PDI – o que é e como funciona um plano de desenvolvimento individual PDI – o que é e como funciona um plano de desenvolvimento individual

PDI – o que é e como funciona um plano de desenvolvimento individual

Entender o que é um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), não é o suficiente para conseguir desenvolver tanto profissionalmente, como no ramo educacional também. Se você tem interesse em traçar metas e objetivos para o futuro, confira nosso artigo para descobrir como você pode aprimorar seu desenvolvimento.

O que é PDI?

O Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), é muito usado para aprimorar competências profissionais de forma planejada, mas também pode ser usada para questões pessoais. Fazer um planejamento de PDI é como planejar uma viagem ou comprar um carro novo, precisamos colocar metas e prazos para o nosso desenvolvimento individual, de forma que no final consiga atingir o objetivo.

O PDI pode fazer parte de um plano mais voltado para gestão de pessoas também, integrando processos de avaliação de desempenho, por exemplo. Resumindo, dentro das empresas ele é um planejamento importante de desenvolvimento da carreira dos colaboradores e com finalidade de alinhar as expectativas do profissional e da empresa, e claro, descobrir novos líderes.

Então, os PDIs devem ser desenvolvidos de pessoa para pessoa, sempre respeitando suas necessidades de aprimoramento e seus objetivos no meio do que a pessoa está inserida atualmente.

Vídeo

Tá na correria e não consegue ler todo nosso artigo agora? Salva a gente nos seus favoritos e confere o vídeo abaixo para entender o que é um Plano de Desenvolvimento Individual:


Qual o objetivo de um PDI?

Podemos entender que o PDI é fundamental para a importância e benefícios que pode trazer para os colaboradores e para os resultados da empresa. Ele acaba sendo uma boa prática que ajudará o RH e os gestores da organização a atuarem de forma mais estratégica, além de ser muito positivo para outros aspectos no mercado de trabalho ou na vida pessoal.

Continue lendo nosso artigo para saber como funciona, sua importância e seus estágios na hora de desenvolver um PDI.

Como funciona um Plano de Desenvolvimento Individual?

O Plano de Desenvolvimento pode ser elaborado de forma individual ou em conjunto no setor organizacional.

Dentro de uma empresa, o PDI pode funcionar para alinhar as demandas específicas da empresa com a possibilidade de evolução profissional do colaborador dentro da companhia. Sendo assim, uma área de Recursos Humanos ou gestor direto deve conhecer as necessidades da organização e o perfil dos colaboradores.

Imagine um exemplo, a empresa está com a oportunidade de vaga para coordenador de uma área e para um colaborador ser promovido para o cargo, é necessário que ele atenda todos os requisitos da vaga. A partir desse momento, ele elabora um PDI em conjunto com a empresa e fica ciente das capacidades técnicas para a função e qual as competências ele precisa evoluir para atingir a promoção de coordenador.

Sendo assim, a empresa poderá acompanhar o desenvolvimento profissional do colaborador e conseguir estudar a possível promoção de cargo do mesmo. Resumindo, o PDI dentro do ambiente corporativo nada mais é do que um roteiro para a realização de metas profissionais para a carreira.

A importância e os desafios do PDI

PDI na carreira

O PDI é um compromisso com o desenvolvimento profissional. Sendo um plano que organiza, ou sistematiza, diversas ações para que o profissional conquiste um determinado objetivo, sendo assim, ele precisa desenvolver características e skills que podem ser tanto pessoais, quanto profissional.

Quando o profissional consegue fazer um PDI estruturado e eficiente, tem como resultado a assertividade dos seus planos, sendo eles estratégicos e na assertividade nas atividades, nos projetos da empresa.

PDI na educação

Para começar, seja qualquer instituição de ensino, pública ou particular, deve estar preparada para receber alunos com Necessidades Educacionais Especiais (NEE), não importando se estas necessidades são temporárias ou permanentes.

Neste caso, as escolas em posse do laudo-diagnóstico do aluno deverão elaborar um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) focado na educação e que atenda as especificidades educacionais do aluno com Dislexia; TDAH; Síndrome de Rubinstein; Cegueira; Deficiência Física; Transtorno de Pânico; Síndrome de Down, etc., tendo como referência o projeto pedagógico da escola, e as práticas inclusivas legalmente previstas para nosso sistema escolar. A elaboração desse PDI irá possibilitar que o aluno com NEE entenda o conteúdo programático de acordo com a sua condição ou no seu tempo.

Estágios do PDI

Confira abaixo cada estágio do Plano de Desenvolvimento Individual e seus objetivos:

Alinhamento

O alinhamento nada mais é do que uma análise do estado atual do colaborador e o estado desejado dentro da empresa. Tanto a empresa, como o colaborador devem estar em sintonia no alinhamento do PDI para que os resultados sejam satisfatórios para ambas partes.

Mapeamento

Nesse estágio deve ser mapeado as competências técnicas e comportamentais, pontos fortes e de melhoria, aspectos pessoais, performance e desempenho, conhecimentos, formações, experiências, resultados e um relatório detalhado do colaborador da empresa.

Definição de estratégias

Após fazer o alinhamento e mapeamento, é hora de definir as estratégias para realização do PDI. Nesta parte, as estratégias podem ser feitas em etapas, sendo na rotina do colaborador, através de suas tarefas do dia a dia e nas quais ele vai contribuir para seu processo evolutivo.

Acompanhamento

O acompanhamento é a parte fundamental do PDI, além do seu autofeedback, é ideal que durante o PDI, o colaborador tenha um mentor ou coach para ajudar manter o foco e saber aonde está acertando e errando, assim ele terá uma visão de fora do seu processo de PDI.

Qual a diferença entre PDI e PEI?

Enquanto o PDI é um planejamento para aprimorar competências profissionais e pessoais de forma planejada, o Plano Educacional Individualizado (PEI) é uma ferramenta para otimizar o processo do ensino-aprendizagem de alunos com deficiência, sendo um recurso pedagógico com foco na individualidade do aluno. Lembrando que é importante destacar que essas ferramentas são construídas de forma colaborativa juntamente com a professora da sala regular, sala de recursos, a coordenadora pedagógica, os pais e os profissionais que acompanham a criança, caso a escola e a família acharem necessário.

Como fazer um PDI?

Plano de Desenvolvimento Individual – Profissional

Agora que você já sabe do que se trata um Plano de Desenvolvimento Individual e qual o momento certo para colocar em prática na carreira, confira como fazer um PDI em 6 passos:

Analise o cenário atual

Antes de tudo, o primeiro passo é analisar o cenário em que o colaborador está, precisa entender qual o nível de desempenho e qual seu objetivo profissional. Depois disso podemos planejar ações que podem auxiliar no PDI.

Geralmente o RH possui um software na gestão das avaliações de desempenho que podem ajudar a entender.

Defina os objetivos

Definir os objetivos e metas é um dos passos fundamentais para o PDI funcionar. Afinal, precisamos saber qual caminho seguir e do que será necessário para chegar ao ponto final. Será necessário conversar com o profissional e entender as expectativas em relação a sua carreira e empresa, além de alinhar com as necessidades do que a empresa precisa que o colaborador desenvolva.

É preciso traçar metas gerais e possuir um foco principal, depois desse passo dividir em metas menores. Sendo que esses pequenos objetivos irão ajudar o colaborador alcançar a sua meta principal. De forma geral, isso será um ponto positivo pois quando o gestor percebe sua evolução das pequenas metas, terá consciência de que o colaborador está evoluindo em conjunto com seu PDI desenvolvido.

Defina as estratégias

Definir as estratégias para realizar as ações é importante para o cumprimento do PDI, isso vai ajudar o colaborador ter um norte de qual caminho seguir para atingir a meta de desenvolvimento.

No momento de desenvolver o Plano de Desenvolvimento Individual (PDI), é muito necessário que a gestão e o colaborador determinem o tempo que acontecerá os treinamentos e quais serão as práticas adotadas para chegar ao objetivo final do seu PDI.

Planeje todas as ações

Depois de definir as metas, é preciso planejar as ações que serão feitas para atingir o objetivo e com isso desenvolver o profissional. As ações podem depender da competência do que o colaborador precisa desenvolver, mas geralmente são treinamentos e estudos. Por isso, livros, apostilas e artigos são colocados na lista para desenvolvimento.

Lembrando que é muito importante colocar a competência em prática no dia a dia do profissional, assim ele irá praticar mais seu desenvolvimento e com isso atingir suas metas.

Prazos e gastos

Planejar e escolher quais serão os gastos e prazos para o PDI é extremamente importante para que o gestor consiga se organizar, tanto em questão de tempo, quanto de orçamento. Isso será uma forma de saber quanto tempo levará para que o objetivo determinado no PDI seja alcançado no desenvolvimento.

Avalie as forças e fraquezas

Para ter sucesso no PDI é importante conhecer o que está dando certo e quais os aprendizados durante o desenvolvimento. É importante fazer uma avaliação das forças e fraquezas de cada um dos colaboradores que estão com seu PDI traçado. 

Lembrando que os pontos fortes incluem habilidades técnicas, cognitivas e interpessoais. Os pontos fracos são aqueles que podem prejudicar a produtividade do coletivo, por exemplo, o baixo rendimento. 

Plano de Desenvolvimento Individual – Aluno

Para começar, a própria instituição de ensino deve desenvolver um PDI para alunos com necessidades educacionais especiais. Sendo que o PDI do aluno é individual, e deve prever as várias formas de avaliação, apoio e observação disponibilizadas diante da especificidade do aluno. Pois na avaliação do processo de aprendizagem de um aluno, o educador deverá levar em conta os aspectos cognitivos, motores, psicomotores, interpessoais/afetivos, comunicacionais, que condicionam e/ou potencializam a apropriação do conhecimento.

Desta forma, podemos afirmar que o PDI é um instrumento para a escola e a família acompanhar a trajetória e evolução do aluno.

Exemplos de PDI preenchido para download

É hora de colocar a mão na massa, colocamos abaixo o download dos Plano de Desenvolvimento (PDI) profissional e do aluno. Uma dica é baixar ele e se reunir com o seu gestor ou instituição de ensino para entender melhor como evoluir profissionalmente utilizado o PDI.

PDI – Profissional

Modelo de PDI Profissional

Download do PDI
Profissional

PDI – Aluno

Modelo de PDI Aluno

Download do PDI
Aluno

Categoria: PRASABERDiversos

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.