Pós-graduação em Engenharia – tudo que você precisa saber Pós-graduação em Engenharia – tudo que você precisa saber

Pós-graduação em Engenharia – tudo que você precisa saber

Fazer um plano de carreira é fundamental para todas as áreas do mercado de trabalho, mas, quando falamos do setor de engenharia, essa etapa é ainda mais importante para o sucesso profissional. Isso porque a área é uma das mais concorridas e exigentes do país.

Com tantos profissionais formados em engenharia e com a alta exigência técnica do segmento, não se pode esperar que um diploma de graduação seja suficiente para alavancar a sua carreira. E é nesse momento que os cursos de pós-graduação se fazem necessários. Com especializações dedicadas em aperfeiçoar métodos e técnicas da engenharia, o profissional pode conquistar cargos mais altos e até mesmo garantir mais credibilidade nos seus projetos.

Neste artigo, vamos te explicar tudo sobre como funciona e quais são os principais cursos de pós-graduação em engenharia. Continue por aqui!

Como funciona a pós-graduação em engenharia?

A pós-graduação em engenharia é dedicada para quem já está no mercado de trabalho, mas ainda não tem vivência prática e conhecimento técnico aprofundado, como em rotinas de projetos e domínio de softwares, por exemplo. Ou também para engenheiros que decidiram mudar seu nicho de atuação nesse mercado e querem absorver novos conhecimentos para iniciar a transição da sua área de atuação.

Dentro da engenharia, existem centenas de atividades para serem desenvolvidas. E se você ainda não sabe quais são ou está em dúvida sobre qual escolher, a gente te ajuda listando todas as possibilidades de atuação na área de engenharia:

Áreas de pós-graduação em engenharia

            Engenharia Civil – Especialização em Segurança do Trabalho

O curso de especialização em segurança do trabalho é voltado para profissionais que querem se aperfeiçoar em áreas técnicas com conhecimento prático sobre atividades que o mercado de trabalho exige, como segurança, higiene e qualidade de vida. A área visa, principalmente, incentivar o bem-estar e a prevenção da saúde dos funcionários dentro de uma empresa, em suas atividades ocupacionais.

            Engenharia Civil – Gestão de Projetos na Construção Civil

A especialização em gestão de projetos é focada na qualificação de líderes para canteiro de obra. Além de ficar apto para gerir equipes, o profissional também estuda as principais tendências do mercado, visando à utilização racional e sustentável de recursos humanos e materiais.

            Engenharia Civil – Estruturas de Concreto Armado

Como o próprio nome já nos diz, a especialização em estruturas de concreto armado traz aos profissionais os métodos mais modernos do mercado para conceber e modelar estruturas concretadas. Além disso, o curso também apresenta as atualizações das normas técnicas da ABNT e contribui para projetos estruturais em andamento, criados pelos estudantes.

            Engenharia Civil – Engenharia de Custos

A engenharia de custos é o nicho que trata minuciosamente de todas as questões orçamentárias de um projeto de construção civil. A área faz o gerenciamento e provisiona todos os custos de uma obra ou serviço, elaborando um orçamento dedicado para cada projeto. 

            Engenharia Civil – BIM

Nesse curso, o engenheiro se aprofunda na metodologia BIM, que integra as áreas de arquitetura e engenharia para a execução de um projeto de construção. O profissional estuda para analisar processos, acompanhar custos e cronograma, além de fazer gestão e operação de uma obra.

            Engenharia Civil – Arquitetura Sustentável

O principal objetivo do curso é fazer com que o profissional una engenharia e arquitetura para a criação de projetos com soluções sustentáveis, com baixo impacto ambiental, visando otimizar desempenho e inovação, além de reduzir os impactos ao meio ambiente.

            Engenharia de Controle e Automação

Os profissionais que optarem por essa área de estudo irá se aperfeiçoar em técnicas para a aplicação em automação industrial, como a criação de equipamentos, sistemas e outros instrumentos automatizados para processos produtivos.

            Engenharia Ferroviária

A especialização promove o aprimoramento técnico e específico no setor ferroviário, nutrindo profissionais para que desenvolvam soluções que dizem respeito à construção, à manutenção, ao controle e à logística do transporte ferroviário.

            Engenharia Mecânica

O curso de engenharia mecânica aborda atividades práticas e teóricas visando soluções inovadoras na criação e manutenção de equipamentos do setor produtivo e prestação de serviços. A área estuda sistemas hidráulicos, pneumáticos, usinagem e mecânica em geral, fazendo com que o engenheiro se torne apto a desenvolver projetos e pesquisas para o setor aeronáutico, automobilístico, de energia etc.

            Engenharia Elétrica

A área de engenharia elétrica é responsável pelo estudo da geração e distribuição de energia elétrica. No curso, o profissional aprende a projetar e operar instalações elétricas, visando à transmissão eficiente, e, além disso, desenvolve pesquisas para implantar fontes alternativas e sustentáveis de energia elétrica.

            Engenharia de Ambiental

Em alta no mercado da engenharia, o setor ambiental desenvolve técnicas e conceitos sustentáveis para criação, gestão e controle de questões ambientais, com o propósito de promover a prevenção do meio ambiente em processos industriais e corporativos.

            Engenharia de Energias Renováveis

A especialização em energia renovável incentiva o estudo estratégico para a implantação de mecanismos e ferramentas que sejam fontes de energias limpas, para serem utilizados em polos com grande uso de energia, como usinas, indústrias etc.

            Engenharia Química

O curso visa desenvolver e aprimorar conhecimentos técnico-científicos dos profissionais de engenharia em relação a processos químicos e biotecnológicos. O engenheiro químico é capacitado para buscar soluções químicas que estimulem a inovação e resolvam impasses nacionais e regionais no mercado industrial. Além disso, essa especialização também ressalta as atualizações de normas de segurança e as legislações em relação ao processo químico e de produção.

            Engenharia de Florestal

A engenharia florestal é voltada para profissionais que querem dedicar suas carreiras na preservação do meio ambiente. O curso, ainda com poucos polos de estudo no país, aborda questões técnicas para a criação e gestão de tecnologias para produtos florestais e ecológicos que contribuam com o avanço da indústria sem prejudicar o meio ambiente.

            Engenharia de Biomédica

Essa categoria da engenharia integra biologia, medicina e engenharia, com o propósito de capacitar profissionais, com metodologias e técnicas, para o desenvolvimento de sistemas e dispositivos que agreguem ao tratamento e à reabilitação em serviços de saúde.

            Engenharia da Climatização

No nicho de climatização, o engenheiro poderá aperfeiçoar e potencializar suas habilidades para a manutenção e conservação de equipamentos e sistemas de climatização ou refrigeração. Além de aprimoramento técnico, o profissional que optar pelo curso desenvolverá seu lado analítico para o desenvolvimento de projetos, como a melhoria de sistemas elétricos, por exemplo.

            Engenharia de Geotécnica

O profissional que decidir se especializar em geotécnica irá desenvolver habilidades para integrar geologia e engenharia, visando criar e coordenar projetos inovadores que envolvam a remodelação de solos e rochas.

Pós-graduação presencial ou a distância?

Muitas pessoas ficam em dúvida na hora de escolher entre uma pós presencial e a modalidade EAD. Para te ajudar, confira nosso conteúdo de curso EAD ou presencial e, além disso, listamos algumas vantagens e desvantagens de cada modalidade:

Presencial

A pós-graduação presencial segue os formatos tradicionais de ensino, nos quais as aulas acontecem dentro da universidade, com períodos e horários pré-definidos.

Vantagens

  • Rotina programada e horários fixos, que contribui para a organização, disciplina e melhor aproveitamento do curso;
  • Alunos que enfrentam dificuldades com alguma disciplina contam com o apoio dos colegas e professores para sanar dúvidas e assimilar melhor o conteúdo;
  • Redução de possíveis distrações, uma vez que não há a possibilidade de interromper a aula e voltar a assistir do mesmo ponto depois;
  • Contato com o ambiente acadêmico, proporcionando ao aluno todas as sensações da faculdade, como novas amizades, contato com os professores e até mesmo relacionamentos profissionais.

Desvantagens

  • Nem sempre a disponibilidade da instituição de ensino ou do curso desejado será a que o estudante procura;
  • Existe o risco de o curso ser cancelado ou por falta de alunos, ou por doença do professor;
  • Em casos de falta, nem sempre é possível repor a aula e aprender os conteúdos apresentados na ausência.

A distância

O EAD é uma modalidade que está crescendo no Brasil, uma vez que não possui a necessidade de deslocamentos diários e o estudante pode conciliar os estudos com atividades do dia a dia, como a rotina de trabalho, por exemplo.

Vantagens

  • Mais autonomia nos horários de estudo, o que facilita o ingresso de estudantes que já estão no mercado de trabalho e precisam de horários flexíveis;
  • O aluno de um curso a distância tem mais autonomia para estudar, ou seja, ele não precisa acompanhar toda a turma, mas, sim, criar o seu próprio ritmo de estudo;
  • Os custos são menores não só pelo valor da mensalidade, mas também pelas despesas do dia a dia que são evitadas, como transporte, material didático e alimentação fora de casa;
  • Oportunidade de vivenciar uma experiência inovadora e que garante um aprendizado dinâmico e interativo por meio das plataformas on-line de educação.

Desvantagens

  • Pouca ou nenhuma interação presencial com professores e alunos;
  • Nem todos os cursos oferecidos pela universidade estão disponíveis on-line;
  • Autodisciplina e responsabilidade redobradas por parte do aluno.

Não existe formato ideal de aprendizado! A escolha certa depende do perfil e das necessidades de cada estudante. Vale ressaltar que o diploma de um curso EAD é igual aos dos cursos presenciais e tem a mesma validade para o mercado de trabalho.         

Onde fazer a pós-graduação em engenharia?

                TOP 5 Universidade Pública

  • Universidade de São Paulo (USP);
  • Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

                TOP 5 Universidade Privada

  • Universidade Estácio de Sá (UNESA);
  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL);
  • Centro Universitário do Distrito Federal (UDF);
  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR);
  • Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS).

Quais os benefícios de fazer uma pós-graduação?

Não é à toa quando dizem que quanto mais conhecimento de mercado, mais valorizado é o seu currículo. A pós-graduação na engenharia, assim como em outros setores, traz muitos benefícios para a carreira, como a evolução intelectual e, consequentemente, o avanço de cargo.

Mas, além disso, ser pós-graduado em uma área da engenharia pode trazer conhecimentos técnicos que fazem total diferença na elaboração de um projeto, o que pode fazer com que o profissional desempenhe com muito mais eficiência a sua função.

Quer saber mais sobre os benefícios de uma pós? Então acesse nosso guia completo para fazer pós-graduação!

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.