UEL abre inscrições para cursinho pré-vestibular

Faculdade do Paraná começa a receber estudantes de baixa renda que querem se preparar para o processe seletivo universitário.

UEL abre inscrições para cursinho pré-vestibularUEL abre inscrições para cursinho pré-vestibular

Por PRASABER

Nesta semana, a Universidade Estadual de Londrina (UEL) começou a receber inscrições de vestibulandos para participarem do cursinho especial pré-vestibular, promovido pela própria instituição.

O projeto oferecerá cerca de 450 vagas totalmente gratuitas para que os estudantes pré-selecionados possam se preparar melhor para os vestibulares deste ano, já que em 2020 a grade escolar de aulas foi prejudicada em decorrência da Covid-19.

Os interessados poderão se inscrever até a próxima sexta-feira, dia 26 de fevereiro, e devem, obrigatoriamente, ter o registro do Número de Identificação Social (NIS). Após a inscrição e apresentação do documento, a Divisão de Serviço Social de Bem-Estar à Comunidade fará uma análise econômica para confirmar se o candidato está de acordo com as exigências do projeto.

As aulas começarão em meados do mês de março com turmas no período da tarde, das 14h às 18h, e noite, das 19h às 23h. Inicialmente, as aulas acontecerão de maneira remota, no entanto, no decorrer do ano, poderão passar a serem ministradas também presencialmente.

Para se inscrever, acesse o portal da UEL. Mais informações sobre vagas e como participar da seleção para o cursinho preparatório pré-vestibular, basta enviar um e-mail para [email protected] ou [email protected], ou ainda uma mensagem via Whatsapp para (43) 9 999- 4619.

Sobre a UEL

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) completou 48 anos de atividades em outubro de 2019, destacando-se nacionalmente em ensino, pesquisa e extensão e se solidificando no cenário internacional pelo impacto das pesquisas desenvolvidas.

A estrutura acadêmica se evidencia pelos 53 cursos presenciais de Graduação (bacharelados e licenciaturas) e 261 de Pós-Graduação (residências, especializações, mestrados e doutorados), distribuídos em nove Centros de Estudo, além de uma comunidade formada por 25 mil estudantes, professores e servidores técnico-administrativos.

Fundada em 1970 e reconhecida um ano depois, a UEL representa o esforço de lideranças do norte do Paraná que entenderam a necessidade de uma instituição de ensino superior, como alavanca de desenvolvimento regional. A Universidade incorporou as faculdades pioneiras de Direito, Filosofia e Odontologia, criadas na década de 50. Nestes quase 50 anos de ensino e pesquisa, a Universidade cumpriu a missão de desenvolver novas tecnologias, criar oportunidades e aprimorar recursos humanos. Não por acaso Londrina é considerada um polo agrícola, de saúde e referência na Tecnologia da Informação e Comunicação.

Em 2020, a Universidade foi apontada em cinco rankings internacionais. The Times Higher Education Latin America University Ranking considerou a UEL entre as 48 melhores da América Latina e na 5ª posição entre as Instituições estaduais de Ensino Superior do Brasil. O Times Higher Education colocou a UEL entre as três melhores do Paraná, permanecendo como a 1ª pública estadual do Paraná.

A Universidade ainda figura como a 4ª melhor estadual do país, pelo QS World University Rankings e a 10ª colocada entre as brasileiras. O The Times Higher Education & Emerging Economies Rank considerou a Universidade na 2ª posição entre as estaduais e a 5ª do Brasil. Por último, a UEL conquistou o 9° lugar no UI GreenMetric World University Ranking 2017 entre as universidades brasileiras, e ocupa a 354ª colocação em nível mundial.


Fonte: Globo.com

Compartilhar