FGV abre inscrições para vestibulares 2021

Seleções acontecerão por meio de prova on-line. Nota do Enem e resultados de Olimpíadas do Conhecimento também serão aceitos.

FGV abre inscrições para vestibulares 2021FGV abre inscrições para vestibulares 2021

Por PRASABER

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) abriu as inscrições de seus vestibulares 2021 nesta segunda-feira, 3 de agosto. A instituição dividiu os ingressos em vestibular unificado, Direito/SP e Economia/SP. As inscrições para o curso de Direito, em São Paulo, serão encerradas em 16 de outubro. Já o vestibular unificado e o processo seletivo para Economia terão inscrições até 6 de novembro.

Os interessados poderão optar pelo ingresso tradicional (exames) ou por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – neste caso, as inscrições podem ser realizadas até 2 de dezembro.

Vagas

A fundação disponibiliza 100 vagas para Economia em São Paulo, 68 vagas para Direito também em São Paulo, além de 779 oportunidades através do vestibular unificado, sendo 400 em São Paulo, 344 no Rio de Janeiro e 35 em Brasília.

Já o ingresso via Enem tem oferta de 76 vagas para o Rio de Janeiro; 22 para Administração e Administração Pública da EAESP (SP); 5 para Relações Internacionais (RI/SP); 8 em Administração Pública na unidade de Brasília; 5 para Economia na FGV-SP e 10 em Direito para São Paulo.

Taxas, descontos e isenção

Os valores das taxas variam conforme a modalidade de seleção (prova ou Enem), confira:

Enem

Candidatos que se inscreverem até as 18 h de 18 de setembro terão taxa de R$ 25. Após esse horário e até o último dia de inscrições, o valor será de R$ 50.

Vestibulares Tradicionais

Os candidatos que se inscreverem até as 18 h do dia 18 de setembro terão desconto na taxa e pagarão R$ 75. Após esse período e até o fim das inscrições de cada unidade da FGV, a taxa será de R$ 150.

Isenção de taxa de inscrição

Estudantes de escolas públicas e bolsistas integrais de colégios particulares podem solicitar a isenção da taxa de inscrição. Os pedidos devem ser enviados com a documentação que comprove a situação. Veja os prazos de solicitação:
Direito/SP: até 9 de outubro
Vestibular unificado: até 2 de novembro
Economia/SP: até 3 de novembro

Provas Virtuais

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a FGV aplicará as provas para todos os cursos de forma virtual. O monitoramento será por inteligência artificial e fiscais remotos, que garantirão a segurança dos processos seletivos.
As provas seguirão a estrutura das seleções presenciais, respeitando a particularidade de cada curso ou unidade da FGV (divisão ou não por fases, necessidade de envio de carta de motivação, presença de exame oral ou somente provas escritas).

Como será o vestibular unificado?

O vestibular unificado é a seleção que engloba os cursos de Administração e Administração Pública da FGV em São Paulo (EAESP); Administração Pública na FGV de Brasília (EPPG); todas as graduações do Rio de Janeiro, além da unidade de Relações Internacionais em São Paulo (FGV RI).

No dia 2 de novembro, os candidatos do vestibular unificado receberão por e-mail o teste de ambientação para as provas. O check-in da seleção está previsto para o dia 16 seguinte.
As provas virtuais serão aplicadas em 22 de novembro e compostas por dois módulos objetivos e dois discursivos.

Esta será a única etapa para a FGV Rio e para Relações Internacionais, já Administração e Administração Pública (São Paulo e Brasília) terão uma segunda fase constituída do exame oral.

Seleção de Direito/SP

Os candidatos farão o teste de ambientação em 22 de outubro, enquanto o check-in está previsto para o dia 26 do mesmo mês. A primeira fase do vestibular de Direito será realizada nos dias 1º e 2 de novembro e será composta por redação e questões discursivas:

Primeiro dia (1º de novembro)

Bloco 1: Redação
Bloco 2: Língua Portuguesa e Inglês

Segundo dia (2 de novembro)

Bloco 3: Artes e Questões Contemporâneas; História
Bloco 4: Geografia e Raciocínio Lógico Matemático

Os classificados para a segunda etapa serão divulgados em 4 de dezembro e o exame oral será aplicado nos dias 7, 11, 14 e 15 de dezembro, conforme o agendamento para o candidato.

Como será o vestibular de Economia?

Assim como o vestibular unificado, os candidatos terão acesso ao teste de ambientação em 2 de novembro e o check-in será realizado no dia 16 seguinte. A primeira etapa da seleção de Economia será aplicada em 22 de novembro e será composta por questões objetivas, nos dois turnos. A FGV divulgará os classificados para a segunda fase em 30 de novembro.

Os candidatos classificados nas provas objetivas participarão da segunda etapa do vestibular em 6 de dezembro, que será composta por perguntas discursivas e uma redação.

Ingresso Olimpíadas do Conhecimento

O curso de Economia da FGV-SP é o único desta edição a aceitar o ingresso com o desempenho em Olimpíadas do Conhecimento/Científicas. As inscrições vão até 8 de janeiro de 2021 e podem ser feitas aqui.
A FGV oferece oito vagas para o ingresso no primeiro semestre de 2021. A taxa é de R$ 50, mas candidatos inscritos até às 18 h do dia 18 de setembro terão desconto e o valor cairá para R$ 25. O resultado será divulgado em 22 de janeiro de 2021.

Veja quais competições serão aceitas no processo seletivo:
• Olimpíada Brasileira de Economia (OBECON);
• Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM);
• Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas + Escolas Privadas (OBMEP);
• Olimpíada Brasileira de Física (OBF);
• Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP);
• International Economics Olympiad (IEO);
• International Mathematical Olympiad (IMO);
• International Physics Olympiad (IPhO)

Resultados

Confira as datas dos resultados dos vestibulares da FGV:

Todos os cursos do Rio de Janeiro e Relações Internacionais de São Paulo: 11 de dezembro
Administração e Administração Pública em São Paulo e Brasília: primeira chamada em 8 de janeiro de 2021.
Direito FGV-SP: 11 de janeiro de 2021.
Economia em São Paulo: primeira chamada em 22 de janeiro de 2021.
Seleção via Enem: 11 de janeiro de 2021.

Mais informações nos editais  e pelo site da FGV.

Compartilhar