Estágio em Enfermagem – tudo sobre a carreira Estágio em Enfermagem – tudo sobre a carreira

Estágio em Enfermagem – tudo sobre a carreira

O estágio é uma etapa que costuma ser muito aguardada para quem faz faculdade de enfermagem. É o momento de aplicar na prática tudo o que foi aprendido no curso, além de vivenciar o dia a dia da profissão e o cuidado com os pacientes. Acompanhe este artigo e saiba o que espera os estudantes nessa fase tão importante.

Quais os objetivos do estágio?

No geral, o período de estágio ocorre a partir do 4º ano do curso e os estudantes poderão ter maior contato com os pacientes e com a dinâmica da profissão, já que possuem a bagagem teórica necessária para aplicar no ambiente hospitalar. Nessa fase, os estagiários podem realizar alguns procedimentos sob a supervisão do professor.

O que faz um estagiário de enfermagem?

O estagiário de enfermagem já está apto para realizar aferição de pressão, punção venosa, banho de leito e diversas outras atividades que envolvem o contato direto com o paciente. 

Tipos de estágio

O tipo de estágio mais comum relacionado ao curso de enfermagem é o estágio curricular supervisionado. Essa modalidade é obrigatória na graduação, já que a carga horária de estágio faz parte do conteúdo programático do curso e é exigido para a conclusão.

Quem pode fazer estágio?

Alunos de nível técnico (técnico em enfermagem) e graduação deverão realizar o estágio nos últimos semestres do curso. Nesse caso, a experiência é obrigatória para a conclusão da formação.

Quais são os direitos e deveres do estagiário?

A Lei do Estágio prevê uma série de obrigações de todas as partes envolvidas para assegurar a natureza pedagógica da atividade. Para formalizar os deveres e direitos do estagiário em enfermagem, o contratante, a instituição de ensino e o estudante devem assinar o Termo de Compromisso de Estágio, que deve levar em consideração os benefícios abaixo:

  • Bolsa-auxílio a ser definida pelas partes;
  • Auxílio-transporte;
  • Recesso remunerado a cada 12 meses trabalhados;
  • Carga horária máxima de 6 horas diárias e 30 semanais;
  • Realizar atividades relativas à área de formação do estudante.

Obrigações do estagiário

Ainda que não possua vínculo de emprego, o estagiário também precisa se comprometer com sua parte nos deveres previstos no Termo de Compromisso, que são:

  • Cumprir com os horários e a jornada combinados no contrato.
  • Realizar as atividades previstas do programa de estágio.
  • Justificar faltas e atrasos.
  • A cada seis meses, apresentar um relatório de atividades realizadas no estágio para a faculdade.

Salário

O salário – ou bolsa auxílio – a ser recebida pelo estagiário é definido pela empresa que irá contratar o estudante e não há um valor mínimo regulamentado.

Aviso prévio

O estágio não é considerado um vínculo de emprego e, diferente do que é garantido pela CLT, o estagiário não tem direito a aviso prévio em caso de dispensa, assim como outros direitos trabalhistas como 13º salário e multa rescisória.

Férias

O estagiário tem direito a 30 dias de recesso remunerado a cada 12 meses (caso esteja na mesma empresa) ou o proporcional ao período estagiado. Além disso, o período de férias deve coincidir com as férias acadêmicas.

Rescisão

O contrato de estágio pode ser rescindido pelo desejo de ambas as partes ou pelo fim do período previsto – dois anos na mesma instituição. Em qualquer uma das situações, o estagiário deverá receber pelos dias em que trabalhou e o valor proporcional do recesso remunerado.

Semana de provas 

O estagiário tem direito a reduzir a carga horária diária pela metade em semana de provas. Essa regra é assegurada pela Lei do Estágio e deve ser cumprida pelo empregador.

Intervalos/descansos

Ainda que não seja obrigatório, o intervalo durante a jornada diária, é recomendado e deve constar no Termo de Compromisso de Estágio, já que interfere na segurança, saúde e desempenho do estagiário no ambiente de trabalho.

Aspectos avaliados

O estagiário deve estar sempre atento aos itens obrigatórios de vestimenta e acessórios que são fundamentais para o conforto e segurança no trabalho.

Vestimenta

A vestimenta exigida para função inclui as seguintes peças:

  • Calça branca (as do tipo legging não são permitidas);
  • Camiseta branca simples;
  • Sapatos brancos e fechados (se possível, utilizar calçados anatômicos específicos para profissionais de saúde);
  • Meias brancas;
  • Jaleco branco;

Fique atento a aparência do uniforme, que deve estar sempre limpo e sem manchas. Jalecos de manga curta podem ser permitidos dependendo da instituição de saúde, desde que sejam utilizados sobre peças de manga longa. Além disso, é importante lembrar que o uso do jaleco deve ser restrito somente ao ambiente de trabalho, evitando a contaminação cruzada entre o meio externo e o hospital.

Em relação ao calçado, é recomenda-se utilizar modelos específicos para profissionais da saúde – que nesse caso, é considerado um EPI (Equipamento de Proteção Individual). Esse tipo de calçado, além de proporcionar mais conforto, pode evitar o contato com secreções dos pacientes e acidentes com objetos perfurocortantes.

Aparência

Para garantir a segurança dos pacientes e da equipe, o padrão para profissionais da saúde inclui cabelos presos, barba feita e adereços pequenos e discretos, como colares, anéis, brincos etc. Lembre-se: quanto maior o número de assessórios, maior a chance de contaminação.

Material de bolso e equipamentos

O estagiário em enfermagem deve carregar consigo alguns materiais fundamentais para a rotina em uma instituição de saúde:

  • Relógio com contagem de segundos;
  • Estetoscópio (cada estagiário deverá ter o seu);
  • Uma caneta azul ou preta;
  • Caderninho de anotações;
  • Frasco pequeno de álcool gel;
  • Termômetro digital

Outros materiais também devem estar sempre à disposição, como tesoura sem ponta, oxímetro, garrote para punções e aparelho de pressão.

Como conseguir estágio?

Está buscando um estágio para dar os primeiros passos em sua carreira? Separamos pra você algumas dicas para te ajudar nessa missão:

1.Conheça as especialidades em que você pode estagiar

Quem faz um curso de enfermagem pode conseguir estágio nas seguintes áreas de atuação:

  • Cirúrgica e pós-cirúrgica;
  • Geriátrica;
  • Pediátrica;
  • Obstétrica;
  • Psiquiátrica;
  • Enfermagem do trabalho;
  • Pesquisa clínica;
  • Resgate;
  • Home care;
  • Gestão hospitalar.

2. Vá a eventos da área

Procure acompanhar a programação de eventos da sua área de estudo. Além de ficar por dentro do que acontece em seu futuro mercado de atuação, você ainda pode fortalecer sua rede de contatos para conseguir oportunidades de trabalho.

3. Procure na faculdade

Saiba quais são as instituições de saúde conveniadas com sua universidade e se existem processos seletivos abertos.

4.Utilize redes sociais

As redes sociais podem ser ferramentas excelentes para quem está procurando uma oportunidade de estágio, já que contam com diversos grupos que disponibilizam vagas na área da saúde.

5.Sites de vagas

Sites de vagas de emprego como a Catho oferecem centenas de oportunidades de estágio. Ao se cadastrar na plataforma, você poderá selecionar aquelas que mais se encaixam ao seu perfil e se candidatar às vagas disponíveis.

Quer saber mais sobre o universo do estágio e conferir outras dicas para conseguir uma vaga? Veja mais em nosso Guia de Estágio Profissional!

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.