Pronatec Mais Emprego – guia completo Pronatec Mais Emprego – guia completo

Pronatec Mais Emprego – guia completo

Quanto maior o conhecimento técnico em uma área, maior serão as chances de ingressar no mercado de trabalho. Essa é a linha de pensamento que o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) segue para incentivar a qualificação profissional por todo o país.

E para aumentar ainda mais as chances do profissional na busca por uma oportunidade de emprego, o Pronatec fechou uma parceria com portal Mais Emprego, uma plataforma do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) que oferece aos trabalhadores um banco de dados qualificado de vagas de emprego disponíveis no mercado.

Quer saber mais como funciona essa parceria entre Pronatec e Mais Emprego? A gente te conta nesse guia completo!

O que é Pronatec?

É um programa do Governo Federal destinado, principalmente, a estudantes do ensino fundamental ou de nível médio, mas que pode também se estender para pessoas que iniciaram seus estudos no ensino superior. O Pronatec oferece bolsas integrais ou parciais para cursos de educação profissional para estudantes ou trabalhadores que estão em situação de vulnerabilidade social.

O programa é uma maneira de levar cursos de qualificação para elevar a escolaridade dos profissionais, além de também ser um meio para aperfeiçoar técnicas e, consequentemente, conquistar com mais facilidade uma vaga no mercado de trabalho. Em um outro artigo, contamos tudo sobre o que é e como funciona o Pronatec.

Cursos mais procurados no Pronatec

Os cursos oferecidos no Pronatec são distribuídos a partir de três critérios diferentes, que são:

  • Estudantes que estão cursando o ensino médio;
  • Concluintes do ensino médio que buscam especialização;
  • Formação Inicial e Continuada (FIC) para trabalhadores e beneficiários de programas de complemento de renda do governo que buscam qualificação profissional.

Feita essa segmentação, alguns cursos que mais empregam e são mais buscados pelos candidatos ao Pronatec. Dentre eles estão:

  • Auxiliar administrativo;
  • Técnico de informática;
  • Almoxarifado;
  • Guia de turismo;
  • Técnico em agronegócio;
  • Segurança no trabalho;
  • Programação;
  • Línguas estrangeiras

As instituições parceiras ao Pronatec que oferecem cursos profissionalizantes podem ser privadas e também a do sistema S de ensino (SENAI, SENAC, SENAR, SENAT).

O que é o Pronatec Mais Emprego?

O projeto é a união de dois programas do governo federal em prol da geração de novas oportunidades – para empregado e empregador – no mercado. O Pronatec uniu suas forças com o portal Mais Emprego para levar profissionais qualificados para as empresas com mais agilidade.

Como funciona

Com a integração de dados do portal Mais Emprego e Pronatec, o profissional que concluir um curso profissionalizante do programa – e preferencialmente for solicitante do seguro desemprego ou não estiver no mercado de trabalho – já será direcionado para uma vaga de emprego do site que estiver de acordo com o seu perfil profissional.

A parceria traz benefícios para todas as partes envolvidas. O Mais Emprego se beneficia da mão de obra qualificada do Pronatec e o programa do governo federal garante que seu aluno entrará no mercado de trabalho assim que concluir seu curso de especialização.  A ideia é que o site assuma o papel de intermediador entre trabalhador, Pronatec e empresa.

Quem pode participar

O Pronatec Mais Emprego é direcionado exclusivamente para trabalhadores e participantes do programa de aperfeiçoamento profissional que concluíram o curso gratuito, mas ainda não se posicionaram no mercado de trabalho.

Portal Mais Emprego

O Mais Emprego é uma plataforma criada pelo MTE para ser um sistema automatizado de busca de emprego para profissionais, em especial para quem estiver com o benefício de seguro desemprego ativo ou não estiver inserido no mercado de trabalho.

Além de contar com um banco de dados qualificado, o portal Mais Emprego possui um espaço dedicado em oferecer informações úteis para o trabalhador, como a explicação de outros programas e benefícios voltados ao profissional brasileiro.

Para ter acesso à consulta de vagas, as empresas contratantes e as regiões com oportunidades, o candidato precisa preencher um cadastro on-line com suas informações pessoais, acadêmicas e profissionais. Dessa forma, terá acesso a todos os recursos do portal e poderá filtrar a vaga que mais se encaixa com o seu perfil.

O curso técnico no mercado de trabalho

Com o passar dos anos, o mercado de trabalho ficou ainda mais exigente. As empresas buscam por mão de obra especializada e altamente qualificada, além de profissionais certificados. Por esse motivo, os cursos técnicos são uma ótima alternativa para conquistar um espaço no mercado de trabalho mais rapidamente, já que essa modalidade conta com formação acadêmica em um curto período que, em alguns casos, podem superar a formação em ensino superior.

Com menor duração e preços mais em conta (ou até mesmo gratuitos, como é o caso de cursos do Pronatec), os cursos técnicos beneficiam pessoas de todas as idades, desde os estudantes que estão no ensino básico até aos profissionais que querem aprimorar suas habilidades e conquistarem certificação para potencializar seu currículo.

Se você se interessou em começar um curso técnico, listamos os principais que contam com mais oportunidades de emprego e os com os salários mais altos do mercado. Confere só:

Cursos técnicos que mais empregam em 2020

  • Técnico em meio ambiente;
  • Técnico em rede de computadores;
  • Técnico em comércio exterior;
  • Técnico em mecânica;
  • Técnico em segurança do trabalho;
  • Técnico em construção civil;
  • Técnico em administração.

Cursos técnicos com melhores salários em 2020

  • Técnico em programação, jogos e redes de computadores: média de R$12 mil por mês;
  • Técnico em logística: média de R$9 mil por mês;
  • Técnico em recursos humanos: média de R$8 mil por mês;
  • Técnico em seguros: média de R$7 mil por mês;
  • Técnico em marketing: média de R$5 mil por mês;
  • Técnico em mecânica: média de R$4 mil por mês;
  • Técnico em enfermagem: média de R$3.5 mil por mês;
  • Técnico em estética: média de R$3 mil por mês.

Quer conquistar seu espaço no mercado de trabalho de maneira rápida e efetiva?

Então invista em um curso técnico! Além de aperfeiçoar os seus conhecimentos e garantir um certificado acadêmico, o mercado de trabalho recebe profissionais mais qualificados e prontos para colocar em prática todos os aprendizados absorvidos no curso.

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.