HCFMUSP divulga concursos públicos para médicos

Seletivas tem o objetivo de preencher 17 vagas para médicos em diferentes especialidades. 

HCFMUSP divulga concursos públicos para médicosHCFMUSP divulga concursos públicos para médicos

Por PRASABER

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) anunciou a realização dos certames, que devem preencher 17 vagas destinadas à contratação de profissionais em regime CLT em diferentes especialidades médicas.

As oportunidades são oferecidas entre as seguintes unidades de lotação, conforme os respectivos editais:

  • Edital nº 16/2020: Médico I – Centro de Diagnóstico em Gastroenterologia da Divisão de Gastrenterologia da Divisão de Gastrenterologia e Hepatologia Clínica das Unidades Médicas e de Apoio ao Instituto Central (1);
  • Edital nº 17/2020: Médico I – Equipe Médica de Radiologia Gênito-Urinária do Instituto de Radiologia (1);
  • Edital nº 18/2020: Médico I – Equipe Médica De Radiologia Torácica do Instituto de Radiologia (1);
  • Edital nº 19/2020: Médico I – Setor de Especialidades Clínicas da Divisão de Atendimento às Crianças Externas do Instituto da Criança (1);
  • Edital nº 20/2020: Médico I (Fisiatra) – Instituto de Medicina Física e Reabilitação (1);
  • Edital nº 21/2020: Médico I – Equipe Médica de Atendimento de Pronto Socorro II da Divisão de Atendimento às Crianças Externas do Instituto da Criança (1);
  • Edital nº 22/2020: Médico I – Setor de Unidade de Tratamento Intensivo da Divisão de Atendimento às Crianças Internadas do Instituto da Criança (1);
  • Edital nº 23/2020: Médico I – Equipe Médica de Seguimento do Serviço Médico da Divisão de Hospital Auxiliar de Suzano (1);
  • Edital nº 24/2020: Médico I – Serviço de Cirurgia de Emergência da Divisão de Clínica Cirúrgica III (Psc) das Unidades Médicas e de Apoio do Instituto Central (2);
  • Edital nº 25/2020: Médico I – Unidade de Terapia Intensiva da Divisão de Gastroenterologia das Unidades Médicas e de Apoio do Instituto Central (1);
  • Edital nº 26/2020: Médico I – Unidade de Terapia Intensiva – Adulto da Divisão de Anestesia das Unidades Médicas e de Apoio do Instituto Central (1);
  • Edital nº 27/2020: Médico – Unidade de Terapia Intensiva – Pediátrica da Divisão de Anestesia das Unidades Médicas e de Apoio do Instituto Central (1);
  • Edital nº 28/2020: Médico I – Serviço de Cirurgia de Emergência (Unidade de Terapia Intensiva – Trauma) da Divisão de Clínica Cirúrgica III das Unidades Médicas e de Apoio do Instituto Central (1);
  • Edital nº 29/2020: Médico I – Unidade de Terapia Intensiva Neurológica da Divisão de Clínica Neurocirúrgica do Departamento de Neurologia das Unidades Médicas e de Apoio do Instituto Central (1);
  • Edital nº 30/2020: Médico I – Equipe de Hospitalistas da Diretoria Clínica do HCFMUSP (2).

Pré-requisitos e remuneração

Para se candidatar, é necessário apresentar formação de nível superior de medicina, com especialidade relativa à vaga escolhida. O profissional será submetido ao regime de 20 horas semanais e terá remuneração mensal de R$ 1.966,50, acrescido de gratificação de R$ 776,25, mais o prêmio de produtividade médica de R$ 1.733,622, totalizando R$ 4.476,37. O profissional também receberá, de acordo com o edital, auxílio-alimentação, vale-transporte, creche para os filhos dos servidores.

Como participar

Os interessados podem se inscrever por meio do site do Instituto Quadrix, a partir das 10h de 4 de setembro de 2020 até as 23h do dia 18 deste mesmo mês. O valor da inscrição é de R$ 91,11, que deve ser realizado até a data de 21 de setembro de 2020.

Para isenção ou redução da taxa de inscrição, os candidatos que se enquadram nos critérios especificados no edital poderão solicitá-la a partir das 10h de 4 de setembro de 2020 até as 18h do dia 7 deste mesmo mês e ano, também no site da Quadrix.

Os candidatos serão avaliados mediante prova escrita, estudo de caso e avaliação de títulos, de acordo com os critérios de pontuação especificados no edital.

Vigência

A seletiva terá validade de dois anos, contados a partir da data da publicação da homologação no Diário Oficial do Estado, prorrogável por mais dois anos.

Compartilhar