Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Psicologia Escolar: saiba o que é e como atuar na área! Psicologia Escolar: saiba o que é e como atuar na área!

Psicologia Escolar: saiba o que é e como atuar na área!

Os profissionais de Psicologia que se interessarem pela área de educação conseguem encontrar na Psicologia Escolar novos campos de especialização para a sua carreira. Essa área tem boas oportunidades de trabalho e é essencial para o desenvolvimento do sistema de ensino brasileiro.

Você tem curiosidade em saber mais sobre essa especialização e sobre as suas formas de atuação? Então, continue acompanhando o artigo que preparamos. Com essas informações, será possível descobrir os possíveis caminhos dessa carreira para você e muito mais. Venha com a gente e confira!

O que é Psicologia Escolar?

Antes de mais nada, é essencial saber que quem pode ser um psicólogo escolar são os profissionais previamente formados na graduação de Psicologia, em instituições públicas ou privadas, que tenham registro formal no Conselho Regional em Psicologia e a especialização voltada para a educação, o que iremos explicar adiante.

Para entender o que é Psicologia Escolar, se faz importante saber que essa carreira tem contato direto com os alunos, sendo os estudantes de diferentes idades e de variados níveis escolares, como educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, com os professores e demais membros do corpo docente, como os diretores, assim como os familiares do corpo discente.

Qual é o objetivo da Psicologia Escolar?

Se você não sabe ao certo qual é o objetivo da Psicologia Escolar, saiba que é contribuir com a formação dos estudantes e com a criação de um sistema escolar que seja saudável para todos os envolvidos. Afinal, como essa é a etapa fundamental para o crescimento dos alunos como pessoas, eles precisam ter um acompanhamento próprio para isso, podendo receber orientações individuais ou em grupo, de forma coletiva.

Além disso, o psicólogo escolar também atua junto com as atividades de avaliação dos alunos, assim como fazendo o acompanhamento do desenvolvimento e desempenho deles. Ou ainda colaboram na criação de processos de ensino-aprendizagem e no plano pedagógico escolar, e no funcionamento geral da instituição, de forma que o progresso do ensino seja feito de uma forma mais ampla e que traga resultados a longo prazo.

Entre as atividades e responsabilidades de o que o psicólogo pode fazer na escola está ainda a função de estar à frente em casos de necessidade de intervenção, como em situações em que precise resolver conflitos e demais problemas tanto com alunos que tenham certos problemas (na escola ou na sua casa) quanto com professores que precisem de orientação psicológica.

O escopo de responsabilidades específicas dos psicólogos escolares é definido de acordo com o grupo de profissionais em que irão trabalhar. Ou seja, dentro de uma mesma escola, o responsável dessa área da saúde encontra posições diferentes, podendo atuar em conjunto com os funcionários do setor administrativo da escola, com o corpo docente, com os estudantes e corpo discente ou até mesmo diretamente com as famílias dos alunos.

Importância do psicólogo dentro do ambiente educacional

Por ser um profissional responsável por demandas essenciais, há uma grande importância do psicólogo dentro do ambiente educacional. Afinal, eles são reconhecidos por colaborar em situações de dificuldades emocionais, desenvolver programas de apoio para diversas atividades escolares e que tenham como objetivo o crescimento socioemocional dos estudantes e acolher alunos que necessitem de acompanhamento.

Dessa forma, é inegável a relevância do profissional de Psicologia Escolar. Essa carreira tem um impacto social de grande valor e cada vez mais auxilia que as instituições de ensino básico recebam as orientações ideais de pessoas capacitadas para desenvolver indivíduos e ensinar os estudantes desde cedo a lidarem com os seus próprios sentimentos e com as suas emoções.

Além disso, o psicólogo pode estar presente na função de melhorar a relação dos estudantes com os seus professores e com os outros funcionários educacionais com quem têm convívio diário, fazendo com que o ambiente escolar, seja esse o de uma instituição pública ou privada, seja melhor e mais saudável para todos que estiverem presentes no cotidiano.

Com isso, ter um psicólogo escolar nas escolas pode ser um diferencial e uma vantagem para a comunidade em sua totalidade. Afinal, aqueles que tiverem esse acompanhamento, seja os funcionários da escola ou os alunos, poderão se tornar pessoas com uma maior inteligência emocional, mais resolvidas e independentes emocionalmente, o que irá contribuir com o futuro da sociedade e com as conexões interpessoais.

Como se tornar um psicólogo escolar?

É a formação em Psicologia que prepara o profissional para saber ouvir com empatia e praticar a escuta ativa, a identificar padrões de comportamento entre os alunos, a diagnosticar situações de conflito ou de problemas gerais, além de terem como avaliar casos de desempenho, entre outras funções.

Os graduandos em Psicologia que quiserem entender com propriedade sobre como se tornar um psicólogo escolar precisam seguir algumas etapas e requisitos antes de realmente atuarem nessa função.

Junto com o título de especialista em psicologia escolar, algumas instituições de ensino também exigem que o profissional tenha um certo número de anos de experiência, do mesmo modo que tenha a comprovação de já ter atuado nessa carreira previamente e ter vivência na profissão, o que pode variar dependendo da posição em que irá atuar. Entenda mais a seguir.

Graduação em Psicologia

A primeira destas etapas é ter concluído a graduação em Psicologia. Isso porque é durante o curso do ensino superior em que o profissional aprende as habilidades, competências e os amplos conhecimentos que deve ter como base para exercer a profissão que tem contato direto com os sentimentos e comportamentos do ser humano.

Assim, com a graduação em Psicologia completa o profissional desta área estará apto para buscar especializações focadas em certas atuações, como, neste caso, a Psicologia Escolar e adquirir os aprendizados referentes à sua nova atuação.

E é importante lembrar que ao procurar por uma pós-graduação em Psicologia, é essencial ter o registro no Conselho Regional de Psicologia(CRP) da sua região para poder praticar a profissão de um modo formalizado e reconhecido pelos órgãos regulamentadores.

Pós-graduação em Psicologia

A pós-graduação em Psicologia pode ser feita em Psicologia Escolar, de forma que o estudante dessa especialização entenda mais sobre esse mercado de trabalho e suas respectivas responsabilidades junto com as escolas, alunos, professores e familiares.

A especialização em Psicologia Escolar é uma maneira de se tornar um profissional ainda mais capacitado, de ter os conhecimentos necessários para atuar em escolas e com alunos de todas as idades, e ter um currículo de destaque em relação aos demais trabalhadores da área da saúde. Ela pode ser encontrada em diferentes faculdades, tanto no modelo de ensino a distância quanto com aulas presenciais.

Por isso, se o seu interesse é praticar as responsabilidades e as atividades que descrevemos anteriormente, busque cursos de especialização que estejam de acordo com os seus objetivos. Informe-se sobre a grade curricular da pós-graduação, os valores das mensalidades e estrutura do curso como um todo.

Quanto ganha um psicólogo escolar?

Outro ponto fundamental sobre essa carreira de destaque é em relação a quanto ganha um psicólogo escolar. Caso essa seja a sua dúvida ou curiosidade, saiba que a faixa salarial para iniciantes neste segmento de trabalho é a partir de R$ 2.000.

No entanto, com o passar do tempo e uma maior experiência obtida, os salários podem atingir uma remuneração de R$ 4.000. Esses dados variam entre as instituições de ensino, de forma que seja compatível com o tamanho da mesma ou com a sua modalidade entre ser pública ou privada.

Onde mais o psicólogo escolar pode exercer sua profissão?

O mercado de trabalho para essa carreira é bastante amplo e existem outras oportunidades de vagas de onde mais o psicólogo escolar pode exercer sua profissão. Assim, se a sua vontade é de trabalhar com educação e com o apoio psicológico relacionado com o ensino, saiba que não precisa ficar restrito apenas às escolas.

Por exemplo, pessoas com essa especialização conseguem encontrar posições em empresas e instituições privadas, em centros universitários, em cargos públicos, como em órgãos de assistência social, entre outros. Por ser uma carreira bem completa e de importantes habilidades, os profissionais da Psicologia Escolar têm um grande leque de oportunidades de trabalho.

O que você achou sobre conhecer mais a fundo as responsabilidades e maneiras de atuar como um psicólogo escolar? Para adentrar nessas oportunidades e estar à frente de demais candidatos, ter uma educação de excelência pode ser o seu diferencial. Para isso, busque as instituições de ensino superior que oferecem cursos de qualidade.

Se você, por diversos motivos, não tem a graduação completa em Psicologia, não perca mais tempo nem adie mais esse sonho. A sua formação em uma faculdade de alto padrão pode estar mais perto do que você imagina, basta encontrá-la aqui no nosso site. Assim, você também já faz a contratação do financiamento estudantil que atende às suas necessidades.

No Pravaler são muitos benefícios para os jovens estudantes universitários que querem investir nos seus sonhos profissionais e acadêmicos. Temos opções sem juros, contratos com parcelas que não se acumulam, sem comprovação de renda nem Enem e vários outras vantagens para você. Faça a sua simulação com a gente e descubra!

CTA Curso de Psicologia

Texto escrito por: PRASABER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter