Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Qual a diferença entre Psicologia e Psicoterapia? Qual a diferença entre Psicologia e Psicoterapia?

Qual a diferença entre Psicologia e Psicoterapia?

Os termos Psicologia e Psicoterapia são normalmente utilizados como sinônimos, quando na verdade não são. Cada uma delas possui suas particularidades e diferenças, você sabe quais são? Se a resposta é não, recomendo que continue a leitura desse artigo para conhecê-las, vamos lá?

O que é Psicologia?

A Psicologia é área da ciência que estuda o comportamento humano, seus processos mentais e suas interações. O seu foco é diagnosticar, compreender, explicar e orientar o paciente que chega com queixas de desânimo e tristeza excessiva. Este profissional é responsável por descobrir quais as motivações que levaram essa pessoa a se sentir, pensar e agir de determinada forma.

Vale ressaltar que todas as conclusões que um psicólogo vem a ter, são sempre baseadas em estudos científicos já testados e aprovados, por meio de observação e experimentação. Além disso, este profissional deve atuar de forma neutra e imparcial, sendo seu único objetivo ajudar os pacientes em seu desenvolvimento e compreensão de seus sentimentos e emoções.

Reconhecida apenas a partir de 1879, a Psicologia ocupa muitas áreas diferentes, entre elas, as principais são:

  • Psicologia Clínica
  • Psicologia Comportamental
  • Psicologia Cognitiva
  • Psicologia da Saúde
  • Psicologia do Trânsito
  • Psicologia Educacional
  • Psicologia Esportiva
  • Psicologia Forense
  • Psicologia Infantil
  • Psicologia Jurídica
  • Psicologia Organizacional
  • Psicologia Social

Ao procurar um psicólogo, é sempre muito importante saber qual área ele se formou durante sua carreira. Isso será essencial na hora de encontrar o profissional ideal para atender às suas necessidades.

CTA Curso de Psicologia

O que é Psicoterapia?

Ainda nessa linha, a Psicoterapia é uma das possibilidades dentro da Psicologia Clínica, que consiste no trabalho por meio de diálogo e da conversa sobre questões emocionais. A palavra vem de terapia, e ela pode ajudar o paciente que o busca, a entender os problemas de estresse, ansiedade, mudanças, luto, entre várias outras questões.

Com o acompanhamento da Psicoterapia, seja ele individual, em grupo ou casal, a mudança é notória para as partes envolvidas, deste modo, essa área da Psicologia tem crescido cada vez mais. Vale lembrar que a Psicoterapia tem vários métodos psicoterápicos, e fica a critério do psicólogo qual linha seguir de acordo com a sua prática profissional.

Qual a importância da Psicoterapia?

Assim como os outros meios usado pelos profissionais da Psicologia, a Psicoterapia é muito importante para a sociedade, pois por meio deste processo, o paciente pode ampliar sua visão de mundo, e assim, encontrar maneiras mais simples de se relacionar consigo e outras pessoas, de forma mais saudável. Também é capaz de levar a pessoa a se conhecer mais, e assim, reconhecer suas qualidades, potencial, e sobretudo, valorizar sua existência. Visa ainda promover o crescimento profissional e seu bem-estar emocional.

Além dos benefícios da Psicoterapia e seus objetivos que falamos acima, é também trabalho do psicoterapeuta o tratamento psicológico voltado ao trabalho psicoeducativo, oferecendo ao paciente da forma mais didática possível, e que, o método propõe, a alcançar o entendimento e compreensão da sua doença, tratamento e acompanhamento com o apoio e orientação do psicólogo. São diversos motivos que levam a comprovar que a Psicoterapia é essencial para a vida humana.

Quem pode usar o título de psicoterapeuta?

O título de psicoterapeuta é destinado apenas a profissionais formados em Psicologia com especialização em Psicologia Clínica. A Psicoterapia exige estudos e constante aprimoramento sobre o comportamento humano e suas emoções.

Deste modo, somente o profissional que tem diploma nessas formações que mencionamos, poderá ser intitulado como psicoterapeuta.

Curso de psicoterapeuta

Um ponto importante que deve ser levantado, é que, a Psicoterapia, embora seja uma atividade e método utilizado pelo meio de cuidado da saúde mental, não é uma especialização. Assim, não existe uma pós-graduação ou curso de psicoterapeuta. Para se tornar psicoterapeuta, é necessário ter formação em Psicologia e especialização em Psicologia Clínica, como mencionamos acima.

No entanto, esse segmento não se priva apenas do profissional psicólogo. Há ainda outros profissionais, como psicanalista e psiquiatra que também podem trabalhar com a Psicoterapia em seus tratamentos e acompanhamentos voltados ao aspecto emocional do paciente.

Tipos de Psicoterapia

O profissional especializado no setor clínico, pode trabalhar com diversas técnicas da Psicoterapia a fim de intervir nos problemas emocionais, comportamentais e transtornos dos pacientes que os procuram. Em geral, esse profissional deve ser acolhedor, neutro e imparcial.

Existem inúmeros transtornos psicológicos que podem ser tratados e acompanhados através da Psicoterapia, como ansiedade, depressão, autismo, transtorno de bipolaridade e personalidade, entre muitos outros.

Portanto, há diversos tipos de Psicoterapia, cujo objetivo é específico. Conheça algumas das abordagens utilizadas:

  • Analítico-Comportamental
  • Cognitivo-Construtivista
  • Cognitivo-Comportamental
  • Fenomenologia
  • Gestalt-terapia
  • Humanista
  • Junguiana
  • Lacaniana
  • Psicanálise
  • Psicodrama
  • Transpessoal

Onde um psicoterapeuta pode trabalhar?

Visto que, o mercado de trabalho em Psicologia é bastante promissor, isto é, rico em oportunidades e possibilidades diversificadas de carreira, o psicoterapeuta pode trabalhar em consultórios, seja de forma privada ou autônomo, na rede pública de saúde ou privada, ou por meio de plataformas digitais, desde que siga as normas do CRP (Conselho Regional de Psicologia). Já que, a única missão deste profissional é atender, de forma clínica, os pacientes que buscam e precisam de ajuda emocional.

Afinal, qual a diferença entre Psicologia e Psicoterapia?

Mas afinal, qual a diferença entre Psicologia e Psicoterapia? Embora sejam similares, as principais funções de cada um se diferem na prática.

Enquanto o psicoterapeuta é responsável por oferecer cuidado às pessoas que estão em sofrimento emocional, o psicólogo já tem como função orientar e apresentar alternativas para as dificuldades de cada paciente, e ensinar a melhor forma de lidar com o sofrimento. No entanto, ambos os profissionais trabalham para ampliar a capacidade perceptiva do indivíduo, a fim de ajudá-lo a criar uma visão mais ampla de sua vida, seja ela profissional ou pessoal.

Lembre-se sempre de que, o psicólogo, psicoterapeuta, ou qualquer outro profissional do ramo, como o psicanalista e psiquiatra, são áreas, profissões e atuações que apresentam diferenças, principalmente na condução e acompanhamento do paciente. Assim, é muito importante ter em mente todas as opções de carreiras e traçar os seus objetivos. Esperamos que este conteúdo tenha te ajudado nessa sua jornada!

Texto escrito por: PRASABER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter