Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
O que fazer na véspera do vestibular de meio de ano? O que fazer na véspera do vestibular de meio de ano?

O que fazer na véspera do vestibular de meio de ano?

Quem deseja ingressar em um curso superior concorrido e não consegue fazer isso de primeira geralmente se prepara ao longo de um ano inteiro antes de tentar outra vez. Mas nem sempre é necessário!

Uma opção para adiantar a entrada na universidade em um semestre é prestar o vestibular de meio de ano (ou vestibular de inverno) que algumas universidades oferecem. Para garantir a aprovação, basta saber como se preparar na véspera da prova. Confira as dicas que nós reunimos para quem precisa manter a calma e quer garantir o melhor desempenho!

Quem pode fazer o vestibular de inverno?

Qualquer pessoa pode fazer o vestibular de inverno que ocorre no meio do ano, desde que cumpra os requisitos mínimos de participação estipulados no edital do processo seletivo. Esses requisitos variam de acordo com a universidade e normalmente envolvem o pagamento de uma taxa de inscrição.

Muitas faculdades oferecem isenção de taxa de inscrição para pessoas de baixa renda. Verifique o edital do processo seletivo do seu interesse para saber se você se encaixa nos critérios de isenção.

Vestibular de inverno em universidades públicas

Cada vez mais universidades públicas estão aderindo ao Sistema de Seleção Unificada, o Sisu. Esse processo seletivo é uma iniciativa do Governo Federal que utiliza exclusivamente as notas do Enem para classificar candidatos a uma vaga em universidades públicas de todo o Brasil. O Sisu acontece duas vezes por ano:

  • No início do ano as inscrições abrem em janeiro para selecionar estudantes que entrarão no primeiro semestre letivo;
  • No meio do ano as inscrições abrem normalmente em junho e os classificados começam a estudar no segundo semestre letivo.

As inscrições para o Sisu são gratuitas. Nas universidades que ainda aplicam o vestibular tradicional no meio do ano, as inscrições abrem entre abril e maio. As provas costumam acontecer entre maio e junho e o resultado sai, no máximo, no mês de julho.

Vestibular de inverno em universidades particulares

Nas faculdades privadas, os alunos interessados em iniciar suas atividades no segundo semestre têm quatro opções de processos seletivos no meio do ano: vestibular tradicional, vestibular agendado, Prouni e nota do Enem. É muito comum que as universidades privadas utilizem uma combinação de vários destes processos seletivos:

  • Vestibular tradicional: acontece entre os meses de maio e junho, para início das aulas em agosto do mesmo ano. Nesse processo, todos os candidatos devem fazer a prova em uma mesma data e o resultado sai poucos dias depois;
  • Vestibular agendado: tem provas mais simples do que o tradicional e, como o próprio nome indica, é o candidato que decide qual dia e horário prefere fazer a prova. A faculdade divulga datas e horários para o exame e quem quiser fazer a prova só precisa agendar pela Internet ou na secretaria da universidade.
  • Programa Universidade para Todos (Prouni): utiliza a nota do Enem para classificar candidatos a bolsas de estudos integrais e parciais em faculdades privadas. Para participar, é obrigatório ter feito o Enem no ano anterior, com desempenho de pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação. As inscrições para o Prouni no meio do ano normalmente abrem em junho. O sistema é totalmente informatizado e os candidatos selecionados precisam comparecer à faculdade para comprovar documentação e fazer a matrícula;
  • Nota do Enem: Outra opção para quem quer começar a faculdade particular no segundo semestre é apresentar o desempenho no Enem. São muitas as instituições que aceitam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio como forma de ingresso, sem a necessidade de fazer provas.

Dicas para o vestibular de meio de ano

Deixe os livros de lado

Faltando tão pouco tempo para a prova, dificilmente você aprenderá alguma coisa nova. Portanto, evite a tentação de dar aquela última olhadinha nos livros ou mesmo de fazer uma super revisão final. Se o fato de não fazer nada relacionado ao vestibular de meio do ano se transformar em motivo de ansiedade, procure acompanhar os noticiários ou assistir a algum filme cuja temática possa ser abordada na prova.

Faça atividades prazerosas

Encarar a verdadeira maratona que é um vestibular exige cabeça fresca para não ceder à ansiedade e comprometer a memória. Por isso, aproveite a véspera da prova para fazer atividades prazerosas. Praticar uma atividade física leve é uma boa pedida. Você pode sair para andar de bicicleta com os seus amigos ou caminhar com o seu bichinho de estimação, por exemplo. Basta escolher um lugar bem bonito da sua cidade!

Alimente-se bem antes do vestibular

Essa é uma dica que você deve levar para a vida! Para manter a saúde em dia e garantir a sensação de bem-estar no dia do vestibular, procure fazer refeições ricas em fibras, proteínas e carboidratos. Também não se esqueça de beber muita água. Evite alimentos com os quais não está acostumado para não correr o risco de passar mal na véspera do vestibular de meio de ano. Se você ainda não conhece a culinária japonesa, essa não é a hora de experimentar, combinado?

Separe os materiais necessários

Que tal dar uma olhada no edital da prova e confirmar o que é permitido levar? Essa atitude extremamente simples também pode fazer com que você se sinta menos ansioso por ter relação com o vestibular. Separe os documentos e materiais que serão necessários em um lugar visível. Também aproveite para decidir o que pretende levar como lanche. Por fim, não esqueça de escolher uma bolsa e guardar tudo isso nela.

Conheça o trajeto até o local da prova

Como já comentamos, investir em atividades prazerosas é essencial às vésperas do vestibular de meio de ano. E quem curte passear de carro pode aproveitar para conhecer melhor o local onde a prova será aplicada! Também é possível estudar o trajeto por meio de sites como o Google Maps ou de aplicativos como o Waze. Procure pelo caminho mais rápido e descubra com quanta antecedência você deve sair de casa para não se atrasar.

Pense no que pretende vestir

Nada de abrir o seu armário e pegar a primeira roupa que aparecer pela frente! Para se vestir de acordo com o momento, analise o que diz a previsão do tempo. No inverno, é preciso levar pelo menos um casaquinho, certo? No mais, busque priorizar o seu conforto. Deixe de lado tudo que faz com que você se sinta incomodado, como peças justas, curtas ou pesadas. Também vale a pena evitar acessórios, como bonés, óculos escuros e relógios.

Procure descansar

A véspera do vestibular de meio de ano não é um bom momento para ir para a balada com os amigos. Deixe esse tipo de programa para quando terminar as provas ou conquistar a sua aprovação!
À noite, experimente algumas técnicas para dormir mais cedo e ter um bom descanso. Deixe os eletrônicos de lado, use apenas o abajur como fonte de iluminação e prepare um chá com efeito relaxante.

Mitos e verdades sobre o vestibular de meio

O vestibular de meio de ano é menos concorrido

Verdade. Como nem todas as universidades são adeptas do vestibular de meio de ano e ele ainda é pouco divulgado, pouca gente fica sabendo dessa grande oportunidade em tempo hábil para fazer a inscrição.

Além disso, muitos estudantes não sentem confiança para fazer uma nova prova sem se preparar por pelo menos um ano. Portanto, essa é uma boa chance para quem não passou no último vestibular por pouco e acha que está pronto!

Vestibulares do meio de ano são mais fáceis

Mito. O vestibular de meio de ano parece mais fácil justamente por conta da baixa concorrência. No entanto, o nível de dificuldade é o mesmo dos processos seletivos tradicionais e o tempo curto para os estudos inspira alguns cuidados.

Para ganhar tempo, o candidato deve estudar todos os dias ao longo do primeiro semestre, inclusive aos sábados e domingos. Também vale focar nos temas mais importantes de cada disciplina e se informar sobre atualidades.

Pode ser uma boa oportunidade para treinar

Verdade. Como forma de preparação, muitos alunos fazem simulados para testar seus conhecimentos e sua gestão de tempo. Porém, só o vestibular da universidade para a qual você deseja passar pode dar resultados realistas!

Essa experiência também pode ser de grande ajuda para quem é aplicado nos estudos e acaba ficando nervoso na hora das provas. Quem sabe você não aprende a se controlar um pouco melhor?

É uma alternativa para quem não passou no curso que queria

Mito. Ainda que o vestibular de meio de ano seja uma excelente oportunidade para muitas pessoas, não deve ser encarado como um atalho para o ensino superior por quem ainda não conquistou a aprovação no curso desejado.

Todo candidato do curso de Medicina, por exemplo, conhece alguém que passou no vestibular para outro curso da área da saúde, frequentou as aulas por um tempo e acabou largando para perseguir seu sonho. Mas isso se aplica a todos os campos, hein?

Oferece menos cursos

Verdade. Como os diferentes cursos que compõem uma universidade funcionam de maneiras particulares e contam com quantidades específicas de vagas, nem todos são ofertados no vestibular de meio de ano.

Inclusive, é por isso que muitas pessoas se inscrevem (e às vezes passam) para cursos nos quais não têm a intenção de se formar. Se esse for o seu caso, abra mão da vaga ou aposte na modalidade de treinamento.

Para não perder o período de inscrições para o vestibular de inverno da universidade na qual você pretende ingressar, fique de olho na página de notícias do site oficial da instituição!

Texto escrito por: PRAVALER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter