É possível financiar curso EAD? É possível financiar curso EAD?

É possível financiar curso EAD?

Para quem já trabalha e deseja conquistar uma graduação e ainda quer estudar gastando menos, os cursos na modalidade EAD (ensino a distância) se tornaram uma alternativa bastante viável para quem deseja iniciar ou aperfeiçoar os estudos. Essa é uma ótima oportunidade, com os programas e financiamentos privados ou públicos que facilitam o pagamento das mensalidades.

Existem algumas modalidades de financiamento que ajudam o estudante a concluir o curso com menos dificuldade. Confira a seguir quais são as melhores opções disponíveis!

Índice

Crédito Estudantil com até o triplo do tempo para pagar

Como funciona o financiamento estudantil para EAD?

O financiamento estudantil é uma modalidade de crédito universitário. Significa que ele funciona de maneira similar a um empréstimo.

Atualmente, existem diferentes opções de crédito para os cursos EAD. Cada financiamento possui regras próprias e o aluno precisa avaliar qual é o mais compatível com sua realidade financeira. Atendendo aos requisitos do programa escolhido, o aluno terá acesso ao benefício.

Além disso, a burocracia está cada vez menor e existem opções com taxas de juros bem acessíveis para os estudantes EAD. Mais adiante, vamos conhecer algumas delas.

Como escolher e contratar um dos serviços?

Conseguir um crédito estudantil é uma alternativa mais leve para pagar a faculdade sem comprometer o orçamento familiar. Mas, a primeira coisa que você deve fazer é avaliar se o financiamento é a melhor solução para o seu problema e, aí sim, entender em qual serviço será melhor para você.

Os financiamentos em sua maioria são de iniciativas privadas e em alguns estados o governo promove programas para financiar os cursos na modalidade de EAD. Os financiamentos podem ser concedidos após uma aprovação da instituição pretendida e a linha de crédito que analisará alguns pré-requisitos, como renda familiar bruta.

As mensalidades podem ser financiadas total ou parcialmente, dependendo do rendimento acadêmico. Quando o aluno é bolsista parcial pode requerer o financiamento apenas da quantidade que é de sua responsabilidade pagar.

O Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior) é o maior programa de financiamento estudantil do Governo Federal e que atinge apenas os cursos 100% presenciais. Existe um Projeto de Lei que está sendo analisado pela Câmara dos Deputados em que os cursos EAD também passam a ser incluídos no Fies.

Segundo o Ministério da Educação (MEC) a cada 5, 1 estudante está matriculado na modalidade EAD, além disso, os cursos a distância exigem pelo menos um mínimo de presença dos estudantes, ao menos para as provas ou atividades semanais e mensais.

Financiamentos estudantis

Agora é a hora de conhecer quais são os financiamentos estudantis disponíveis e qual se encaixa melhor ao seu perfil.

Financiamento em instituições de ensino

Algumas instituições mantêm programas de financiamento próprio para os estudantes que se inscrevem em seus cursos EAD. Vale a pena o aluno se inteirar deles antes de escolher a faculdade.

Em geral, o aluno que contrata o empréstimo realiza o pagamento somente depois de formado, em parcelas corrigidas pelo índice IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado).

Algumas universidades também oferecem descontos nas mensalidades ou descontos para alunos que obtiveram uma boa pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Financiamento bancário

Os bancos também possuem linhas de crédito estudantil que abrangem os estudantes dos cursos EAD. Em geral, é necessário ter uma conta no banco que deseja contratar o financiamento e a faculdade também deve ser conveniada.

Neste tipo de financiamento, os bancos arcam com os valores das mensalidades, parcialmente ou em sua totalidade, e o estudante passa a ter um contrato com a instituição financeira. Os pagamentos são realizados diretamente ao banco, podendo ser feitos ainda durante o curso ou somente após seu término.

Nesse caso, os juros costumam ser menores do que o cheque especial e outras linhas de crédito disponibilizadas no mercado.

Crédito Estudantil com até o triplo do tempo para pagar

Financiamento estudantil privado

O financiamento estudantil privado é uma outra opção disponível para estudantes EAD. O aluno pode refinanciar as mensalidades em parcelas menores e com tempo maior para terminar de pagar.

Um dos mais conhecidos e maior programa privado que oferece crédito aos estudantes de universidades no país é o Pravaler. Este programa permite que sejam financiado o valor total de todas as mensalidades do curso, seja presencial ou à distância e o melhor: sem precisar ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Com o financiamento, o aluno pode pagar os estudos de uma maneira mais leve sem estourar ou orçamento. Após o término da faculdade, o aluno consegue negociar e pagar o financiamento como preferir.

Algumas das vantagens deste tipo de financiamento:

  • Pouca burocracia para obter o crédito;
  • Não precisa ter estudado em escola pública;
  • Pode fazer quem fez e quem não fez o Enem;
  • Os juros cobrados são mais baixos;
  • Não é necessário comprovar renda familiar;
  • Maior velocidade na liberação dos recursos.

Em resumo, existem muitas opções de financiamento estudantil EAD que podem ajudar o estudante a conquistar sua graduação e se qualificar melhor para o mercado de trabalho. Com um bom planejamento, é possível avaliar e identificar as melhores condições para que o empréstimo estudantil caiba no orçamento.

Uma boa dica para quem busca alternativas para pagar a universidade é entrar no site da instituição em que pretende se matricular. Lá existem diversas informações sobre descontos, bolsas, financiamentos e parcelamentos que são oferecidos para os cursos EAD.

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.