Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta

5 métodos de estudo eficazes para o vestibular

Para conseguir passar no vestibular e entrar no curso desejado, é preciso mais do que estudar. O vestibulando tem que aprender a administrar o seu tempo, ter um cronograma de estudos e definir quais dos métodos de estudo eficazes que mais combina com o seu estilo. Por isso, foco, dedicação e muita organização são imprescindíveis nessa fase!

Estudar é a prática de relacionar conteúdos e memorizar informações. Essa é a chave para fazer uma boa prova e entrar para a lista dos classificados! Cada estudante tem as suas preferências de método de estudo, horário do dia e local da casa dedicado a essa atividade. Mas se você já segue um esquema de estudo há algum tempo e não está atingindo os resultados que espera, talvez seja a hora de conhecer outros métodos. Confira a lista de métodos de estudo eficazes que preparamos!

Métodos de estudo eficazes

Resumos

Essa técnica trata-se de elaborar texto próprios, com a síntese do conteúdo estudado. O importante é colocar os pontos mais essenciais, de forma que façam sentido para o estudante. Fazendo isso, o vestibulando consegue refletir sobre os assuntos lidos, formular ideias próprias e ainda memorizar o que está escrevendo. Outra vantagem é que você pode guardar esses resumos e consultá-los posteriormente, ao invés de recorrer aos longos textos dos livros.

Associação mnemóica

A associação mnemóica é um método que pode ser até divertido e é bem efetivo. Trata-se de usar palavras-chaves ou imagens metais para associar a um conteúdo. Por exemplo: para decorar uma fórmula, criar uma frase com as letras usadas ou então associar uma imagem a um significado específico.

Elaboração de perguntas

Ao estudar, elabore questões que expliquem o porquê e a lógica dos conteúdos lidos. Para conseguir elaborar perguntas relevantes, é preciso já estar familiarizado com o assunto que está sendo estudado. Depois, respondendo a essa perguntas criadas por você mesmo, é possível gerar explicações e sentidos para a matéria.

Testes

As apostilas e os livros de estudo, costumam ter diversos tipos de testes – como questões de múltipla escolha e dissertativas – e você deve sempre resolvê-los. Além desses, também é bem interessante participar de simulados e resolver provas de vestibulares passados. Assim, você treina o conteúdo e também passa a ter uma percepção do tempo que demora para resolver as questões, quais assuntos estão melhor estudados e quais você precisa se dedicar mais. Você pode escolher reservar um dia de semana para a prática dos testes ou fazer todos os dias, em um horário específico.

Distribuição do estudo

Nada é mais chato, maçante e menos efetivo do que ficar por longas horas estudando o mesmo conteúdo. Não adianta, isso não funciona! Por isso, antes de começar, determine quanto tempo você dedicará para aquela matéria. Depois, parta para outro assunto. Além disso, também separe períodos de folgas entre os conteúdos, em que você pode praticar um exercício ou assistir a uma série ou programa de TV para descansar o cérebro e voltar com mais energia para o próximo tempo de estudo.

Organização de estudos: a chave para o sucesso

É fundamental que o estudante tenha um cronograma bem definido para os seus dias e períodos de estudo. Alguns preferem estudar de segunda a sexta e relaxar aos finais de semana. Já outros percebem que funcionam melhor fazendo dias de pausa durante a semana, intercalando assim dias de estudo e descanso.

Não existe uma regra para isso. O importante é testar as opções e perceber a que melhor encaixa para você. Depois de definir isso, você precisa criar um cronograma de estudos e, claro, cumpri-lo. Elabore uma tabela bem organizada, em que você consiga visualizar com facilidade tudo que precisa ser feito. Você também pode colá-la na parede, em frente à sua mesa de estudos, para sempre sentir-se estimulado.

Antes de começar uma nova semana, defina todo o conteúdo que você quer estudar. Divida-o em horários para cada dia, com períodos específicos. Lembre-se de também reservar períodos para os testes, como comentamos acima. Assim, ao final de cada semana, você pode analisar se conseguiu cumprir o seu cronograma. Tendo disciplina para isso, você está dando um passo certo na direção da aprovação!

Texto escrito por: PRAVALER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

Simule o seu financiamento e descubra quanto pagará por mês:

Declaro que li, conheço e estou de acordo com as Políticas de Privacidade e Cookies do Pravaler.

Pensamos na sua privacidade

Usamos cookies para que sua experiência seja melhor. Ao continuar navegando, você está ciente dos nossos Termos e Políticas.

CONTINUAR