Manual de recolocação profissional

Podemos dizer que o mercado de trabalho está arriscado. Por causa da crise econômica que afeta algumas áreas, muitas empresas têm que demitir alguns funcionários ou mesmo fazer grandes demissões em massa.

Quando a economia está estável, mesmo assim, podem ocorrer demissões por problemas internos na empresa ou alguém pode ser demitido porque seus serviços já não são mais necessários. Para algumas áreas, um mercado de trabalho bastante rotativo é o normal. E fica cada vez mais necessário aprender a se recolocar.

E quando você é demitido?

Muitos motivos podem levar à demissão, mas o sentimento é o mesmo para todos. Você pode perder um emprego que conseguiu há poucos meses, ser mandado embora antes de acabar seu período de treino ou ter que se despedir de um cargo que acaba de conquistar. Mas é ainda pior quando você é demitido de uma empresa para a qual trabalha e se dedica fielmente há muitos anos.

Muitos profissionais passam décadas trabalhando e estudando em prol de uma única empresa, se desenvolvendo para poder alcançar novos cargos dentro de um mesmo grupo. Para eles, a empresa vira uma espécie de segundo lar, e os colegas, uma segunda família. Nesse caso, a demissão pode trazer não só um sentimento de desesperança, mas de abandono. Muitos se sentem despejados da própria casa.

Sem contar o fator financeiro, que pesa muito, especialmente para quem tinha um cargo alto e ganhava um bom salário. A vida da família inteira tem que mudar a partir da demissão.

Mas o que fazer depois da demissão?

Essa é a maior dúvida daqueles que ficam desempregados. Qual é o próximo passo? Restam muitas dúvidas, desde compreender a causa da demissão, passando pela procura de seus direitos como desempregado até a busca de um novo emprego. A recolocação profissional é a parte mais complicada. Alguns trabalhadores ficam muito tempo sem saber o que fazer e acabam perdendo preciosos meses, ansiosos com o futuro. Isso quando não se apegam desesperadamente na primeira oportunidade, sem nem ao menos avaliá-la.

Claro que cada um sabe de suas necessidades e às vezes acaba sendo necessário aceitar o primeiro trabalho à vista. Mas o melhor é tirar um tempo para pensar e só depois decidir o que fazer a partir da demissão. Você vai continuar na mesma área ou vai tentar a sorte de outro jeito? Essa talvez seja a oportunidade de realizar um sonho, abrir o próprio negócio ou fazer o que você sempre quis. E se você amava aquilo que fazia e quer continuar no mesmo ramo, como conseguir uma boa colocação, entrando de novo em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo?

Foi pensando em todas essas questões que preparamos o Manual de recolocação profissional! Ele vai ajudá-lo a passar por essa fase de desemprego com mais confiança e dar dicas para que você se reajuste ao mercado de trabalho. E o principal: vai incentivá-lo a não desistir. Leia o material que preparamos para você e siga em frente! Você já tem a experiência e o conhecimento, agora só falta mostrar tudo isso ao mundo!

Categoria: Profissões

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.