Inep informa que aplicação do Enem seriado não será na mesma data do exame tradicional

Os estudantes terão a opção de utilizar a prova do Saeb em cada ano do ensino médio, ao invés de fazer o Enem tradicional.

Por PRASABER

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou mais detalhes sobre as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no formato seriado. Dentre as novas informações, está a de que as provas serão aplicadas a partir do ano que vem (2021) e em datas diferentes ao das provas no formato tradicional.

O órgão divulgou no mês de maio desse ano a novidade do Enem Seriado, que é basicamente o novo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que passou por reformulação devido a implementação do Novo Ensino Médio. Assim, os estudantes do ensino médio terão a opção de utilizar as três provas do Saeb para ingressar no ensino superior. Isso é o que será chamado de Enem seriado.

Finalizando o ensino médio, a pontuação obtida pelo estudante através das três provas poderá ser aproveitada para ingresso na universidade. Aqueles que iniciarem o Enem Seriado em 2021 poderão usar as notas para ingressar no ensino superior em 2024.

A partir de 2021, os estudantes do 1º ano do ensino médio deverão passar pelas provas desse novo Saeb. Elas já estarão adaptadas à reforma do ensino médio e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Em 2022, do 1º e 2º anos e, em 2023, de todas as séries. Nos dois primeiros anos serão aplicadas apenas provas de português e matemática. Já no 3º, os participantes deverão escolher por um dos itinerários formativos:

– Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
– Matemática e suas Tecnologias;
– Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
– Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Provas

As provas do Enem Seriado serão totalmente digitais e as questões objetivas serão apenas uma parte da avaliação. O objetivo do Inep é realizar o Novo Saeb ao final de cada ano e os resultados serem entregues para as instituições em fevereiro.

O intuito do Inep é que, com isso, docentes, diretores e gestores avaliem e melhorem as formas e planos de aula, os programas de ensino ainda no começo do período letivo.

Devido a essas alterações, a Matriz de Referência do Enem será substituída pela do Novo Ensino Médio. O Ministério da Educação (MEC) e o Inep pretendem realizar a elaboração da nova matriz junto com outras entidades educacionais, como o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

A expectativa é de que o Enem tradicional mantenha o seu formato por mais quatro anos. Em 2025, será feito um Novo Enem adaptado à reforma do ensino médio. E, assim, em 2026, o Enem será totalmente digital.

Mais informações podem ser obtidas neste link.

Compartilhar