Como se sair bem em uma entrevista de emprego


Saiba Como se sair bem em uma entrevista de emprego

A busca por uma vaga no mercado de trabalho costuma ser bastante disputada no país. É assim nos mais diferentes segmentos e tipos de cargos. Sempre que uma oportunidade aparece, inúmeras pessoas se apresentam para trabalhar. Isso torna a missão dos avaliadores ainda mais difícil. Muitas vezes, eles têm que selecionar um único candidato entre uma série de profissionais qualificados. Dessa forma, fica a dúvida: como se sair bem em uma entrevista de emprego?

Se você costuma fazer essa pergunta, então siga conosco e confira algumas dicas que podem ser preciosas para o seu futuro profissional.

Pense no que vestir

Chegou até a entrevista? Ótimo. Quer dizer que o seu currículo chamou a atenção do RH da empresa e agora eles querem conhecer melhor você, entender o que pensa e conferir se o seu perfil é compatível com o da companhia.

Assim, é importante se apresentar bem. Em relação ao que vestir, a ideia é agir com critérios. Basicamente, o vestuário pode ser casual, formal ou informal, dependendo do perfil da empresa em questão e da vaga oferecida. Saiba mais na sequência.

Casual

É o look indicado para a maior parte das entrevistas, sendo caracterizado como um equilíbrio entre os looks formal e informal. Geralmente compreende uma camisa social com calça jeans e sapatos tradicionais.

Formal

O look formal é mais comum em grandes empresas ou para vagas de liderança. Exige uso de terno, calça social ou tailleur e sapatos.

Informal

Empresas como agências de publicidade, onde o ambiente é menos rígido, permitem peças como camisas ou vestidos até o joelho, jeans e sapatos mais informais.

De uma maneira geral, o ideal é apostar em cores neutras, evitando o exagero. Pense que em uma entrevista de emprego, quanto menos o seu jeito de vestir chamar a atenção, menos risco você corre de ser julgado por algo que não seja a sua capacidade de atuar profissionalmente.

Considere as perguntas que podem ser feitas

Na maioria das vezes, você será previamente avaliado pelo seu currículo. É ali que precisam aparecer as informações principais a respeito da sua trajetória profissional para que o avaliador tenha como selecionar os candidatos que considera mais interessantes para as vagas em oferta.

Sendo assim, uma vez selecionado, tenha em mente que você já tem certa proximidade com a companhia e que a etapa da conversa representa um aprofundamento no processo.

Isso tem a ver questões que não podem aparecer no currículo, como a proatividade e o projeto de vida do candidato. É por esse motivo que você pode ouvir perguntas como “quais são seus pontos fortes e fracos?” ou “Onde você se vê em um período de 5 ou 10 anos?”. O que o avaliador está procurando ao fazer essas perguntas é saber mais sobre você, entendendo coisas como de que forma você pode ser útil para a organização e qual é a sua forma de trabalhar em grupo.

Muitas dessas perguntas não são feitas para enganar o entrevistado, mas sim para que o departamento de RH tenha como encontrar aquele que possui as características da companhia.

Um exemplo é saber se o candidato tem o perfil de líder ou de seguidor. Embora a liderança pareça sempre ser uma vantagem, o fato é que existem empresas que estão em busca de funcionários para exercer atividades mais operacionais, sendo assim, a dica aqui é ter atenção ao perfil da vaga em questão e se candidatar às oportunidades que realmente tenham a ver com você. Assim você tem como se sair bem em uma entrevista de emprego.

Saiba o que falar na entrevista

É nesse ponto que você pode criar diferenciais. Quando você sabe o que a empresa procura e sabe que pode ser útil para essas necessidades, suas chances tendem a ser maiores de conseguir a vaga.

Como fazer isso? A primeira dica é pesquisar. Toda empresa precisa ter sua missão, visão e valores bem estabelecidos. Tenha em mente não somente os detalhes da vaga oferecida, mas também o que a empresa realmente procura e como é sua cultura organizacional. Essas informações podem ser facilmente encontradas na internet. Acesse o site da empresa, siga seu perfil nas redes sociais, de preferência, no LinkedIn, que é uma ferramenta direcionada para questões profissionais. Isso tudo pode ajudar você a entender melhor qual é o perfil da companhia para apresentar seus diferenciais.

Determinadas perguntas a respeito do seu passado profissional, do que julga ser capaz de agregar à empresa, entre outras, podem ser mais facilmente respondidas se você tiver na ponta da língua as suas habilidades, expectativas e experiências. Por isso, além de pesquisar a respeito da empresa, não deixe também de refletir sobre si mesmo como profissional. Essa é uma boa estratégia para quem quer saber como se sair bem em uma entrevista de emprego.

Ao falar em primeira pessoa, tenha cuidado. Muitos candidatos têm dificuldades para expor suas competências, defeitos e pretensões futuras, seja por inibição, seja por excesso de autopromoção. É nesse ponto que o autoconhecimento se faz importante. Quanto mais racional você conseguir olhar para a própria trajetória, mais capacitado você será para falar honestamente a respeito de suas habilidades, competências, dificuldades e projeções.

Entenda o que é preciso levar

É comum que candidatos sem tanta experiência acabem se preocupando com o que devem levar à entrevista de emprego. Muitas vezes, mesmo os que acumulam anos de atuação profissional tendem a ficar em dúvida diante de uma oportunidade diferente.

O fato é que não existe segredo em relação a isso. O candidato pode levar aquilo que o faz se sentir confortável, evitando, evidentemente, cometer excessos.

Tenha em mãos ao menos uma cópia atualizada do seu currículo. Embora as empresas possam acessar esse documento no computador, ter consigo uma cópia como garantia é uma mostra de que você está precavido, caso o arquivo não abra. Se for da área da comunicação, tenha impressos também amostras do seu portfólio.

Além disso, não há problemas em carregar uma garrafa de água consigo. Muitas vezes o entrevistador pode não oferecer bebida durante a conversa.

A questão é ter bom senso. O selecionador não vai barrar a sua contratação se você estiver de mochila na entrevista. Ainda assim, vale a pena refletir a respeito da maneira como você se apresenta nessa seleção para demonstrar interesse na vaga e respeito pelo perfil da empresa.

Seja sincero e tenha como se sair bem em uma entrevista de emprego

Não pense que mentindo você garante a vaga e resolve o problema. Na maioria das vezes isso acaba gerando consequências graves. Quando o candidato omite ou distorce alguma informação, ele somente adia a verdade, pois ela fatalmente aparecerá no dia a dia de trabalho.

A mentira na entrevista costuma ser o primeiro passo para uma demissão traumática. Para a empresa isso significa maiores gastos, pois todo o processo terá que ser refeito e para o funcionário, isso pode gerar um constrangimento desnecessário e até o comprometimento de sua imagem na área, algo que nenhuma pessoa séria deve considerar.

A mentira na entrevista costuma ser o primeiro passo para uma demissão traumática. Para a empresa isso significa maiores gastos, pois todo o processo terá que ser refeito e para o funcionário, isso pode gerar um constrangimento desnecessário e até o comprometimento de sua imagem na área, algo que nenhuma pessoa séria deve considerar.

Comporte-se de acordo com as circunstâncias

Para que nada fuja da normalidade, procure conhecer o lugar onde será feita a entrevista com antecedência. Se você tiver dificuldades para se deslocar até o local, poderá se atrasar.

Além disso, precisando correr, você pode suar e passar uma imagem não tão agradável para o examinador. Evite esse tipo de problema reservando uma data anterior para simular o percurso.
Tenha cuidado também com a sua preparação. Procure dormir bem e se alimentar adequadamente na véspera. Isso ajuda você a se concentrar melhor e ter uma aparência saudável para a conversa.

Outro ponto fundamental é a pontualidade. Faça o possível para chegar mais cedo e garantir que a entrevista comece no horário marcado. Dificilmente o recrutador terá interesse em contratar um funcionário que não foi capaz de chegar na hora combinada já na entrevista.

Tenha o objetivo de se comunicar de maneira profissional. É preciso evitar excesso de informalidades, mesmo se o entrevistador abrir essa brecha. Caso isso aconteça, seja simpático, mas entenda que está diante de uma situação de avaliação, ou seja, tenha limites.

Cuidado com o uso excessivo do smartphone. O ideal é deixá-lo em modo silencioso ou até desligado para que não interrompa a sua conversa.

Também não é recomendável menosprezar suas experiências anteriores, pois isso pode desvalorizar o seu passado profissional, afinal de contas, se você trabalhou em uma empresa ruim, logo, pode ser que você não seja tão bom assim.

De uma maneira geral, para se sair bem em uma entrevista de emprego é preciso ser sincero consigo mesmo. Tenha a cabeça no lugar, tome as atitudes adequadas e aumente as suas chances.

Entendeu agora como se sair bem em uma entrevista de emprego? Então conheça agora os 10 cursos com os maiores salários.

Compartilhar
Categoria: Carreira
Tags: ENEM ENEM 2019

Pesquisar

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.