DOI, ISSN e ISBN – o que são e como emitir? DOI, ISSN e ISBN – o que são e como emitir?

DOI, ISSN e ISBN – o que são e como emitir?

Você já ouviu falar em DOI, ISSN e ISBN? Essas três siglas são importantes para identificar livros, revistas e documentos periódicos. O objetivo é que cada documento seja único e facilite a sua identificação em qualquer lugar do mundo. Legal, né?

Mas antes de tudo, é bom saber o que cada dessas siglas significa e para qual tipo de obra ela deve ser utilizada. Vem comigo que eu te explico tudo sobre cada uma delas e como adquirir ou utilizá-las.

O que é DOI?

O Digital Object Identifier (DOI) – ou Identificador de Objeto Digital na tradução em português – é um registro para qualquer tipo de arquivo digital, trabalhos científicos, revistas, livros, imagens e até para músicas que catalogadas, passam a ter um link permanente do documento digital publicado.

O DOI é o responsável por deixar seus arquivos permanentes na internet, sendo possível mensurar as citações feitas do seu trabalho.

O que significa o prefixo e sufixo do DOI?

O DOI é composto por duas partes:

Prefixo: Identifica o publicador do documento

O prefixo se refere ao publicador do documento, podendo ser a instituição, revista ou editora que publicou o mesmo.

Sufixo: Identificador emitido pela editora

Já o sufixo é número determinado pelo responsável da publicação do documento.

Codigo DOI

Quais obras recebem DOI?

Livros, periódicos, artigos, imagens ou qualquer outro objeto que esteja presente em uma versão digital podem receber o DOI.

Quem emite o DOI?

O DOI é emitido pelas agências de registro autorizadas, sendo necessário entrar em contato com empresas que trabalham com DOI para saber mais sobre a emissão. Lembrando que pessoas físicas não conseguem emitir o DOI por conta própria.

Como solicitar o DOI?

Para solicitar o DOI é necessário procurar uma agência de registro autorizada, no caso, uma editora. Sendo necessário enviar os documentos dos eu projeto e avaliar a tabela de preços da própria agência.

Quanto custa o DOI?

Antes de tudo, para emitir um DOI, é necessário passar antes por uma empresa registrada como editora, sendo que ela tem que estar cadastrada em alguma agência autorizada. Nessas agências autorizadas é muito comum cobrarem um valor de anuidade e o valor por cada DOI emitido. O melhor jeito, é sempre consultar as agências autorizadas para saber o valor exato.

Quais são os documentos necessários para emitir o DOI?

A lista de documentos pode variar de editora para editora, mas os mais comuns são: anais, livros, nome do documento, volume, edição e entre outros. A editora será a responsável por passar a lista completa para quem tem interesse em emitir o DOI.

Qual o prazo de atribuição do DOI?

O prazo de atribuição do DOI, é bem rápido! Depois de enviar os documentos, você receberá em poucos dias o e-mail com o identificar do seu DOI.

Posso alterar o DOI?

O código alfanumérico não tem como mudar, porém, é possível fazer pequenas mudanças como títulos errados, entre outros.

O que é ISSN?

O Internacional Standard Serial Number (ISSN) – ou Número Internacional Normalizado para Publicações Seriadas na tradução em português – é um tipo de código utilizado para o registro internacional de documentos periódicos, como jornais, revistas e trabalhos científicos.

Sendo que cada material que recebe um código ISSN tem uma frequência de publicação fixa, seja ela diária, quinzenal, mensal, semestral ou anual.

Exemplo de ISSN

O código do ISSN são oito dígitos ordenados em dois grupos de quatro, separados por hífen e sempre iniciado pela sigla ISSN. Como nesse exemplo abaixo:

Codigo ISSN

Quais obras recebem ISSN?

Existem diferentes tipos de obras que recebem o ISSN, confira:

Obras em diferentes idiomas

As obras em diferentes idiomas recebem ISSNs diferentes, exceto se a obra for multilíngue.

Obras em diferentes suportes

Nas obras de diferentes suportes, tanto o físico, como o eletrônico possuem ISSNs diferentes. No caso de uma revista física optar por ter uma edição digital, será necessário solicitar um novo ISSN.

Obras em sites on-line

Já para obras em sites on-line, é necessário cumprir alguns requisitos, sendo eles:

  • Ter conteúdo editorial;
  • Mencionar a responsabilidade editorial (nome do editor);
  • Ter um título uniforme (isto é, um título que se mantenha consistente quando a publicação for atualizada);
  • Ter uma URL válida;
  • Cobrir um assunto específico ou abordar um público-alvo específico.

Obras em outros formatos

Para outros formatos, como uma revista física que vem acompanhada de um CD-ROM ou de uma gravação de áudio recebe um mesmo ISSN para todas as suas formas físicas.

Quem atribui o ISSN?

O ISSN é concedido por centros nacionais e regionais da rede internacional do ISSN. Já no Brasil, é de responsabilidade do Centro Brasileiro do ISSN (CBISSN).

Quanto custa o ISSN?

É totalmente gratuito, desde março de 2017 as taxas administrativas se tornaram isentas.

Quais são os documentos necessários para emitir o ISSN?

O certo é consultar o site do Centro Brasileiro do ISSN, sendo a entidade responsável por emitir o identificador no Brasil e consultar os maiores detalhes. Mas de forma geral, é solicitado alguns documentos referentes à publicação, como a capa, folha de rosto, expediente, sumário e assim vai.

Mas lembrando que a lista de documentos varia de acordo com a mídia que será veiculada a obra e que a lista de documentos para publicações impressas é diferente das publicações digitais.

Como solicitar o ISSN?

Existem duas formas de solicitar o ISSN, sendo uma mais burocrática e uma mais simples. Confira abaixo cada uma delas:

Forma 1:

Depois de reunir todos os documentos e preencher o formulário, é a hora de juntar todos os dados e enviar para o Centro Brasileiro do ISSN através dos correios ou entregar pessoalmente na instituição.

Segundo o Centro Brasileiro do ISSN, o endereço para envio:

Centro Brasileiro do ISSN/ IBICT
SAUS Quadra 5 – Lote 6 – Bloco “H” – 4º andar, sala 400.
CEP: 70.070-912 Brasília /DF

A documentação também poderá ser entregue diretamente no Centro Brasileiro do ISSN, no entanto, solicitamos que a documentação seja protocolada anteriormente, no Protocolo Geral do IBICT, no Térreo.

Lembrando que é sempre necessário checar o site da instituição, já que o endereço pode ser alterado sem aviso prévio.

Forma 2:

Outra forma mais fácil é procurar uma agência de registro autorizada, que pode tornar o processo de emissão de ISSN menos burocrático, já que eles serão responsáveis por todo o processo.

Quando solicitar um novo ISSN?

O tempo certo para solicitar um novo ISSN ocorre em duas situações, confira:

  • Alteração no título do periódico, inclusive no idioma do título;
  • Alteração no tipo de suporte (físico e eletrônico). Por exemplo, quando uma revista impressa se torna uma revista on-line.

Qual o prazo de atribuição do ISSN?

O prazo da solicitação para atribuição do ISSN é de acordo com a demanda, então pode ser que demore um pouco para sair, por isso é importante se programar.

Como consultar o ISSN?

Se você tem dúvidas de qual pode ser um ISSN de uma obra e gostaria de consultar para encontrar mais informações sobre o código, você pode realizar a pesquisa no site oficial do ISSN. É só inserir o código no site. Além disso, é possível encontrar o ISSN de um título.

O que é ISBN?

O International Standard Book Number (ISBN), – na traduação para português significa algo em torno de como número de padrão internacional para o livro – sendo um código de treze dígitos encontrado em publicações que não possuem uma periodicidade e são feitas apenas uma vez, mesmo que existem várias edições.

Exemplo de ISBN

O código é um sistema com padrão internacional utilizado para identificar o autor, país, editora e números de edição de cada obra produzida. No Brasil, o controle do código é feito pela Biblioteca Nacional que trabalha em parceria com a Fundação Miguel de Cervantes.

O código deve ser escrito ou impresso, sempre precedido pela sigla ISBN e cada segmento separado por hífen. Confira um exemplo abaixo:

Codigo ISBN

Quais obras recebem ISBN?

Algumas obras que recebem o ISBN são: livros, anais, seminários, monografias, encontros, publicações em braile, mapas e relatórios públicos.

Quem atribui o ISBN?

Desde março de 2020, a Câmara Brasileira do Livro é responsável por emitir o ISBN no Brasil.

Quanto custa o ISSN?

O custo de um ISBN é de R$ 22. E se for solicitado mais o código de barras, o valor fica R$ 36. Já para solicitar o serviço, é preciso ser cadastrado, sendo o valor de R$ 290.

O pagamento pode ser feito por depósito bancário, transferência, pela internet e boleto.

Quais são os documentos necessários para emitir o ISBN?

Nos dias de hoje é mais fácil solicitar o ISBN, confira os documentos necessários:

  • Preencher o formulário online para a solicitação do ISBN;
  • Enviar juntamente com o formulário a cópia da folha de rosto da obra a ser publicada ou a obra completa.

Como solicitar o ISBN?

Para solicitar o código ISBN é necessário ter o cadastro na Agência Brasileira de ISBN. Após esse passo, será necessário preencher um formulário que deve ser enviado juntamente com a cópia da folha de rosto da obra para ser publicada.

Depois do código gerado, o livro receberá um código único do ISBN que vai acompanhar cada edição publicada. Lembrando que cada solicitação tem um custo e o valor do seu serviço depende da demanda.

Quando solicitar um novo ISBN?

Confira abaixo quando você deve solicitar um novo ISBN:

  • Caso o conteúdo/texto da obra tenha alguma alteração, a publicação receberá outro ISBN e será outra edição;
  • Obras editadas sob a impressão da nova editora recebem novo ISBN;
  • Se um mesmo título receber um formato diferente, o novo formato deve receber um novo ISBN.

Qual o prazo de atribuição do ISBN?

O prazo para a atribuição do ISBN é de 5 dias úteis.

Como consultar o ISBN?

A consulta do ISBN pode ser bastante útil, para buscar em bibliotecas ou até para adquirir um livro em uma livraria. Caso você já possua o código e quer saber sobre qual obra se trata, confira o passo a passo abaixo:

Acesse o site do ISBN Brasil, na consulta há um campo de busca para inserir o código.

Acesse o site do ISBN Brasil

É importante observar que você também pode pesquisar uma obra pelo título, nome da editora ou autor.

Como Consultar Isbn

Para buscar apenas pelo ISBN, é só inserir os números, sem traças, no campo e o texto da imagem da obra selecionada.

Para buscar apenas pelo ISBN

Depois desse passo, é só consultar e pronto você terá todas as informações da obra.

Qual a diferença entre ISBN e ISSN?

Confira abaixo as diferenças de ISBN e ISSN:

  • O ISSN é atribuído somente às publicações seriadas.
  • O ISBN é atribuído a livros ou outras publicações monográficas.
Categoria: PRASABERDiversos

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.