Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
6 formas de ingressar na faculdade sem vestibular 6 formas de ingressar na faculdade sem vestibular

6 formas de ingressar na faculdade sem vestibular

Hoje em dia é muito mais fácil você conseguir ingressar no ensino superior comparado há anos atrás, e isso tem melhorado cada vez mais. Agora é possível entrar na faculdade sem vestibular, você sabia? Acompanhe nosso artigo, pois listamos 6 maneiras de você conseguir o tão sonhado diploma!

Como ingressar na faculdade sem vestibular?

Antes era necessário realizar diversos exames e provas diferentes para tentar uma vaga em alguma universidade no Brasil, hoje com tantas mudanças, é possível entrar na faculdade sem vestibular. E se você já tiver uma graduação, fica ainda mais fácil ingressar em outro curso.

Nunca é tarde para decidir mudar de vida. Há oportunidades tanto em faculdades públicas quanto nas particulares, basta você conhecer como funciona, estar ciente das regras e segui-las cuidadosamente.

A seguir vamos conhecer algumas formas de ingressar na faculdade sem vestibular.

Sisu

Uma das formas de conseguir ingressar na faculdade é através do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Ele é um programa que possibilita o acesso de jovens às universidades públicas que adotaram o sistema, utilizando a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) mais recente. Com o Sisu, o aluno pode concorrer a uma vaga por todo o país, e não há restrição de idade.

Atualmente, mais de 120 mil instituições de ensino em todo o Brasil participam do programa, até as universidades federais. O sistema abre as inscrições duas vezes por ano, sempre no início de cada semestre, então não fique de bobeira e se atente às datas.

Atenção: a depender da faculdade de sua escolha, algumas exigem outras regras para a participação além do Sisu, por isso, é muito importante ficar de olho no edital de cada ano.

Vale a pena lembrar que para concorrer a uma vaga no Sisu, não há critérios quanto à renda familiar, diferente de outros programas do governo. E você pode acompanhar suas chances reais através da nota de corte durante o período de inscrições.

Prouni

Outra forma de conseguir ingressar no ensino superior é através do Prouni (Programa Universidade para Todos), que é uma iniciativa do governo federal criado em 2004 com o intuito de facilitar o acesso de jovens de baixa renda às faculdades privadas por meio de bolsas de estudos parciais e integrais. Hoje, mais de mil instituições fazem parte do programa em todo o Brasil.

Para participar do Prouni, o candidato precisa cumprir alguns requisitos, como: ter renda familiar de até três salários-mínimos, ter feito o Enem no ano anterior e ter atingido a pontuação mínima de 450 pontos, além de não ter zerado na redação.

Há mais alguns critérios exigidos pelo Ministério da Educação (MEC) para a inscrição ao Prouni, acompanhe:

  • Ter concluído o ensino médio em escola pública
  • Ter concluído o ensino médio em escola particular, sendo bolsista integral
  • Ter cursado parte do ensino médio em escola pública e a outra metade em escola particular, como bolsista integral
  • Ser pessoa com deficiência
  • Ser professor da rede pública

As inscrições para o Prouni acontecem duas vezes ao ano, sempre no início de cada semestre. Em alguns casos, fica a critério da instituição de ensino pedir que o candidato realize mais uma avaliação.

Assim como o Sisu, o Prouni também te possibilita a acompanhar a nota de corte de um determinado curso e faculdade de sua escolha e aumentar suas chances de conseguir uma bolsa de estudos.

Amigo Edu

Para quem busca outras alternativas para conquistar o diploma no ensino superior sem precisar fazer o vestibular, nós temos a solução. O Amigo Edu é uma plataforma que ajuda estudantes a entrarem na faculdade através de bolsas de estudos com até 80% de desconto no valor integral da mensalidade, e é durante todo o curso.

O Amigo Edu não cobra taxas semestrais, ou seja, sua bolsa é renovada todo semestre e você não precisa pagar nada por isso. Ah, e não é preciso ter realizado o Enem.

Para conseguir, você precisa acessar o site oficial, fazer a pesquisa da bolsa de estudos no curso de interesse e universidade parceira. Após isso, basta preencher os dados pessoais, pagar o boleto de pré-matrícula e pronto. Você irá fazer o curso que sempre quis com uma bolsa de estudos do Amigo Edu!

bolsas de estudos do amigo edu

Histórico escolar do ensino médio

Algumas instituições de ensino superior possibilitam o ingresso dos alunos às universidades via análise do histórico escolar do ensino médio. Suas notas obtidas em todas as disciplinas durante a escola são determinantes para a sua avaliação.

Ao menos 103 instituições de ensino superior no Brasil utilizam esta modalidade para facilitar o acesso de jovens nas faculdades. Listamos algumas das universidades que utilizam esse método e possuem parceria com o Pravaler:

Em alguns casos, as instituições utilizam o histórico escolar do aluno como parte para compor a sua nota, sem precisar realizar o vestibular. É necessário apenas apresentar o documento de conclusão do ensino médio no ato da matrícula, além de alguns documentos pessoais.

Transferência externa

Pouca gente conhece sobre a transferência externa, também conhecida como transferência voluntária, e às vezes, sem saber que essa possibilidade existe, muitos estudantes acabam trancando o curso ou até mesmo desistindo.

A transferência externa é um processo seletivo, e assim como tantos outros, existem alguns critérios, então, continue a leitura para saber mais.

Como mencionado acima, a transferência externa é um processo seletivo que as instituições abrem para os alunos que querem trocar de faculdade. É muito importante que o aluno fique atento às inscrições para se candidatar, caso seja do seu interesse.

Neste caso, não será necessário realizar um novo vestibular para entrar em uma nova instituição e começar tudo de novo. Em algumas situações, o aluno consegue ingressar direto no período em que já iria cursar.

Mas lembrando que essa condição só é permitida para o estudante que deseja trocar apenas de instituição, e não de curso. Se você pretende utilizar a transferência externa para trocar de faculdade, fique atento e se informe na secretaria da sua universidade, pois existem pré-requisitos estabelecidos pela própria instituição.

Segunda graduação

Ao contrário do que muitos estudantes pensam, não é necessário realizar um novo vestibular caso queira fazer uma segunda graduação. Para quem já tem o ensino superior completo, seja em bacharel ou licenciatura, não é preciso fazer de novo o tão temido vestibular. Basta procurar a instituição e informá-los sobre a obtenção de um novo diploma.

Cada instituição de ensino tem seus critérios, mas no geral, são bem simples. Em alguns casos são exigidos uma espécie de processo seletivo, mas em outros, é necessário apenas apresentar os documentos e efetuar a matrícula.

A segunda graduação é uma grande alternativa para quem busca complementar o conhecimento que já possui e também para aqueles que querem trilhar novos caminhos.

Gostou deste artigo? Não deixe de acompanhar os conteúdos do Pravaler para ficar bem informado.

Texto escrito por: PRASABER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter