhista ou previdenciária.

Resumindo, o estágio é um ato educativo escolar realizado sob supervisão. Ele pode ser feito no ambiente de uma empresa, mas não é um emprego formal, pois está mais voltado para a formação do estudante.

A importância de fazer estágio

O estágio representa o primeiro contato do aluno com os profissionais da área que escolheu seguir. É nessa fase que ele pode colocar em prática aquilo que está aprendendo em sala de aula, além de conhecer as atividades de rotina de uma empresa do setor.

Uma das maiores vantagens do estágio é oferecer ao aluno a possibilidade de aprender de forma mais objetiva temas fundamentais para a sua profissão, uma contribuição que o ambiente de trabalho pode dar à instituição de ensino.

Como não representa um vínculo empregatício e por se tratar de algo presente ainda em uma fase inicial da carreira do aluno, o estágio pode servir também como experiência determinante para a escolha que será feita. Mesmo se identificando com um curso, você pode não se identificar com determinada ramificação dele e preferir outra, nesse sentido, o estágio é útil para que você conheça as possibilidades de carreira.

Como funciona um programa de estágio

No estágio, as atividades diárias são realizadas em um período menor em relação ao trabalho formal, visando a formação e o aprendizado. É importante que a empresa contratante e seus responsáveis entendam o objetivo da atividade, pois ele não está no ganho de produtividade e sim, na formação do aluno.

Boa parte dos estágios tem remuneração, embora alguns não sejam remunerados. Geralmente, a carga horária fica entre 4 e 6 horas diárias. Isso depende de cada empresa, mas também da função exercida pelo estudante. O tempo de estágio também varia. Existem empresas que trabalham com a permanência de 6 meses, outras, de 1 ano e até mais.

O estudante apto a fazer o estágio precisa estar regularmente matriculado no seu curso e apresentar frequência mínima exigida, além de estar em dia com as exigências de sua faculdade. Isso vale para cursos de Educação Profissional de Nível Superior e Educação Superior.

Como participar de um programa de estágio

As empresas geralmente abrem programas de estágio para a inscrição de interessados. Nesse caso, você participa de um processo de seleção e concorre a uma das vagas com outros estudantes. Quanto mais interessante é a vaga, mais concorrido costuma ser o processo. Para quem tem interesse específico em determinada empresa, o ideal é se informar a respeito dos programas de estágio que ela oferece em seu site oficial.

Vagas em empresas grandes costumam ter maior espaço na mídia, o que facilita para o estudante descobrir quando fazer sua inscrição. Fique atento a sites especializados na área. Eles podem ajudar você a se organizar em função de processos futuros. Outra dica é conferir as vagas que são divulgadas nos murais das faculdades.

A seleção pode ser feita de diferentes maneiras. Existem avaliações online ou presenciais, entrevistas e até dinâmicas de grupo. Isso varia de acordo com as instituições e suas necessidades.

Como se preparar para conseguir estágio

A primeira dica é se dedicar aos estudos. Com um bom desempenho nas atividades da sua graduação, naturalmente você terá maiores chances de conseguir as melhores vagas. Pense que as empresas estão em busca justamente de estudantes qualificados, que possam oferecer a elas um diferencial. Nesse caso, se você for um aluno exemplar, será o elemento fundamental para levar o que de mais útil o espaço acadêmico pode oferecer para o mercado de trabalho.

Além disso, conheça os processos que as empresas realizam. Em casos de provas online, você pode estudar exames antigos e se preparar melhor. Procure também desenvolver habilidades sociais que costumam ser exigidas em processos de seleção. Se você tiver um bom desempenho no trabalho em grupo, certamente terá boas chances de ser aprovado.

Os direitos do estagiário

Por não ter vínculo empregatício, o estagiário não é protegido pela CLT. Nesse caso, a formalização da negociação entre empresa e faculdade é realizada mediante contrato. Este, precisa ser assinado pelas 3 partes envolvidas, ou seja, o contratante, o contratado e a instituição de ensino que se responsabilizará por garantir que as atividades realizadas na empresa não atrapalhem a vida acadêmica do aluno.

Para o estágio profissional, os principais direitos são:

  • jornada de até 6 horas por dia;
  • atuação não conflitante com o horário de aulas;
  • férias remuneradas de 30 dias a cada 12 meses de trabalho;
  • vale-transporte;
  • seguro de vida;
  • bolsa de estágio quando o estágio não é obrigatório.

O que as empresas esperam de um estagiário

Para uma organização, ter estagiários entre seus colaboradores é importante para acompanhar a evolução do mercado de trabalho. Qualquer empresa do setor privado pode oferecer estagio, desde que esteja de acordo com a lei 11.788/08, por isso, muitas entendem essa atividade como uma oportunidade, visando o futuro.

Com o estágio, é possível simplificar a entrada de estudantes no mercado de trabalho. Além disso, quando o processo seletivo é bem-feito, ele atrai jovens realmente qualificados para a profissão, o que representa uma importante estratégia de atração de talentos.

Isso significa que, se você tiver um desempenho acadêmico interessante ao longo do seu curso, terá maiores chances de ir bem em um processo seletivo para estagiar em grandes empresas e dar o primeiro passo para uma trajetória profissional de sucesso.

Enfim, o estágio não é um emprego, mas sim uma oportunidade que as instituições e empresas oferecem a estudantes em início de carreira.

Gostou deste artigo sobre estágio? Então confira também nossos outros artigos para saber mais sobre a vida acadêmica.

Compartilhar
Categoria: Carreira
Tags: ENEM ENEM 2019

Pesquisar

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.