Estágio em Administração – tudo o que você precisa saber para a carreira Estágio em Administração – tudo o que você precisa saber para a carreira

Estágio em Administração – tudo o que você precisa saber para a carreira

O que faz um estagiário de administração?

O estagiário de administração é responsável por auxiliar nas atividades operacionais do departamento, separar documentos para clientes, conferir relatórios, preparar informações para atualização de banco de dados dos clientes, auxiliar na verificação de contratos, negociar saldo para cliente e planejar a comunicação com o cliente.

O estagiário será testado em situações reais de mercado, nas quais precisará elaborar planos e auxiliar a empresa a resolver os desafios por meio de consultorias e assessorias com o intuito de aprender a trabalhar em equipe, negociar e ter um melhor posicionamento diante dos desafios.

Quais os objetivos do estágio?

O estágio representa o primeiro contato do aluno com os profissionais da área que escolheu seguir. É nessa fase que ele pode colocar em prática aquilo que está aprendendo em sala de aula, além de conhecer as atividades de rotina de uma empresa do setor.

Uma das maiores vantagens do estágio é oferecer ao aluno a possibilidade de aprender de forma mais objetiva temas fundamentais para a sua profissão, aprendidas na teoria em salas de aula, sendo também uma contribuição para as instituições de ensino.

Como não representa um vínculo empregatício e por se tratar de algo presente ainda em uma fase inicial da carreira do aluno, o estágio pode servir também como experiência determinante para a escolha que será feita. Mesmo se identificando com um curso, o aluno pode não se identificar com determinada ramificação e preferir outra. Nesse sentido, o estágio é útil para que o estudante conheça as possibilidades de carreira que a graduação permite.

Tipos de estágio

O estágio pode ser classificado em duas formas: estágio obrigatório e estágio não obrigatório. Confira a diferença entre eles:

Obrigatório

O estágio curricular supervisionado obrigatório está na matriz curricular e faz parte da carga horária do curso. Ao final das atividades enquanto estagiário, o aluno deve realizar um relatório final para a faculdade. Nesse caso, pode haver algum tipo de remuneração ou não, depende da relação trabalhista acordado com a empresa ou da instituição de ensino que concede o estágio.

Não obrigatório

O estágio não obrigatório não faz parte da carga horário do curso, mas pode ser importante para o aprendizado, podendo também ser remunerado ou não. O estágio não obrigatório é considerado uma atividade curricular, possibilitando o aluno desenvolver suas habilidades e aplicar seus conhecimentos em situações reais de trabalho futuramente.

Quem pode fazer estágio?

Podem estagiar estudantes a partir dos 16 anos, que estejam matriculados e frequentando regularmente os seguintes cursos:

  • Educação Superior;
  • Educação Profissional;
  • Ensino Médio;
  • Educação Especial;
  • Ensino Fundamental, na modalidade do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Como funciona a contratação?

O estágio tem como objetivo ser um período de intenso aprendizado para a formação do estudante e, por esse motivo, o modelo de contratação não conta com nenhum tipo de vínculo empregatício entre a empresa e o estagiário.

Os processos seletivos acontecem de 2 formas. A primeira delas é semelhante ao processo de contratação CLT, em sites de vagas de emprego, nos quais o profissional/estudante analisa as funções atribuídas e exigências mínimas e se candidata à vaga. Já a segunda é por meio de programas de estágio que são abertos pelas empresas, nos quais o candidato preenche um cadastro para participar do processo seletivo. Nesses casos, a concorrência é acirrada e o estudante passará por uma série de testes e atividades para o ingresso na empresa contratante.

No geral, a formalização do contrato de estágio acontece a partir de uma negociação entre a faculdade e a empresa. O documento precisa ser assinado pelas 3 partes envolvidas, ou seja, o contratante, o contratado (estudante) e a instituição de ensino que se responsabilizará por garantir que todas as atividades realizadas durante o contrato de estágio não atrapalhem os estudos acadêmicos do aluno.

Quais são os direitos e deveres do estagiário?

Para o estágio profissional, os principais direitos do estudante são:

  • Jornada de até 6 horas por dia;
  • Atuação não conflitante com o horário das aulas;
  • Férias remuneradas de 30 dias a cada 12 meses de trabalho;
  • Vale-transporte;
  • Seguro de vida;
  • Bolsa de estágio quando o estágio não é obrigatório.

Os deveres do estagiário são:

  • Cumprir os horários e as atividades previstas no programa de estágio;
  • Justificar eventuais faltas;
  • Em caso de estágio obrigatório, apresentar, a cada 6 meses, um relatório de atividades executadas no estágio para a instituição de ensino.

O que diz o termo de compromisso?

O Termo de Compromisso é o contrato final que deverá ser assinado pela instituição de ensino, pela empresa contratante e pelo aluno contratado. Nele, constam todas as informações que foram acordadas entre as partes, além dos direitos e deveres mencionados acima. É importante que no documento contenha:

  • Todos os dados de identificação do contratado e do contratante, incluindo cargos e funções;
  • As responsabilidades de cada uma das partes;
  • O objetivo da contratação;
  • A descrição da área em que o estagiário estará integrado;
  • O plano de atividades;
  • A carga horária, bem como o período de intervalo entre as atividades;
  • Valores da remuneração e benefícios adicionais, se tiver;
  • A vigência do contrato;
  • Motivos que podem levar à rescisão contratual.

Salário

O salário – ou bolsa-auxílio, como é nomeado para as contratações no formato de estágio – varia de acordo com a média de mercado e com o que foi negociado entre a empresa e o estudante. Tanto para estágios obrigatórios quanto para não obrigatórios, a remuneração salarial é facultativa.

média salarial para o estágio de administração no Brasil é de R$1.000,00.

Aviso prévio

Por não ter vínculo empregatício, e desde que o Termo de Compromisso não contemple o tema, o estagiário não precisa de aviso prévio de desligamento, podendo, então, ter o contrato rescindido a qualquer momento.

Férias

Foi imposto por Lei (11.788/2008) o direito do estagiário de ter um recesso como espécie de férias. A determinação assegura um recesso remunerado de 30 dias a cada 1 ano de estágio na mesma empresa.

Rescisões

O rompimento de contrato, como mencionamos acima, pode acontecer a qualquer momento e sem aviso prévio, tanto por parte da empresa quanto do estagiário. Se a interrupção acontecer antes de completar 1 ano de contrato, o estagiário tem direito de receber as férias proporcionais ao período que ficou na empresa.

Semana de provas

Por lei, o estudante não pode faltar do estágio em dias de prova, mas sim ter a sua jornada de trabalho reduzida pela metade. Ou seja, se o estagiário trabalha 6 horas, poderá ter liberação de 3 horas em dias de avaliação na universidade sem nenhum tipo de desconto.

Benefícios

A empresa não tem a obrigatoriedade de oferecer benefícios ao estagiário, no entanto, boa parte das contratações contam com benefícios adicionais, tais como seguro de vida e vale-refeição.

Transporte

O vale-transporte é obrigatório apenas em contratos de estágios não-obrigatórios. Já para os obrigatórios – que estão na grade curricular – não há imposição, deixando o contratante livre para decidir se oferecerá o benefício.

Descontos

Não existe algum tipo de desconto para o contrato de estágio, com exceção daqueles que contam com bolsa-auxílio que atinjam a faixa de tributáveis ou de imposto de renda.

Jornada de trabalho

Quanto tempo dura o estágio?

O tempo de duração pode depender do desempenho do estudante e do contrato firmado entre a empresa e o estagiário, que pode durar de 6 meses até 2 anos, sendo 2 anos o tempo máximo que o estudante pode estagiar na empresa.

Qual o prazo máximo para efetivação?

O prazo de um contrato do programa de estágio em uma empresa é de, no máximo, até 2 anos. Ou seja, no final do prazo estabelecido pelo contratante, o estagiário deverá ser efetivado ou apenas encerrar o contrato.

O contratante pode rescindir o contrato do estágio?

A empresa, antes mesmo do final do contrato, pode rescindir a qualquer momento o vínculo com o estagiário.

Como conseguir entrar em um programa de estágio?

A dica principal para conseguir um estágio é se dedicar aos estudos. Com um bom desempenho nas atividades da sua graduação, naturalmente você terá maiores chances de conseguir as melhores vagas.

Pense que as empresas estão em busca justamente de estudantes qualificados, que possam oferecer a elas um diferencial. Nesse caso, se você for um aluno exemplar, será o elemento fundamental para levar o que de mais útil o espaço acadêmico pode oferecer para o mercado de trabalho.

Além disso, conheça os processos que as empresas realizam. Em casos de provas on-line, você pode estudar exames antigos e se preparar melhor. Procure também desenvolver habilidades sociais que costumam ser exigidas em processos de seleção. Se você tiver um bom desempenho no trabalho em grupo, certamente terá boas chances de ser aprovado.

Áreas de atuação

São várias as possibilidades de atuação e o estudante poderá estagiar em diferentes ramos das áreas. Confira:

  • Administração pública:
    O profissional pode optar por realizar um concurso em diferentes áreas da sociedade, como educação, cultura, segurança, saúde etc.
  • Administração de empresas:
    Esse profissional pode atuar em diversas áreas de uma empresa, como financeiro, marketing, compras, vendas, recursos humanos, produção etc.
  • Marketing:
    O profissional pode cuidar de processos de planejamento, execução e controle das estratégias de marketing, principalmente na área de marketing digital com o objetivo de fazer a ligação entre o mercado e a empresa.
  • Finanças (carreira em banco):
    A administração de finanças trata de processos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos.
  • Gestão de pessoas (recursos humanos, RH):
    Esse profissional deverá cuidar das relações das pessoas com as empresas, pode atuar tanto em folha de pagamento como na área de desenvolvimento de pessoas.
  • Comércio exterior:
    O profissional dessa área é responsável pela compra e venda de produtos entre empresas e governos de diferentes países. Deve ficar atento aos acontecimentos internacionais, econômicos, políticos e eventuais conflitos internacionais.
  • Consultoria:
    Esse profissional pode atuar como consultor para as empresas, diagnosticando e formulando soluções para as companhias.

Dicas para conseguir estágio

Vá a eventos da área

O relacionamento é uma das ferramentas mais poderosas para quem quer ingressar em uma área. Pesquise eventos do setor desejado, conheça o leque de empresas e suas soluções, tire dúvidas com os profissionais da área e, principalmente, promova suas habilidades, assim, além de ampliar sua rede de contatos, garante sua visibilidade profissional no mercado.

Procure na faculdade

Se você já começou sua graduação na área, converse com seus professores e fique atento ao portal da universidade. Geralmente, as empresas e instituições de vagas fecham parcerias para a divulgação exclusiva de oportunidades de trabalho.

Se ainda não encontrou a faculdade ideal para o seu curso de administração, aqui estão algumas mais reconhecidas pelo MEC:

Utilize as redes sociais

As redes sociais se tornaram, hoje, uma forte ferramenta para busca de estágio, uma vez que os jovens são usuários assíduos. Procure grupos ou comunidades da sua área de interesse e acompanhe as publicações de vagas e oportunidades de iniciar sua trajetória profissional.

Sites de vagas

As principais fontes de oportunidades ainda são os sites especializados. Neles, é possível conferir, além das vagas de emprego, a média salarial, o mercado e o histórico da profissão.

A Catho, por exemplo, conta com páginas dedicadas para cada área do mercado, com informações como: salário por estado, área mais buscada de cada setor, empresas que mais contratam na profissão escolhida etc.

Como colocar no currículo?

Para se dar bem no mercado e se destacar nos processos seletivos, seu currículo precisa passar as informações necessárias e corretas aos recrutadores. Confira o modelo de currículo ideal para os estagiários:

  1. Dados pessoais: nome completo, endereço e contatos;
  2. Objetivo: a área ou função pretendida. Por exemplo: estágio em Engenharia Civil;
  3. Resumo profissional: com as principais informações sobre o seu perfil, como conquistas acadêmicas e habilidades;
  4. Formação: a faculdade e a curso de formação;
  5. Experiência profissional: caso já tenha tido, deve ter o cargo e a descrição da função;
  6. Idiomas: este item só deve entrar caso exista a capacidade de se comunicar em outra língua, como o inglês, por exemplo;
  7. Conhecimentos extras: como ferramentas e sistemas;
  8. Atividades extracurriculares: cursos de extensão, workshops ou atividade voluntária.

E aí, curtiu as informações sobre o estágio em Administração e está pronto para ir em busca de uma oportunidade na área? Então acompanhe um artigo que falamos com detalhes como funciona um estágio nas empresas!

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.