Como lidar com a pressão dos pais?

Quando um adolescente vai prestar vestibular, ele deve lidar com muitas pressões ao mesmo tempo: a escolha das instituições, a escolha da carreira futura, as muitas matérias para revisar e o prazo apertado até o dia da prova. Somado a tudo isso está a pressão da sociedade para que ele passe logo e ingresse na faculdade. E, junto a ela, a pressão dos pais.

Alguns pais pressionam os filhos a escolher o mesmo curso que fizeram ou querem escolher a carreira dos filhos. Outros exigem que os filhos só façam o vestibular das melhores universidades. Muitos nem ao menos conseguem falar com os filhos sobre qualquer coisa que não seja o vestibular! Veja abaixo alguns conselhos para compreender – e lidar com – esse tipo de pressão.

Entenda os motivos deles
Quando os pais tentam tomar decisões pelos filhos, pode ser difícil tentar compreendê-los. Eles podem ser bem insistentes, discutir, fazer chantagens e, em casos mais extremos, ameaças. Mas existe um motivo por trás de tudo isso. Alguns não tiveram tantas oportunidades quando eram jovens e querem que os filhos aproveitem as maiores chances. Outros tiveram uma vida confortável graças à escolha profissional que fizeram e querem que o filho siga o mesmo caminho. Existem aqueles que tinham um grande sonho quando eram jovens, mas nunca realizaram, então esperam que o filho o faça.

O que é necessário entender aqui é que esse período também não é fácil para os pais. Ver o filho estudando tanto todos os dias também mexe com o estado emocional deles e eles não podem deixar de imaginar como vai ser o futuro. Alguns vão querer que os filhos sejam bem sucedidos financeiramente, para que não passem necessidade. Outros vão imaginar se o filho vai mesmo conseguir um emprego em sua área de escolha ou se essa é uma área que possibilita um crescimento profissional. Sua preocupação com o futuro é a preocupação deles também!

Tome sua decisão
Apesar da pressão e da preocupação dos pais ser justificável, o vestibulando ainda deve tomar sua decisão sozinho. Porque, no fim das contas, é ele quem vai arcar com as consequências e colher os louros curso escolhido. O grande conselho a ser dado aqui é que o vestibulando deve escolher o curso que preferir, pensando nos prós e contras, lendo muito sobre o assunto, perguntando a profissionais e, sim, levando em conta a sugestão dos pais. Mas ela não deve ser mais do que isso. Em nenhum momento você deve considerar um curso só porque seus pais mandaram. A faculdade inicia um novo ciclo em sua vida e a chegada à adulta. É o momento de tomar decisões sozinho!

E se a sua decisão for contra seus pais, o que fazer? Prepare-se para conversar com eles. Mostre que você pensou bem antes de decidir. Tenha argumentos que provem que você sabe o que precisa saber sobre seu curso. Mostre artigos e entrevistas com profissionais e explique porque você é apaixonado por isso. Não deixe que as emoções interfiram e mostre que você se decidiu. Assim, você vai provar que escolheu esse curso com a responsabilidade de um adulto e que eles não podem mais tomar decisões tão importantes por você.

Assim, com calma e maturidade, você pode resolver essa questão com seus pais. Tome cuidado para não cair em chantagens emocionais e pense sempre em seu futuro primeiro. Boa sorte!

Categoria: PRASABER

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.