MEC anuncia que Enade acontecerá em 2021

Mesmo sem data determinada, exame de desempenho universitário tem previsão de acontecer ainda neste ano.

MEC anuncia que Enade acontecerá em 2021MEC anuncia que Enade acontecerá em 2021

Por PRASABER

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) uma atualização sobre o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). O Ministério da Educação (MEC) decidiu que a avaliação, adiada em 2020, acontecerá ainda neste ano para estudantes do ensino superior do país.

Em decorrência da pandemia do Covid-19, o exame, que tinha previsão de acontecer no dia 06 de novembro de 2020, havia sido adiado. No entanto, para mensurar o rendimento dos universitários em relação aos conteúdos da grade curricular das instituições, o MEC decidiu que manterá a pesquisa, ainda sem data definida, para o segundo semestre de 2021.

No cronograma estão contemplados cursos de licenciatura, bacharelado e tecnólogos em 30 diferentes setores do conhecimento, contemplando, então, cerca de 470 mil estudantes em todo o Brasil. Dentre os cursos de graduação estão:

Bacharelado

Ciência da Computação; Ciências Biológicas; Ciências Sociais; Design; Educação Física; Filosofia; Geografia; História; Química; e Sistemas de Informação.

Licenciatura

Artes Visuais; Ciência da Computação; Ciências Biológicas; Ciências Sociais; Educação Física; Filosofia; Física; Geografia; História; Letras – Inglês; Letras – Português; Letras – Português e Espanhol; Letras – Português e Inglês; Matemática; Música; Pedagogia; e Química.

Tecnólogo

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação; e Tecnologia em Redes de Computadores.

O Enade é uma avaliação aplicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep) desde 2004 que visa avaliar as grades curriculares das universidades, o desempenho e desenvolvimento do estudante e a atualização a partir da realidade do país.

O exame é dedicado para universitários que ingressaram ou concluíram cursos de bacharelado e superiores de tecnologia vinculados às áreas de avaliação da edição.

A participação dos estudantes e universidades públicas e privadas é obrigatória em todo o Brasil.


Fonte: Globo.com

Compartilhar