Como transformar um hobby em profissão?

Enfim, chegou a hora de decidir qual caminho tomar para o futuro! Mas a estrada é longa, cheia de curvas, obstáculos e bifurcações. Por isso, é essencial que se pense com calma no que vai deixar você mais feliz: trabalhar com o que gosta ou somente trabalhar com o que dá dinheiro.
Se você quer escolher por seguir o seu hobby pelo resto da vida, leia este artigo e veja algumas reflexões que você deve fazer. Coloque na balança as vantagens e desvantagens, para só assim decidir de uma vez por todas qual estrada seguir.
Aanalise o mercado
Antes de tomar qualquer decisão precipitada, é necessário analisar o mercado de trabalho. Atualmente, tem surgido muitos novos modelos de trabalho e de negócios, enquanto outros estão ficando defasados. Observar isso facilita muito na hora de transformar o seu hobby em profissão.
Quando o hobby deixa de ser hobby
Você precisa ter consciência que quando você transformar seu hobby em profissão, ele vai deixar de ser um hobby. Portanto, muitas vezes você será obrigado a realizar um trabalho que não gosta. Por exemplo, se você for um fotógrafo, em vez de fotografar no estilo que você gosta, terá que fotografar do jeito que o cliente quer – afinal, ele está pagando pelo seu trabalho.
Além disso, você tem que pensar que você vai depender dessa profissão para se sustentar. Analise se ela é rentável, se você conseguirá cumprir prazos e se você aguentará trabalhar com isso o dia inteiro, todos os dias – às vezes, até tarde da noite. Se ainda assim a sua resposta for positiva, você está no caminho certo para transformar o seu hobby em profissão.
Especialização
Não importa qual o mercado você irá seguir, sempre haverá grande concorrência. Por este motivo, você deve cursar o maior número de especializações possível, para além de agregar valor ao seu trabalho, não ficar obsoleto. Por isso, aconselhamos que, mesmo que você seja um gênio dentro do seu nicho de mercado, escolha uma faculdade que inclua o seu hobby e realize diversos cursos de especializações. Jamais pare de se aperfeiçoar!
Flexibilidade
A flexibilidade será fundamental para a transformação do seu hobby em profissão. E quando falamos de flexibilidade, não é apenas a de horário. Você terá que acabar com todos os seus preconceitos relacionados ao seu nicho de trabalho. Por exemplo, você adora gastronomia italiana, mas de repente surgiu a oportunidade de trabalhar em um restaurante japonês. Para você crescer, terá que fazer o seu melhor trabalho, mesmo não gostando de peixe. Mas isso, claro, pode ser questão de tempo.
Ainda é a melhor opção?
Bom, essas são só algumas questões que você deve refletir antes de optar por transformar seu hobby em profissão. Coloque-as todas na balança e se mesmo assim você achar que consegue trabalhar com o seu hobby, vá em frente. Afinal, trabalhar com o que amamos é a melhor das opções.
Agora responda para a gente nos comentários: qual o seu hobby? E por que você gostaria de transformá-lo em profissão?

Categoria: PrasaberProfissões

Pensamos na sua privacidade

Usamos cookies para que sua experiência seja melhor. Ao continuar navegando, você está ciente dos nossos Termos e Políticas.

CONTINUAR