Estágio profissional – o guia completo para você começar sua carreira Estágio profissional – o guia completo para você começar sua carreira

Estágio profissional – o guia completo para você começar sua carreira

O estágio é uma etapa fundamental da carreira, já que é nesse momento que o profissional começa a colocar em prática o conhecimento que adquiriu na faculdade e passa a vivenciar o dia a dia do mercado de trabalho e suas exigências. Preparamos este guia completo para você ficar por dentro de todas as particularidades desse período da vida profissional, além de entender todos os deveres e direitos do estagiário.

O que significa estágio?

O estágio, apesar de se parecer com o trabalho em si, é um período pedagógico da carreira profissional e não configura uma relação de emprego. É nessa fase que o graduando pode vivenciar a experiência da profissão e do mercado de trabalho e aprender na prática, sempre com a supervisão de um gestor.

A lei que regulamenta o estágio no Brasil é a Lei nº 11.788, que estabeleceu um conjunto de regras para proteger os estagiários em relação a abusos, como carga horária excessiva e excesso de responsabilidades, e assegurar que o profissional em formação tenha oportunidade de aprender e aprimorar suas habilidades.

Quem pode fazer um estágio?

Os estagiários de nível superior devem, obrigatoriamente, estar matriculados na graduação, seja bacharelado, licenciatura e graduação tecnológica. Os estudantes podem começar o estágio em qualquer período do curso desde que a matrícula esteja ativa, o que permite ao graduando estagiar em diversas companhias e áreas e vivenciar diferentes áreas de atuação dentro da carreira.

Quais são os tipos de estágio?

Ainda que tenham o mesmo objetivo, as modalidades de estágios podem ter alguns critérios e exigências diferentes. Saiba como funciona cada um deles.

Estágio remunerado

O estágio remunerado é um programa que muitas empresas desenvolvem para selecionar e treinar possíveis futuros colaboradores efetivos. Oferecem uma bolsa-auxílio para o graduando (que pode variar de acordo com a companhia) e uma experiência de trabalho e aprendizado que se relaciona com o que é estudado na faculdade.

Estágio probatório

O estágio probatório, também chamado de estágio de formação, é o período de acompanhamento pelo qual passa um servidor público recém aprovado assim que toma posse. O tempo de avaliação dura em torno de dois anos, em que o profissional deverá comprovar sua aptidão para exercer as funções relativas à sua posição antes de conseguir a estabilidade do cargo.

Estágio curricular supervisionado

O estágio supervisionado é uma etapa entre e universidade e empresa que possibilita que o aluno possa aplicar os conhecimentos adquiridos na sala de aula e praticá-los em um ambiente de trabalho. Muitas vezes, o estágio faz parte da grade curricular e o aluno é obrigado a cumprir uma determinada carga horária para conseguir o diploma.

Estágio extracurricular

Na prática, o estágio extracurricular funciona da mesma forma que o estágio curricular supervisionado, porém é voluntário e não é obrigatório para a formação, ainda que contabilize créditos para a graduação.

Estágio ou Jovem Aprendiz?

Ainda que ambos tenham como objetivo inserir o estudante no mercado de trabalho, o estágio e o programa Jovem Aprendiz possuem algumas diferenças em relação à idade e abordagem pedagógica.

Para realizar o estágio no ensino superior, o estudante deve estar matriculado em uma universidade e exercer funções compatíveis a sua área de formação. Já no Jovem Aprendiz o aluno deve ter entre 14 e 24 anos e estar matriculado em um programa de aprendizagem. Como o programa exige apenas o ensino médio, o estudante não precisa atuar em uma área específica e a empresa contratante tem mais flexibilidade para definir em qual área dele poderá atuar.

Por que o estágio é tão importante

O estágio serve como uma ponte entre a universidade e o mercado de trabalho, o que aumenta significativamente as chances de o estudante ter sucesso em um eventual processo seletivo na empresa em que já estagiou.

Além disso, o programa de estágio tem muitas vantagens para os empregadores, já que podem contratar colaboradores que têm algum domínio na função e conhecem o dia a dia da empresa. Com isso, ganha-se tempo e produtividade que seriam utilizados no período de adaptação do novo funcionário.

Duração do estágio

O estágio não pode ter duração maior do que dois anos na mesma companhia, exceto em casos em que o estudante possua algum tipo de deficiência. Nesse caso, o contrato pode ser renovado de acordo com o interesse da empresa e do estagiário.

Como conseguir um estágio

Está buscando um estágio para dar os primeiros passos em sua carreira? Separamos pra você algumas dicas para te ajudar nessa missão.

  1. Prepare seu currículo com suas informações pessoais, área de formação, habilidades e cursos que podem ser importantes para a vaga que você pretende.
  2. Saiba quais são as empresas conveniadas com sua universidade e se existem processos seletivos abertos.
  3. Converse com seus professores. Muitos também trabalham em empresas que pertencem a sua área de estudo e podem direcionar você para uma das vagas disponíveis.

Direitos do estagiário

A Lei do Estágio prevê uma série de obrigações de todas as partes envolvidas para assegurar a natureza pedagógica da atividade. Para formalizar os deveres e direitos do estagiário, a empresa contratante, a instituição de ensino e o estudante devem assinar o Termo de Compromisso de Estágio, que deve levar em consideração os benefícios abaixo:

Infográfico sobre direitos do estagiário

Obrigações do estagiário

Ainda que não possua vínculo de emprego, o estagiário também precisa se comprometer com sua parte nos deveres previstos no Termo de Compromisso.

  1. Cumprir com os horários e a jornada combinados no contrato.
  2. Realizar as atividades previstas do programa de estágio.
  3. Justificar faltas e atrasos.
  4. A cada seis meses, apresentar um relatório de atividades realizadas no estágio para a faculdade.

Como colocar estágio no currículo

Mesmo com poucas experiências para colocar no currículo, uma boa apresentação das habilidades e da sua formação pode fazer toda a diferença em uma seleção. Se você já tem a vivência de um estágio anterior, pode ressaltar as atividades realizadas e resultados que já obteve para enriquecer ainda mais a sua trajetória. Saiba agora como você deve estruturar seu CV:

Dados pessoais

Nessa parte do currículo, coloque seu nome completo, idade e informações de contato, como telefone e e-mail.

Objetivo

A etapa seguinte deve falar sobre seu objetivo profissional naquela empresa, que precisa ser claro em relação a vaga do seu interesse. Por exemplo: Estágio em Engenharia Ambiental.

Formação acadêmica

Nesse ponto, você deverá incluir o seu curso e a universidade em que estuda, além do período e a previsão de formatura.

Experiência profissional

Caso já tenha trabalhado anteriormente ou realizado outro estágio, você deverá incluir algumas informações sobre a experiência anterior, como o cargo, empresa, início e fim das atividades e as suas atribuições na função.

Caso você não tenha nenhuma experiência anterior, é valido colocar cursos, workshops, intercâmbio, iniciação científica na universidade, trabalhos voluntários ou qualquer outra vivência que possa ter acrescentado conhecimentos importantes para a vaga pretendida.

Idioma

Neste item, liste os idiomas que você possui conhecimento e o nível de fluência. Por exemplo: Inglês: nível intermediário; Espanhol: nível básico.

Conhecimento de softwares

É a hora de listar as ferramentas que você tem conhecimento e que podem ser importantes para sua função. Por exemplo: Pacote Office, Adobe Photoshop, Sistema Linux etc.

Dica extra

Além de uma estrutura organizada e informações verdadeiras sobre as suas habilidades, um currículo visualmente atrativo pode ser o diferencial para ser selecionado. Para ajudar você nesse sentido, preparamos um artigo com 12 modelos de currículo prontos para download. Basta baixar o modelo que funciona melhor pra você e preencher com suas informações.

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando o nosso blog e encontre muitas dicas para você desenvolver sua carreira!

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.