O que podemos aprender com a febre de Pokémon GO?

Por useradmin

O que podemos aprender com a febre de Pokémon GO?

Recém-chegado ao Brasil, o aplicativo Pokémon GO tornou-se um verdadeiro fenômeno e quase uma unanimidade entre os jovens. O fascínio exercido por esse jogo fica por conta de sua tecnologia avançada, que sugere uma interação do mundo real com o virtual, oferecendo ao jogador uma experiência mais real. Trata-se da realidade aumentada, tecnologia que a cada ano tem sido mais pesquisada e desenvolvida por gigantes da comunicação, como Microsoft e Google.
Essa tecnologia é essência de Pokémon GO, pois é graças a ela que os “monstrinhos de bolso” aparecem na tela do seu smartphone como se fossem reais. Assim, os jogadores serão induzidos a sairem de casa para capturá-los, já que estão em locais do mundo real. Mas o que isso tem a ver com você? Que lições você pode tirar disso? Leia e descubra!
Como foi criado Pokémon GO?
O aplicativo Pokémon GO foi inspirado no famoso desenho japonês da década de 1990, chamado Pokémon, criado pela companhia de jogos Nintendo, alcançando grande sucesso na época e tornando personagens, como o monstrinho Pikachu, famosos em todo o mundo. Já o aplicativo Pokémon Go foi desenvolvido pelo estúdio Niantic em parceria com a Nintendo.
O grande diferencial do aplicativo Pokémon GO em relação aos outros é a forma como pode ser jogado. Utilizando-se da já citada tecnologia de realidade virtual integrada ao sistema de (GPS), os pokémon são espalhados por toda a cidade. Desse modo, a função do jogador é capturar o maior número de monstrinhos. O aplicativo mistura imagens capturadas em tempo real através da câmera do celular com as imagens das criaturinhas virtuais.
Assim, começa a diversão! É hora de sair pelas ruas para capturar os monstrinhos de bolso e colecionar o maior número de pokémon que você conseguir. Na verdade, essa é a razão do nome do jogo (graças ao verbo go = “ir”): para jogar é essencial sair de casa e, se preciso, fazer longas caminhadas pela cidade para encontrar as criaturas. Quando se encontrar com alguma delas ou estiver próximo, o usuário é avisado com um ruído característico do pokémon encontrado.
Muitas criaturinhas do Pokémon GO são raras e bastante difíceis de ser encontradas, dando certo grau de dificuldade para o jogo. O aplicativo indica esse grau de dificuldade da seguinte forma: basta observar o círculo ao redor deles. Esse círculos poderão ser de cor verde (tarefa de grau fácil), laranja (tarefa de grau não tão fácil) e vermelha (tarefa de grau difícil, ou seja, esse pokémon é extremamente difícil de ser capturado).
O principal motivo do grande sucesso de Pokémon GO está na novidade que o aplicativo oferece. Toda a diversão em “caçar pokémon” está em explorar um mundo novo. Você pode ser surpreendido por pokémon em qualquer lugar – seja em um parque, ponto de ônibus, escola ou andando na rua (sempre com atenção, claro!).
A grande lição de Pokémon GO
Uma grande lição que podemos tirar de todo esse sucesso é relacionada ao sentimento de pertencimento. Essa sensação nos faz compreender que participarmos de alguma coisa maior do que nós mesmos. Isso nos dá força para estar perto de pessoas com os mesmos pensamentos ou que lutam por algo comum.
Foi essa identificação que fez nossos antepassados se reunissem em diferentes tipos de comunidades. Hoje, não há cidade formada por imigrantes que não tenha sido iniciada com uma espécie de “clube”. Jovens e adultos de diversos países, como Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia, já fazem parte da comunidade mundial do Pokémon GO.
Viver por um propósito, lutar por uma causa ou pertencer a um grupo relevante na sociedade é algo que você, estudante, deve procurar. Mais do que perseguir monstrinhos no mundo virtual, siga em frente com a vida. Jamais desista dos seus objetivos e capture as oportunidades que surgirem. Até a próxima!
Importante: é preciso ter cautela ao jogar Pokémon GO. Muitos acidentes têm sido vinculados ao aplicativo; por isso, é necessário cuidado ao sair em busca dos bichinhos.

Compartilhar
Categoria: Pra Saber

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.