3 dicas para quem quer mudar de faculdade


Conheça 3 dicas para quem quer mudar de faculdade

A faculdade deixou de ser um sonho e se tornou fundamental na vida de um profissional que planeja uma carreira brilhante. A concorrência acirrada por melhores vagas de trabalho e as exigências cada vez maiores de mão de obra qualificada fazem o ingresso no ensino superior a melhor opção. No entanto, após muita pesquisa sobre a profissão e o curso escolhido, na prática talvez não seja como esperado. Aí, começam os questionamentos sobre o que se escolheu é realmente o que se quer fazer.

Bom, não se preocupe. Isso é mais comum do que você imagina. Geralmente, a decisão de mudar de faculdade é ocasionada pelo desinteresse no curso escolhido, levando o aluno apenas a mudar de curso, mas se mantendo no campus. Em outra situação muito comum, o curso pode até ser interessante, mas a o campus não agrada.

Aí, o jeito é trocar. Nesse momento, muita gente acredita que terá grande dor de cabeça no processo de transferência. Mas calma! Tudo pode ocorrer de forma tranquila e sem arrependimentos. Vem descobrir como fazer!

3 dicas para quem quer mudar de faculdade

1. Pense bem antes de agir

Quando você gosta do curso, mas o problema é o campus, considere alguns fatores antes de tomar a decisão de mudar. Talvez você não goste do campus, mas ele oferece o melhor e mais reconhecido curso da sua área de especialização.

Então, vale a pena pesquisar como a sua faculdade é vista lá fora antes de trocá-la por outra. Algumas faculdades possuem mais de um campus e, se a sua oferecer o mesmo curso nos outros, experimente. Talvez isso resolva o problema.

Veja alguns artigos que podem te ajudar a escolher a faculdade certa:

Agora, quando o problema é o curso, os cuidados precisam ser maiores. Você achou que o curso seria interessante e, de repente, perde totalmente a empolgação. Algo está errado, mas talvez não seja culpa do curso que escolheu. Pense bem sobre o que realmente está tirando a sua falta de vontade em estudar.

Muitos cursos incluem em sua grade curricular matérias que por ventura você não irá gostar. Esse fator pode levar a troca por outro curso quando o ideal era somente concluir a matéria em questão.

Mesmo assim, se você não quiser mais seguir a profissão escolhida, a melhor saída é mesmo trocar de curso. Mas antes, consulte a faculdade para saber se ela oferece o curso que você deseja agora. Para não perder um aluno, o campus poderá facilitar um pouco mais a sua transição e tornar o processo rápido e tranquilo.

2. Tente uma transferência interna

A transferência interna pode ocorrer em três situações. Na primeira, o aluno troca o campus por outro da mesma instituição, mantendo o curso. Na segunda, o aluno troca de curso, mas permanece no campus e, na terceira, o aluno troca de curso e campus, mas a instituição é a mesma. Cada faculdade possui procedimentos e uma política própria de transferências. Por isso, o recomendado é consultar as condições estabelecidas para esse processo.

As condições mais comuns giram em torno da existência de vagas disponíveis, limite de transferências estabelecido para uma única vez, realização de um novo processo seletivo em casos de troca de curso e conclusão do primeiro semestre no curso atual.

Quando a faculdade for trocada por um curso que abrange a mesma área de conhecimento e especialização, a eliminação de matérias deve ser considerada. Se você já concluiu pelo menos um semestre, fique atento às matérias que cursou, pois não há necessidade de repeti-las.

3. Considere a transferência externa

Quando a transferência externa é a única solução, o aluno decide por trocar a faculdade e o curso escolhido não é oferecido por nenhum dos campi da instituição. O processo é um pouco mais complexo, mas nada muito difícil de ser feito.

Aqui, as condições mencionadas anteriormente também são válidas e muito cobradas. Por isso, a nova faculdade escolhida deve ser consultada para você ficar ciente dos regulamentos e também do calendário.

Existem janelas de transferências que são abertas em períodos determinados de tempo e se você não estiver atento, poderá perder a oportunidade e ter que esperar por mais um semestre ou mais um ano para realizar a troca. Lembre-se de reunir toda a documentação necessária para a transferência com antecedência e bons estudos!

E aí, gostou das dicas? Deixe o seu comentário e compartilhe a sua opinião e experiência com a gente!

Compartilhar
Categoria: Faculdade
Tags: ENEM ENEM 2019

Pesquisar

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.