Como melhorar suas finanças pessoais?

Por useradmin

Como melhorar suas finanças pessoais?

Em época de crise, muitas pessoas estão buscando melhorar as finanças pessoais, seja através de pequenas economias ou tentando diminuir as dívidas com instituições financeiras. Conseguir manter um equilibro nas finanças pessoais é essencial para ter uma vida equilibrada e se estressando menos. Citamos abaixo algumas maneiras de se planejar financeiramente:
Guarde parte do seu salário
Poupança é sempre importante, mas se programar para guardar um dinheiro para um momento de necessidade não é fácil. Muitos deixam para o final do mês e pensam que podem colocar tudo o que sobrar do salário na poupança, mas nem sempre sobra. Uma das maneiras de fazer com que a economia dê certo é separar o dinheiro para a poupança já no início do mês. Esse dinheiro pode ser utilizado mais tarde para comprar algo de desejo a vista, aumentando o seu poder de barganha por descontos.
Separe o valor da prestação da casa
O valor da prestação da casa ou do apartamento não deve passar de 30% da renda familiar. O motivo para manter esse valor abaixo dos 30% se deve ao fato de alguém poder ficar desempregado ou de acontecer algum outro contratempo na família.
Aposentadoria
É importante reservar parte do seu salário mensal para a aposentadoria. Muitas empresas já entendem a importância disso e oferecem um plano de aposentadoria privada, que retira 5% do salário para esse fim. Pessoas que não têm essa opção podem escolher colocar o dinheiro em um investimento a longo prazo. 5% é um bom valor para reservar para isso.
Investimento
Deve-se investir algum dinheiro com possibilidade de ganhos no longo prazo. O dinheiro pode ser usado para investimento em um novo negócio ou também em imóveis. Uma nova forma de investimento é chamada de crowdfunding, onde cada um investe um pouco e há possibilidade de ganhos relativos ao investimento.
Prestação do veículo
A prestação do veículo, quando vigente ao mesmo tempo que a prestação da casa, não deve ocupar mais de 20% da renda familiar. Em caso de você já ter o dinheiro em uma poupança, o melhor a fazer é comprar o veículo à vista para fugir de juros desnecessários. No caso de haver a necessidade de um financiamento, opte por um mais curto e com prestações mais altas; dessa forma, será possível negociar juros mais baixos. Porém, pague sempre em dia suas prestações.
Despesas pessoais
Suas despesas pessoais não devem passar de 15% do seu orçamento. Porém, quando não há prestações de casa ou carro, esse valor pode ser incorporado às despesas pessoais. Nesse valor, devem ser incluídos as despesas de supermercado, com celular e internet. Caso o seu valor mensal ultrapasse isso, você pode estar gastando o seu dinheiro em produtos obsoletos, como chocolates e salgadinhos.
Contratempos
Todos os meses, existe algo que fará você ultrapassar os limites de algum dos itens acima. Por isso, existe essa margem de segurança. Caso você gaste mais com despesas pessoais, pode utilizar esse dinheiro destinado aos contratempos.
Invista em si mesmo
Depois de tantas regras difíceis de seguir e economias apertadas para fazer, sobra um dinheiro para investir no que você realmente gosta. Pague a mensalidade da academia, compre alguma roupa nova, vá almoçar ou jantar fora naquele mês. Aproveite e escolha bem, 5% é uma pequena fatia e deve ser aplicada para a sua felicidade.
Se você conseguir seguir essas regras, suas finanças pessoas ficarão melhor equilibradas e é possível ter dinheiro para todas as contas sem se endividar. Caso o orçamento da sua família funcione um pouco diferente, você poderá adaptar esses números para que eles reflitam a sua realidade.
Gostou das dicas? Continue acompanhando o nosso blog para aprender mais sobre finanças pessoais!

Compartilhar
Categoria: Economia

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.