Veja como funciona o Sisu na USP

Universidade de São Paulo utiliza o Enem para preencher mais de 2,8 mil vagas em 169 cursos superiores.

Veja como funciona o Sisu na USPVeja como funciona o Sisu na USP

Por PRASABER

A Universidade de São Paulo é uma das instituições que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar estudantes. Neste momento, a universidade está selecionando candidatos para mais de 2.800 vagas de cursos de graduação pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A USP participa somente do Sisu do primeiro semestre, edição que tem inscrições no fim de janeiro. O programa utiliza sempre o Enem do ano anterior, ou seja, o processo seletivo de 2020 utilizou as notas do Exame Nacional do Ensino Médio de 2019.

Vagas e cotas

A oferta da USP para o Sisu é de 2.830 vagas a cada ano. As oportunidades contemplam 169 dos 215 cursos da universidade. As graduações estão presentes em São Paulo, Bauru, São Carlos, Lorena, Piracicaba, Pirassununga e Ribeirão Preto.

Das 2.830 vagas do Sistema de Seleção Unificada, a USP destina 2.160 para as ações afirmativas (cotas próprias da universidade). Os cotistas se dividem em Ação Afirmativa Escola Pública (EP) e Ação Afirmativa Preto, Pardo e Indígena (PPI).

É possível ver o detalhamento das vagas, cotas e locais de oferta no Termo de Adesão ao SiSU, documento que é publicado no site da Pró-Reitoria de Graduação da USP a cada edição da seleção. Outras oito mil vagas da USP são oferecidas pelo Vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest).

Cursos que não estão no Sisu

Os cursos de Artes Visuais, Artes Cênicas e Música não participam do programa. As graduações têm ingresso pelo vestibular da Fuvest e exigem a aplicação de provas de habilidades específicas.

Notas e pesos

A USP exige notas mínimas para cada área do conhecimento do Enem, valor que muda de acordo com o curso. Além disso, cada prova tem uma importância conforme a graduação escolhida pelo candidato, o que é chamado de peso.

Veja o exemplo de Medicina, em São Paulo/SP:

– Nota mínima para Medicina: 500 pontos em cada prova/área do Enem

– Pesos para Medicina
•    Redação: 2
•    Linguagens e Códigos: 2
•    Ciências Humanas: 2
•    Ciências da Natureza: 4
•    Matemática: 3

O estudante que tirar 500 pontos em cada uma das áreas poderá se inscrever para Medicina no Sisu/USP. As provas serão multiplicadas pelos pesos das respectivas disciplinas, veja:

  • Redação: 2×500 = 1.000 pontos
    •    Linguagens e Códigos: 2×500 = 1.000
    •    Ciências Humanas: 2×500 = 1.000
    •    Ciências da Natureza: 4×500 = 2.000
    •    Matemática:3×500 = 1.500

Entenda o Sisu

Os interessados em concorrer às vagas da USP no Sisu terão que fazer a inscrição na edição do primeiro semestre, logo depois do resultado do Enem. O cadastro é feito pelo site sisu.mec.gov.br, sendo necessário informar o número de inscrição do Enem, CPF e senha de acesso da Página do Participante.

Os candidatos podem escolher até duas opções de curso, que pode ser alterada até o fim do prazo de inscrição.

O resultado do Sisu é divulgado cerca de três dias depois do prazo de inscrição e os candidatos têm um prazo para que possam fazer a matrícula na USP. Os concorrentes que não forem chamados podem participar da lista de espera – essa inscrição é feita no próprio site da seleção.

A lista de espera é repassada para USP, que fica responsável por divulgar quantas chamadas forem necessárias até o preenchimento das vagas.


Compartilhar