Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta

Curso de Relações Internacionais: saiba como se tornar um Internacionalista

Se seu interesse maior sempre foi História e Geografia na escola, muito provavelmente você seguirá nas Ciências Humanas e Sociais. Então, por que não optar por um curso que além de abranger tudo isso, é voltado para a resolução de questões culturais, econômicas e sociais?

O curso de Relações Internacionais é voltado para a resolução de conflitos e o aluno tem que gostar de ler e de pessoas, pois todas as ações realizadas por ele atingirão pessoas e seus modos de vida.

Ficou curioso para saber mais detalhes a respeito do curso de Relações Internacionais? Então, venha com a gente nesse post superinformativo e aproveite!

O que é a profissão de Internacionalista?

O Internacionalista é responsável por construir e manter as interações sociais, culturais, militares, políticas e econômicas entre empresas, povos e nações. Essa área abarca os Estados, as organizações internacionais e não governamentais e empresas multinacionais e transnacionais.

Os focos principais dessa área são as relações de políticas externas entre Estados.

Como é o curso de Relações Internacionais?

O curso é dividido em três áreas: Direito, Economia e Política. Há bastante enfoque nas matérias de História, Sociologia e Economia, estudando também questões de guerras conflitos, acordos de paz e financeiros, etc.

O aluno que cursar RI não pode ser tímido, pois ele simulará por várias vezes negociações comerciais, políticas, diplomáticas e empresariais durante o curso. É um preparo necessário para a vida prática após a formação.

Além disso, é imprescindível gostar de ler e ter domínio de línguas estrangeiras, principalmente do inglês e do espanhol. Dependendo do ramo que o profissional formado em Relações Internacionais irá atuar, é necessário o domínio de três ou mais idiomas.

Quanto tempo dura o curso de Relações Internacionais?

O curso de Relações internacionais tem duração média de 4 anos. Durante a graduação, além das disciplinas do curso, o estudante também deverá realizar estágio, podendo ser realizado em instituições públicas ou privadas com áreas voltadas à internacionalização e apresentar o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

Diferença entre Relações Internacionais e Comércio Exterior

As Relações Internacionais administram as relações entre empresas, nações e povos, facilitando os conhecimentos envoltos em acordos políticos, econômicos, culturais e militares. Já quem atua no ramo do Comércio Exterior trabalha, especificamente, com as relações comerciais entre nações, principalmente quanto à importação e exportação dos países.

Veja com mais detalhes as diferenças entre o curso de relações internacionais e Comércio exterior.

Mercado de trabalho para Relações Internacionais

A globalização permite que ocorra acordos unilaterais, bilaterais ou multilaterais entre países quando o assunto for economia, política externa e interna, compra e venda de produtos, etc.

Com o grau de bacharel em Relações Internacionais, o profissional estará mais do que preparado para estudar e analisar as oportunidades para gerir as negociações descritas acima. Esse profissional encontrará mais oportunidades no ramo privado de bancos, associações comerciais, câmaras de comércio. etc.

Já no setor público, o profissional de RI ajudará no assessoramento de agências, secretarias e ministérios como diplomata. Também poderá atuar em órgãos do governo, consulados e em instituições estrangeiras.

Texto escrito por: PRAVALER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter