Enem 2021 – Inep divulga edital com prazo para pedido de isenção na inscrição

A data do exame, porém, não foi estipulada; segundo o Inep, a pandemia pode interferir no calendário.

Enem 2021 – Inep divulga edital com prazo para pedido de isenção na inscriçãoEnem 2021 – Inep divulga edital com prazo para pedido de isenção na inscrição

Por PRASABER

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou ontem, 03 de maio, o edital com prazo para a justificativa da ausência no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 e pedido de isenção da taxa de inscrição do exame de 2021.

O documento, divulgado oficialmente no Diário Oficial da União, não traz a data em que as inscrições serão abertas nem em que dia as provas deverão ser aplicadas. Segundo o Inep, o calendário instável por conta da pandemia.

O edital em aberto, no entanto, é voltado para os estudantes que fizeram o ensino médio em escola pública ou foram bolsistas na rede privada de ensino, tiveram o benefício da isenção da taxa na edição do Enem 2020, mas faltaram às provas. Desse forma, esse aluno deve justificar o motivo da ausência para ter direito de pedir a isenção de pagamento no exame desde ano.

Enem 2021

Com o cenário de pandemia ainda é bastante incerto, o Inep declarou que as datas para a realização dos exames ainda não podem ser estabelecidas. Segundo o órgão, todo o calendário é afetado, desde a montagem da prova até a sua aplicação, já que é preciso a presença física de professores e banca avaliadora.

Vale lembrar que o Enem 2020 foi a edição mais afetada da história e com o maior número de faltantes, dado o contexto atual do país. Com isso, todo o cuidado para a divulgação das datas desse ano serão tomados para que os alunos não sejam prejudicados nem se coloquem em exposição ao Covid-19.

Segundo o edital liberado pelo Inep, os estudantes que desejam ter a isenção de taxa de inscrição da edição de 2021 do Enem devem acessar a página do participante no site oficial do Enem, onde é realizado o pedido.

Confira o cronograma divulgado pelo Inep:

  • de 17 a 28 de maio: período para justificar ausência e pedir isenção da taxa de 2021
  • 09 de junho: resultado preliminar
  • de 14 a 18 de junho: período para apresentar recursos
  • 25 de junho: resultado final com os pedidos aceitos

Segundo o Inep, os estudantes podem justificar a ausência no Enem 2020 por alguns motivos, desde que a documentação os comprove. Confira:

  • assalto ou furto: deve ser comprovado com boletim de ocorrência policial nas datas do exame ao qual o candidato estava inscrito;
  • acidente de trânsito: deve ser apresentado boletim policial com dados do estudante e relato do acidente na data dos exames;
  • casamento/união estável: será aceita a certidão de casamento ou contrato de união estável realizados na data dos exames;
  • morte na família: poderá ser comprovada mediante certidão de óbito;
  • maternidade: será preciso apresentar uma certidão de nascimento da criança nas datas do exame;
  • acompanhamento de cônjuge ou companheiro: documento deverá ser expedido por alguma autoridade que ateste o deslocamento de cidade;
  • privação de liberdade: mandado de prisão ou documento similar;
  • emergência médica ou odontológica: atestado profissional relatando a condição de saúde do candidato;
  • trabalho: situação que demande o deslocamento por motivos de trabalho, com identificação da empresa, CNPJ, e assinatura do empregador;
  • intercâmbio acadêmico: documento assinado, em português, justificando o vínculo;
  • atividade curricular: declaração ou documento assinado que comprove a participação em atividade escolar na data do Enem.

Para a comprovação de renda e pedido de isenção, o órgão pede os seguintes documentos:

  • Comprovante de pagamento, como holerite;
  • Declaração assinada pelo interessado para autônomos;
  • Extrato de rendimento do INSS;
  • Recibo de seguro-desemprego e do FGTS;
  • Rescisão do contrato de trabalho;
  • Comprovante de programas sociais, como o bolsa-família.

Fonte: G1

Compartilhar