Como solicitar atendimento especial no Enem 2020? Como solicitar atendimento especial no Enem 2020?

Como solicitar atendimento especial no Enem 2020?

Já começou um dos momentos mais esperados do ano, as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Assim como nos anos anteriores, o novo sistema de inscrição do Inep para o candidato está mais inclusivo. Acompanhe nesse post como solicitar um atendimento especial no Enem 2020.

O que é atendimento especial no Enem 2020?

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vem garantindo há alguns anos o atendimento especializado, específico e por nome social para diversos grupos da nossa sociedade. Para garantir que os direitos sejam iguais para os candidatos da prova, o Enem configura dois atendimentos especiais, sendo o especializado e o específico.

O atendimento especializado na prova é para pessoas com surdocegueira, deficiência auditiva, baixa visão, deficiência física, autismo, discalculia, cegueira, surdez, visão monocular, deficiência intelectual (mental), dislexia e deficit de atenção.

Já o atendimento específico é realizado para grávidas, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar, no qual sua escolarização se dá no interior de instituição hospitalar, na condição de estudante internado para tratamento de saúde.

Para que serve o atendimento especial no Enem?

A cada edição o Enem vem se adaptando e melhorando seus atendimentos para dar chances iguais para todos os candidatos que possuem necessidade especiais, garantindo a autonomia, segurança, conforto e equidade no maior exame educacional do Brasil.

O atendimento especial não se diz apenas aos sabastistas, deficientes físicos, idosos, gestantes e lactantes. O atendimento também atende pessoas com visão monocular, baixa visão, deficiência auditiva, deficiência intelectual, surdez, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, discalculia, autismo e em classe hospitalar.

Quem tem direito ao atendimento especial?

Existem dois tipos de atendimentos especiais para o exame o atendimento especializado e o atendimento específico. Confira abaixo o público e os recursos oferecidos para cada um deles:

Atendimento especializado

No atendimento especializado serão contemplados os candidatos abaixo:

  • Possuem baixa visão;
  • Cegueira;
  • Visão monocular;
  • Deficiência física;
  • Deficiência intelectual (mental);
  • Surdez;
  • Surdocegueira;
  • Dislexia;
  • Déficit de atenção;
  • Autismo;
  • Discalculia (pouca habilidade em compreender e manipular números).

Para os candidatos que solicitarem atendimento especializado, serão oferecidos os seguintes recursos:

  • Prova em braile;
  • Tradutor-intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras);
  • Prova com letra ampliada;
  • Prova com letra super ampliada;
  • Guia-intérprete para pessoa com surdocegueira;
  • Auxílio para leitura;
  • Auxílio para transcrição;
  • Leitura labial;
  • Tempo adicional;
  • Sala de fácil acesso;
  • Mobiliário acessível.

Atendimento específico

No atendimento específico são oferecidas para quem se encaixa nas especificidades abaixo:

  • Gestante;
  • Lactante (mulher em fase de amamentação);
  • Idoso;
  • Estudante em classe hospitalar (candidato que está na condição de estudante internado para tratamento nos dias de prova);
  • Outra condição específica.

Os recursos oferecidos no atendimento específico, são conforme as necessidades do candidato. No próximo tópico você poderá conferir cada um deles e as necessidades de cada um candidato.

Quais os tipos de atendimento especial para o ENEM 2020?

Existem diversos recursos de acessibilidade oferecidos pelo Inep, no Enem. Abaixo você confere cada um deles, explicando o público, necessidades e os recursos utilizados para um melhor atendimento durante o exame, confira:

Recursos de acessibilidade oferecidos

Prova ampliada: esse recurso de prova é indicado para estudantes com visão monocular ou baixa visão, as provas são impressas com fonte 24 e imagens ampliadas. Os candidatos são acomodados em salas com 12 candidatos máximo por sala ou individualmente, caso haja necessidade de auxílio de transcritor ou ledor.

Prova em braile: essa prova é voltada para deficientes visuais, estudantes com baixa visão ou visão monocular, sendo que as provas em braile são transcritas segundo um código em relevo e aplicadas em salas individuais.

Auxílio ledor: esse recurso de acessibilidade é indicado para estudantes com deficiência visual, deficiência intelectual, visão monocular, autismo, déficit de atenção, discalculia ou dislexia. O atendimento ao candidato é individual por duplas de ledores.

Auxílio para transcrição: para estudantes com impossibilidades de escrever ou preencher o cartão-resposta podem contar com a ajuda de transcritores, que atuam em dupla e com apoio de ledores. O atendimento é prestado de forma individual para alunos com deficiência visual, deficiência intelectual, visão monocular, autismo, déficit de atenção, discalculia ou dislexia.

Classe hospitalar: este recurso é apenas para pacientes que recebem formalmente aulas no interior das instituições hospitalares, sendo na condição de estudante internado para tratamento da sua saúde.

Fácil acesso: para candidatos com redução da mobilidade, flexibilidade coordenação motora ou percepção têm direito a um local de prova com acessibilidade.

Guia-intérprete: é indicado para candidatos com surdocegueira. Os profissionais com domínio da técnica de guia, tradução e interpretação são contratados para auxiliar os estudantes individualmente, em duplas.

Lactantes: para candidatas que ainda estão na fase de amamentação podem indicar um responsável legal para cuidar do bebê durante a realização da prova. Um local na prova é reservado para acomodação e para a amamentação do bebê.

Leitura labial: para candidatos com deficiência auditiva que tem a preferência para a leitura dos movimentos labiais à Língua Brasileira de Sinais (Libras), podem solicitar atendimento de profissionais capacitados, que atuarão em dupla, nas salas com até quatro candidatos.

Libras: candidatos que são usuários da Língua Brasileira de Sinais (Libras), podem solicitar um profissional tradutor-intérprete para esclarecimento de dúvidas na leitura de palavras, orações escritas e expressões em Língua Portuguesa.

Mobiliário acessível: este recurso é disponível para cadeirantes, grávidas, obesos, entre outros. O candidato precisa indicar a necessidade de mesas, cadeiras ou carteiras sem braços, com apoio para pernas ou aproximação frontal, sendo disponibilizadas para a realização das provas com conforto e segurança.

Sala especial: nesta opção, é indicado para estudantes com doenças infectocontagiosas. O recurso deve ser solicitado no dia do exame, é ideal que o candidato se apresente com antecedência.

Como solicitar o atendimento especial no Enem?

Documentos necessários

Para solicitar o atendimento especial, será necessário que o candidato comprove seu diagnóstico. Na solicitação do atendimento especializado, é obrigatório fazer uma descrição da condição e o número do CID (Classificação Internacional de Doença), já no específico, é necessário o laudo médico comprobatório.

O portal aceita somente documentos no formato PDF, JPG ou PNG, sendo no tamanho máximo de 2 MB e precisa ser enviado no ato da inscrição, pois não será possível solicitar o envio desses documentos após o término do período de inscrição do Enem 2020.

Qual o prazo

O prazo para solicitar o atendimento especial no Enem 2020 é conforme o período de inscrição, de 11 a 22 de maio.

Onde solicitar

Para solicitar o atendimento especial, o estudante deve acessar o sistema de inscrição do Enem 2020 e selecionar a aba atendimento e informar o tipo de deficiência, condição especial ou atendimento específico.

Como Solicitar Atendimento Especial passo 1

E no próximo passo, será necessário anexar um documento que comprove seu atendimento especial, lembrando que os laudos devem conter o nome completo do candidato, carimbo e identificação do médico responsável com o número do Conselho Regional de Medicina (CRM).

 

Como Solicitar Atendimento Especial Passo 2

O que fazer se a solicitação de atendimento especial for reprovada?

Se a solicitação for reprovada, o candidato será informado pelo e-mail cadastrado e com isso terá apenas mais três dias para enviar outros documentos que comprovem realmente a sua condição. Caso o estudante tenha a solicitação negada novamente, não será possível ter acesso ao atendimento especial solicitado.

Você também pode se interessar por:

Categoria: ENEMPRASABER
Tags:

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.