Documentos necessários para o Enem 2020 Documentos necessários para o Enem 2020

Documentos necessários para o Enem 2020

As inscrições desse ano para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já estão abertas. O processo é simples, mas preparamos esse conteúdo para te ajudar na hora de se inscrever. Vamos lá?

Como se inscrever no ENEM 2020?

Quando abrem as inscrições?

As inscrições começaram no dia 11 de maio e vão até às 23h59 do dia 22 do mesmo mês. Se organize para não perder o prazo e ficar de fora de uma das principais provas do país.

Onde fazer a inscrição?

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, no site do Enem – Página do Participante.

Confirmação da inscrição

Os participantes que não solicitarão a isenção da taxa de inscrição só terão suas inscrições confirmadas após o processamento do pagamento da taxa, que demora até cinco dias. A inscrição não será confirmada se a GRU (Guia de Recolhimento da União) for paga após o prazo determinado pelo Inep.

Já os candidatos que solicitaram a isenção, terão as inscrições confirmadas se a documentação necessária por aprovada. Caso contrário, o participante deverá realizar o pagamento da taxa. Cabe a ele acompanhar o andamento da inscrição pelo site do Enem. Vale ressaltar que os estudantes do último ano do ensino médio em escolas públicas terão suas inscrições confirmadas automaticamente ao fim do processo.

O cartão de confirmação da inscrição com os locais de prova é disponibilizado no Portal do Enem – Área do Candidato, geralmente 20 dias antes das provas. O acesso ao cartão é de responsabilidade do participante, que também deve conferir se no documento contém número de inscrição do Enem, língua estrangeira escolhida, informação sobre atendimento diferenciado e pedidos de certificação do ensino médio.

Documentos necessários para inscrição

Confira os documentos necessário para realizar a inscrição no Enem 2020, e caso você ainda não tenha um deles, saiba como proceder para retirá-los.

Carteira de Identidade (RG)

Qualquer indivíduo, nascido em território brasileiro, filho de brasileiros ou não, pode tirar o RG (Registro Geral). É importante destacar que o encaminhamento para solicitação desse documento varia entre as regiões do Brasil e para solicitar, a pessoa deve comparecer a um dos postos de atendimento da sua cidade.

Documentos necessários para tirar o RG:

  • Original ou fotocópia autenticada, nítida e sem emendas ou rasuras: da Certidão de Nascimento, no caso de ser solteiro(a) ou viver em união estável; ou da Certidão de Casamento; ou do Certificado de Naturalização, no caso de ser brasileiro naturalizado;
  • Comprovante da residência atual (opcional);
  • Não é necessário a apresentação de fotografias 3X4, uma vez que as imagens (fotográfica e impressões digitais) serão capturadas no momento do atendimento;
  • Adolescentes (entre 12 e 18 anos de idade), obrigatoriamente deverão estar acompanhadas pelos pais ou pelo responsável legal, devidamente documentado.

Cadastro de Pessoa Física (CPF)

Qualquer pessoa a partir dos 16 anos pode solicitar seu CPF. Para isso, deve dirigir-se a uma agência do Banco do Brasil, Correios ou Caixa Econômica Federal, em entidades conveniadas com a Receita Federal ou pelo site da Receita Federal. Para consultar o CPF, é necessário acessar o site da Receita Federal e informar os dados solicitados.

Caso a pessoa tenha menos de 16 anos, a solicitação só poderá ser feita por meio de seus pais ou responsáveis legais.

Documentos necessários para tirar o CPF:

  • Para maiores de 16 anos: RG;
  • Para maiores de 18 anos: RG e título de eleitor;
  • Para menores de 16 anos: certidão de nascimento ou RG, documento de identificação do responsável legal e documento que comprove a tutela, curatela ou guarda.

Além do RG e CPF, também será necessário o cadastro de um e-mail pessoal válido e o participante deverá criar uma senha de acesso ao sistema, que será utilizada durante todo o processo do Enem, bem como o número de inscrição.

Documentos necessários para isenção da taxa de inscrição

Entre os dias 6 e 17 de abril os estudantes puderam solicitar a isenção da taxa de inscrição do Enem. A isenção foi concedida para p estudantes do último ano do ensino médio de escolas públicas, estudantes de famílias com renda de até meio salário mínimo por pessoa ou total de até três salários mínimos e estudantes que fizeram todo o ensino médio em escolas particulares com bolsa integral e que possuam renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa.

O processo foi feito pelo site do Enem e as informações e documentos necessários eram:

  • Documento de identificação (RG) do participante e dos demais membros da família;
  • CPF e data de nascimento;
  • Nome da mãe;
  • Endereço e CEP;
  • Declaração escolar que comprove a realização do ensino médio completo em escola do sistema público ou histórico escolar do ensino médio com assinatura e carimbo da escola;
  • Declaração escolar que comprove a realização do ensino médio completo em escola do sistema público ou histórico escolar do ensino médio com assinatura e carimbo da escola;
  • No caso de participantes bolsistas, apresentar declaração da escola que comprove a condição de bolsista integral em todo o ensino médio;
  • Comprovante de renda declarada do mês corrente ou de até três meses anteriores, com a assinatura do participante (para o caso de autônomos ou trabalhadores informais) ou do empregador (com CNPJ);
  • Número de Identificação Social (NIS) referente ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Documentos necessários para o dia da prova

O que você não pode esquecer de levar de jeito nenhum nos dias das provas?

Sem um documento oficial de identidade você não faz a prova do Enem. Será obrigatório apresentar um documento de identificação com foto antes de ingressar na sala de prova. Então, desde já, confira se ele está em bom estado e o deixe à mão.

Documentos de identificação que serão aceitos, mesmo que vencidos:

  • RG (carteira de identidade);
  • CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social);
  • Carteira de reservista ou certificado de dispensa;
  • CNH (Carteira Nacional de Habilitação);
  • Passaporte;
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por Lei tenham validade como documento de identidade. 

Em caso de roubo ou extravio do documento, o estudante deve apresentar o Boletim de Ocorrência, emitido há, no máximo, 90 dias antes da prova.  Para estes será realizado um método de identificação exclusivo, com coleta de alguns dados e assinatura em formulário específico.

Cartão de inscrição

O Cartão de Inscrição do Enem é onde está a informação de local de prova e é disponibilizado na Página do Participante do Enem. Geralmente essa divulgação ocorre na segunda quinzena de outubro, então fique ligado.

Além dos locais de prova, o cartão possui informações pessoas do participante, a opção da língua estrangeira escolhida, os dias e horários de realização das provas e a necessidade ou não do atendimento especial. No dia das provas não é obrigatório apresentá-lo, mas é recomendável para facilitar encontrar seu prédio e sala de prova e tirar qualquer outra dúvida em relação ao horário e duração do exame.

Ah… Não deixe de ler todas as informações contidas nesse cartão, tá?

O que NÃO pode levar na prova

O que não pode levar no Enem?

  • Acessórios: não é permitido óculos escuros, boné, chapéu, tiaras, gorros e demais acessórios próprios para usar na cabeça. É recomendado evitar usar pulseiras, colares e brincos que possam incomodar e, com isso, atrapalhar a concentração na hora da prova.
  • Materiais escolares: lápis, lapiseira, borracha, régua, apontador, caneta com material não transparente, livros, anotações e impressos gerais.
  • Equipamento eletrônicos: calculadora, agenda eletrônica, tablet, iPod, gravador, pen drive, mp3, relógio, receptores e transmissores de dados e mensagens. O celular, deve ficar desligado durante todo o período de prova.

Quais documentos não serão aceitos?

  • Protocolos;
  • Certidão de nascimento ou de casamento;
  • Título eleitoral;
  • Carteira de estudante ou de times;
  • CNH em modelo anterior à Lei nº 9.503/97;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani);
  • Crachás e identidade funcional de natureza privada;
  • Cópias de documentos válidos, mesmo que autenticadas.

Glossário

CDI: Certificado de Dispensa de Incorporação

É um documento que comprova que um determinado cidadão brasileiro se alistou em alguma força armada, porém foi dispensado do serviço militar. Para fazer a solicitação deste documento, deve-se direcionar a Junta de Serviço Militar mais próxima e pedir a solicitação do Certificado de Dispensa.

Certificado de Reservista

É o documento dado a esses cidadãos que estão na reserva do exército, marinha ou aeronáutica. É um certificado dado ao indivíduo após o processo de alistamento quando ele não é escolhido para o serviço militar obrigatório. O Certificado de Reservista comprova a inclusão do jovem na Reserva das Forças Armadas do Brasil e sua obtenção é obrigatória para brasileiros do sexo masculino nos primeiros seis meses do ano em que chega à maioridade.

CNH: Carteira Nacional de Habilitação

A Carteira Nacional de Habilitação, também conhecida como carteira de motorista ou carteira de habilitação é o documento oficial que, no Brasil, atesta a aptidão de um cidadão para conduzir veículos automotores terrestres. Portanto, seu porte é obrigatório ao condutor de qualquer veículo desse tipo.

CPF: Cadastro de Pessoa Física

Para garantir a inscrição do Enem, também é necessário portar um número de CPF, que é o Cadastro de Pessoa Física. Ele é um documento feito pela Receita Federal e serve para identificar os contribuintes. Sua numeração possui 11 dígitos, que só mudam por decisão judicial.

CRNM: Carteira de Registro Nacional Migratório

É o documento físico de identificação de estrangeiros registrados no Brasil válido em todo o território nacional, a antiga CIE – Carteira de Identidade Estrangeira. A solicitação da CRNM é feita no site da Polícia Federal.

CTPS: Carteira de Trabalho e Previdência Social

A Carteira de Trabalho e Previdência Social é um documento que contém informações sobre a vida profissional do trabalhador e sobre sua filiação ao Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS. Foi criada pelo Decreto-lei n.º 926/69 com a finalidade de documentar e comprovar o contrato de trabalho, bem como o tempo de serviço do trabalhador para fins trabalhistas e previdenciários.

O que precisa para fazer a carteira de trabalho? O cidadão deve ir ao Posto de Atendimento mais próximo de sua casa com os documentos necessários para tirar sua CTPS. São aceitas cópias autenticadas desses documentos.

Perdi minha carteira de trabalho. E agora? O primeiro passo é registrar um boletim de ocorrências, depois solicite um nova. Para resgatar o número e os registros da CTPS perdida, é preciso levar, a 2ª via, seu RG e um comprovante de residência, comprovantes de seus trabalhos anteriores, que podem ser: extrato do FGTS original (que tem o número da carteira), homologação dos antigos empregos e comprovantes de seguro desemprego.

E como faço o Agendamento da Carteira de Trabalho? Se você tiver dúvidas quanto a isso, preparamos um passo a passo para te auxiliar!

DPRNM: Documento provisório de Registro Nacional Migratório

Este documento é exclusivo para aqueles estrangeiros que se enquadram na condição de refugiado e foi instituído com a nova Lei de Migração. No momento que o imigrante recebe a solicitação de refúgio, a Polícia Federal deverá emitir um protocolo em favor do solicitante e de seu grupo familiar – se houver.

Identidade funcional

A Identidade Funcional é um documento oficial de identificação profissional, que comprova a situação funcional de um servidor público, bem como seu cargo e os direitos associados a ele.

Órgão Expedidor

Órgão expedidor ou órgão emissor é o órgão público responsável por emitir documentos diversos aos cidadãos, como a carteira de identidade (RG), certidão de nascimento, atestado de antecedentes criminais, carteira de motorista, passaporte etc.

Passaporte

Passaporte é um documento de identidade emitido por um governo nacional que atesta formalmente o portador como nacional de um estado em particular e requisita permissão em nome do governo emissor para o detentor poder cruzar a fronteira de um país estrangeiro.

RG: Cédula de identidade

Para se inscrever no Enem é necessário que você tenha em mãos o RG. É um documento que tem a sua foto de identidade, a marca da sua digital e informações pessoais como: nome completo, nome dos pais, data de nascimento, região onde nasceu e órgão expedidor.

Você também pode se interessar por:

Categoria: ENEMPRASABER
Tags:

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.