Fies 2020/2: complementação de inscrição para candidatos pré-selecionados termina nesta quinta-feira

Candidatos pré-selecionados devem acessar o site para complementar as informações da inscrição até quinta-feira, 6 de agosto. Segunda chamada vai até 31 de agosto.

Fies 2020/2: complementação de inscrição para candidatos pré-selecionados termina nesta quinta-feiraFies 2020/2: complementação de inscrição para candidatos pré-selecionados termina nesta quinta-feira

Por PRASABER

Os estudantes pré-selecionados para o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) tem até as 23h59 desta quinta-feira (6) para finalizar a inscrição no site do programa. Segundo o MEC (Ministério da Educação), esta edição do segundo semestre do Fies conta com 107.875 mil inscritos que disputam 30 mil vagas, oferecidas em mais de 1.300 instituições de ensino superior.

Os estudantes que não foram selecionados nesta chamada podem disputar uma das vagas da lista de espera, em que a inclusão é automática. Nesse caso, o prazo de convocação segue até as 23h59 de 31 de agosto.

Como funciona a complementação das informações?

Os pré-selecionados para este edição do Fies devem acessar o portal do programa para preencher o restante das informações solicitadas. Depois disso, o candidato terá cinco dias úteis para validar as informações junto à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição para qual foi selecionado no curso.

O Fies

O Fies é um programa do MEC que concede financiamento a estudantes em cursos superiores em instituições de ensino privadas. Neste modelo, dividido em diferentes modalidades, pode até conceder juro zero considerando a renda familiar do candidato.

Na primeira modalidade, são oferecidas vagas com financiamento sem taxa de juros para os estudantes que tiverem uma renda mensal familiar de até três salários mínimos. A outra modalidade de financiamento, denominada P-Fies, é destinada aos estudantes com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.

O pagamento das parcelas só deve ser efetuado após a conclusão da graduação. Caso o estudante estiver empregado no período de amortização da dívida, a parcela é descontada em folha de pagamento. Caso contrário, as  prestações mensais equivalentes ao pagamento mínimo devem ser pagas, de acordo com o regulamento do programa.

 


Fonte: ND+

Compartilhar