Enem 2020 – leitura de textos por computador para melhorar acessibilidade

Medidas visam ajudar a participação de candidatos com necessidades especiais.

Por PRASABER

O Ministério da Educação (MEC) implementou diversas medidas nesta edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para melhorar a acessibilidade pessoas com necessidades especiais. Entre eles, pela primeira vez, será adotado um programa que possibilita a leitura de textos na tela do computador durante o exame.

As ações contemplam os participantes que solicitaram atendimento especializado em caso de cegueira, surdocegueira, baixa visão ou visão monocular. Os candidatos enquadrados nessas condições poderão ser acompanhados por cão-guia e utilizar o próprio material nas provas, tais como:

  • máquina de escrever em braile;
  • reglete;
  • sorobã ou cubaritmo;
  • lâmina overlay;
  • caneta de ponta grossa;
  • tiposcópio;
  • assinador;
  • lupa;
  • óculos especiais;
  • telelupa;
  • luminária;
  • tábuas de apoio;
  • multiplano;
  • plano inclinado.

No Enem 2020, o participante que solicitou atendimento para essas condições no momento da inscrição poderá contar com um programa que possibilita a leitura de textos na tela do computador durante a prova, além de indicar o uso do implante coclear, no caso de surdocegueira.

Além disso, o exame contará com três guias-intérpretes para atendimento ao participante surdocego e uma banca especial para correção de suas provas, de acordo com o MEC.

Quem necessitar de atendimento devido a acidentes ou imprevistos e não fez a solicitação no momento da inscrição, deverá solicitá-lo via Central de Atendimento, por meio do 0800 616161, em até dez dias antes da aplicação da prova.

Enem 2020

O Enem será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Não há atendimento especializado na aplicação do Enem Digital.

Compartilhar