Qual a diferença entre Curso Técnico e tecnólogo?

Por PRAVALER

Qual a diferença entre Curso Técnico e tecnólogo?

Entenda quais são as diferenças entre um curso técnico e um tecnólogo para saber escolher o melhor para você.

Existem diversas diferenças entre os cursos técnicos e tecnólogo. No entanto, a principal delas diz respeito ao nível de escolaridade que representam.

Os cursos técnicos são de nível médio enquanto o curso tecnólogo é uma formação de nível superior.

Nos últimos anos, ocorreu um aumento da oferta de cursos técnicos e tecnólogo, o que gerou algumas dúvidas entre os estudantes, sobre qual seria o melhor para investir profissionalmente.

Por isso, escrevemos este texto. Ele vai ajudar a entender as vantagens e desvantagens entre cursos técnicos e tecnólogo, para que você escolha o melhor para sua carreira.

Principais diferenças entre curso técnico e curso tecnólogo

O primeiro passo ao escolher entre cursos técnicos e tecnólogo é considerar o seu nível de escolaridade atual, bem como seu interesse profissional. As duas formações estão em alta no mercado, oferecendo boas chances de empregabilidade.

As diferenças entre os cursos técnicos e tecnólogo, além do nível de escolaridade, se concentram, principalmente, em três aspectos:

  • Duração: um curso técnico pode durar desde alguns meses até mais de 3 anos, enquanto os cursos superiores de tecnologia duram, em média, de 2 a 3 anos;
  • Requisitos: por ser uma formação de nível superior, o tecnólogo exige que o aluno tenha terminado o ensino médio, o que não é essencial para cursos técnicos. Além disso, será necessário que o candidato seja aprovado em um processo seletivo como vestibular ou Sisu, por exemplo;
  • Mercado: os cursos técnicos e tecnólogo possuem, ambos, foco na preparação de profissionais para a realidade do mercado de trabalho brasileiro. No entanto, os cursos técnicos formam profissionais para atuar em atividades mais operacionais, enquanto os tecnólogos também podem atuar em cargos de gerência;

Vamos ver mais algumas características relativas aos cursos técnicos e tecnólogo.

Curso Técnico

São cursos com o objetivo de capacitar o aluno com conhecimentos práticos e teóricos nas diversas atividades do setor produtivo. Costuma ser muito procurado por pessoas que desejam ou precisam entrar rapidamente para o mercado de trabalho.

Os cursos técnicos podem ser de diferentes tipos, como descrito, a seguir:

  • Subsequente: ideal para quem já concluiu o ensino médio e deseja fazer uma formação específica para entrar no mercado de trabalho. Tem duração variada e ao terminar o curso o estudante recebe um diploma de Técnico de Nível Médio.
  • Concomitante: pode ser feito por alunos que ainda estejam cursando o ensino médio e desejam se especializar, estudando em paralelo. Possui duração média de dois anos.
  • Integrado: prepara o aluno para uma profissão, ao mesmo tempo em que cursa o ensino médio. Pode durar até 4 anos e ao concluir o curso, o estudante recebe o diploma do ensino médio e o de Técnico de Nível Médio.
  • Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional: são cursos técnicos de curta duração, voltados para trabalhadores, estudantes de ensino médio e beneficiários de programas federais de transferência de renda como o Bolsa Família, por exemplo;

Os cursos técnicos costumam ser ofertados em escolas técnicas, institutos federais de educação e instituições do chamado Sistema S, composto pelo Senai e Senac.

Curso Tecnólogo

O curso de tecnólogo, mesmo sendo de nível superior, dura menos do que os cursos de graduação tradicionais, levando. No mínimo, dois anos para ser concluído.

O objetivo principal é especializar profissionalmente os alunos em áreas específicas do mercado de trabalho, que tenham necessidade de mão de obra.

Para cursar esta modalidade de formação, é necessário que o estudante tenha concluído o ensino médio completo.

Entre os cursos técnicos e tecnólogo, este último é ideal para quem deseja possuir um diferencial no currículo ou precisa se aprofundar em uma área específica. Também pode ser útil para o profissional que deseja mudar de área de trabalho.

A oferta de cursos de tecnólogo segue o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia do Ministério de Educação e Cultura, abrangendo diversas áreas como Ambiente e Saúde, Controle e Processos Industriais, Desenvolvimento Educacional e Social, Gestão e Negócios, entre outras.

Agora que você sabe a diferença entre um curso técnico e um curso tecnólogo que tal fazer uma simulação do PRAVALER e saber se você pode financiar o seu curso técnico para entrar no mercado de trabalho?

 

Compartilhar
Categoria: Cursos

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.