Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Como saber se Medicina é para mim? Como saber se Medicina é para mim?

Como saber se Medicina é para mim?

Quem sonha em fazer faculdade de medicina precisa estar preparado para uma carreira de muito estudo e dedicação. Passar no vestibular é apenas uma das etapas que precisam ser ultrapassadas. Depois disso, tem os anos de intenso estudo durante o curso, a residência e toda uma carreira que exige bastante esforço do profissional.

Se você pensa em fazer medicina, mas tem dúvidas sobre o investimento e a dedicação necessária, vale a pena avaliar alternativas. Mas se essa é mesmo a profissão que você quer e se você está disposto a estudar muito, vale fazer algumas tentativas para conquistar o sonho. Se você já se perguntou “Como saber se medicina é para mim?”, continue conosco para tirar essa dúvida!

Medicina é para mim?

Medicina é uma das carreiras mais antigas e tradicionais. Por ser conhecida por todos, parece que essa profissão dispensa maiores explicações. Porém, isso muda quando se trata de alguém que está pensando em se tornar médico.

E para quem se encaixa nesse caso, este é o momento de pesquisar a fundo mais informações sobre o dia a dia da profissão, o curso e os possíveis caminhos que um médico pode seguir no mercado de trabalho. Confira a seguir alguns pontos que devem ser levados em consideração e que você precisa saber para descobrir se Medicina é realmente para você.

Conheça a estrutura do curso

Pesquise sobre a estrutura do curso de medicina que você quer fazer. Vendo as matérias obrigatórias e como o curso é dividido é possível ter uma noção de como será a faculdade e se você gosta do que está sendo proposto.

No caso de Medicina, normalmente o curso é dividido em três etapas: os dois primeiros anos com matérias básicas, como Anatomia por exemplo, os dois seguintes com contato com pacientes em exames e diagnósticos e nos anos finais, os alunos aprendem a parte clínica na prática.

Observe o mercado de trabalho em medicina

As possibilidades de carreira para um futuro médico são diversas. É possível optar por trabalhar em hospitais, ter a sua própria clínica, atuar como médico do trabalho em empresas e até ir para o lado acadêmico sendo pesquisador na área.

Veja também: Conheça as 10 áreas da medicina mais bem pagas do mercado!

Com possibilidades tão diferentes, o ideal é conversar com profissionais que já atuam na área para ter uma ideia de como o mercado funciona na prática. Outra dica que pode te mostrar um pouco como é a rotina médica é assistir a séries e filmes que retratam o dia a dia dos profissionais. Apesar de não serem histórias reais, elas podem dar uma boa noção de como será no futuro.

Descubra as habilidades necessárias para se tornar médico

Mesmo gostando da estrutura do curso e ter se interessado pela carreira de um médico, também é necessário levar em consideração algumas habilidades necessárias para a profissão. Uma delas é lidar com o fato de ver sangue e cadáveres durante a faculdade, pois essas etapas fazem parte do processo de formação.

Outro fator é saber se você está preparado para trabalhar de forma flexível, sem uma rotina definida e por longas jornadas. Médicos e residentes são acostumados a fazerem plantões que vão de 12 a 24 horas de trabalho e, muitas vezes, trabalham durante a madrugada.

Esteja disposto a estudar medicina mesmo depois da graduação

Independentemente da universidade, é importante entender que os estudos não acabam com o fim da graduação. É necessário passar, no mínimo, por mais quatro anos de formação depois do curso para fazer residência e especialização médica.

Saiba que as perspectivas do estudante de Medicina são promissoras, mas é necessário bastante esforço e dedicação integral à formação. Sem contar que um médico precisar estar sempre bem atualizado. Então, já sabe, né? Prepare-se para estudar muito.

Possibilidade de ajudar o próximo

Uma das inspirações e de caráter nobre da Medicina está justamente na possibilidade de ajudar o próximo, seja na prevenção de doenças, no tratamento e cura de enfermidades ou na restauração da saúde, seja por um serviço social ou não. O acompanhamento médico permite que as pessoas tenham mais qualidade de vida e possam aproveitá-la de forma mais saudável.

O momento de fazer essa escolha para o futuro certamente não é fácil, ainda mais quando falamos de uma carreira tão admirada. Estas são algumas dicas que podem te ajudar a decidir se o curso de Medicina é realmente para você, mas não se esqueça de pesquisar a fundo a profissão para tomar uma decisão acertada.

Saiba que a faculdade de medicina é um grande investimento

É importante saber que o curso de medicina exige um investimento alto – as faculdades particulares têm mensalidades caras. Para quem não tem condições de pagar, a solução é prestar vestibular em uma faculdade pública ou ganhar uma bolsa de estudos. Em ambos os casos, o estudante precisa se destacar nas provas e mostrar um excelente desempenho em matérias como química, biologia, matemática e redação.

Veja também: Quais são as faculdades de Medicina que aceitam Fies?

Muitos acadêmicos que cursam medicina só conseguem entrar na faculdade depois de alguns anos de dedicação. Cursinhos pré-vestibular para medicina e horas de estudos fazem parte do processo. Mas e quem não tem este tempo para dedicar aos estudos? Nesse caso, vale considerar outras alternativas.

Se, mesmo depois de analisar todas as alternativas, medicina ainda é a profissão que você quer e se você está disposto a investir tempo e a se dedicar aos estudos, então vale a pena fazer algumas tentativas para conquistar a carreira dos seus sonhos.

CTA curso de Medicina

Como saber se eu quero Medicina?

Quando pensamos na profissão que queremos seguir e que vai fazer parte do nosso futuro, é necessário avaliar o conceito de realização. Ou seja, refletir tanto em relação ao ato de realizar alguma coisa quanto à satisfação que sentimos quando realizamos uma atividade. Isso também deve estar em harmonia com as habilidades e vocação.

Escolher fazer um curso sem pensar direito pode ser um erro para a vida acadêmica, pessoal e na carreira profissional. Portanto, antes de tomar essa decisão, conheça os sinais que podem alertar e orientar sobre a escolha certa. Convidamos você a reflexões imprescindíveis:

  • Me identifico com a área de ciências biológicas?
  • Mando bem nessas matérias na escola?
  • Ou sou melhor em Exatas ou Humanas e deveria seguir alguma carreira relacionada a essas áreas?
  • Considerando o alto investimento, o curso de Medicina vale a pena no seu caso?
  • Você tem vocação profissional para ser médico e lidar com a vida das pessoas?
  • Está disposto a estudar duro, já que Medicina é uma profissão muito valorizada e consequentemente é concorrido ingressar na faculdade?
  • E mais, para se formar, é necessário muita disciplina e determinação. Essas características fazem parte da sua personalidade?

É importante saber que quanto antes você começa a se preparar para isso, melhor. Trace metas, defina as suas prioridades e foque nos estudos. Faça simulados e refaça provas anteriores de vestibulares de medicina. Tire todas as suas dúvidas para chegar preparado às provas.

Realmente escolher a profissão pode ser o primeiro grande desafio que precisamos enfrentar na carreira e por isso é preciso analisar com cuidado todos os prós e contras. Para te ajudar a tornar essa decisão um pouco mais fácil, fazer um teste vocacional para descobrir se Medicina combina com você é uma ótima solução!

CTA teste vocacional

Texto escrito por: PRAVALER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter