Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Radiologia Odontológica: saiba o que é e como atuar na área Radiologia Odontológica: saiba o que é e como atuar na área

Radiologia Odontológica: saiba o que é e como atuar na área

Se formou no curso de Odontologia e está buscando uma boa especialização? Se você se preocupa em seguir uma carreira em uma área que seja promissora no mercado de trabalho, a Radiologia Odontológica pode ser uma ótima opção.

O campo da radiologia se populariza na medida em que o tempo passa, isso porque a evolução de equipamentos mais sofisticados e a tecnologia avançada faz com que seja possível realizar exames mais específicos no corpo humano, descartando a possibilidade de intervenção cirúrgica. Com a Radiologia Odontológica não é diferente. Cada dia mais aliada na rotina dos dentistas, este setor da odontologia permite diagnósticos mais efetivos a fim de promover os melhores tratamentos para a saúde bucal das pessoas.

Se você tem dúvidas de como funciona a especialização em Radiologia Odontológica, continue a leitura deste artigo.

O que é a Radiologia Odontológica?

Embora a radiologia hospitalar e clínica seja a mais conhecida, este setor possui um vasto campo de atuação, como – radiologia industrial, de portos, aeroportos, veterinária, forense e odontológica, que consiste em capacitar o dentista para atuar na área com foco na estrutura maxilar do paciente. Além disso, prepara o profissional para analisar e interpretar as imagens da face, da mandíbula e arcada dentária, a fim de revelar as melhores formas para tratamento, acompanhamento odontológico e planejamento cirúrgico.

Com a tecnologia avançada e um bom maquinário, o dentista radiologista é capaz de identificar a presença de cáries, fraturas ou outros tipos de doenças.

Mas, o que muitos estudantes de odontologia talvez não saibam é que dentro desta especialização, existem diversos caminhos e tipos de radiologia odontológica que possui sua particularidade e função para melhor obtenção de resultado. Para cada doença ou tratamento, existe uma radiologia específica, como por exemplo, a radiologia panorâmica, que serve para visualizar a arcada dentária do paciente por inteiro, e existem outras também, como periapical (observa o dente inteiro), interproximal (capta os dentes inferiores e superiores), oclusal, etc.

Geralmente, as imagens radiológicas são solicitadas antes da realização de algum procedimento ou tratamento, sejam eles cirúrgicos ou não, como canal ou extração de um dente.

Desta forma, a radiologia odontológica se faz presente e necessária em outros segmentos da Odontologia. Separamos uma lista com as principais áreas deste ramo que estão relacionados com a especialização que estamos abordando, confira:

  • Cirurgia bucomaxilofacial: ajuda a identificar lesões ou fraturas ósseas.
  • Implantodontia: permite verificar melhor a área antes da colocação de implantes.
  • Ortodontia: visão ampla da arcada dentária do paciente para definir o melhor tratamento e tipo de aparelho que deverá ser usado.
  • Periodontia: permite visualizar a estrutura óssea do paciente.

Como se especializar em Radiologia Odontológica

Mas afinal, como se tornar um radiologista odontológico?

Para se tornar um profissional de Radiologia Odontológica, há duas possibilidades: por meio do curso técnico em Radiologia, de nível médio, ou tecnólogo em Radiologia de nível superior.

Embora os dois cursos possuem objetivos e funções semelhantes, como o manuseio das máquinas, dominar os processos de fazer diagnóstico por imagens e elaborar laudos, a principal diferença está na abordagem. Enquanto o técnico em Radiologia tem como foco a operação de máquinas, o tecnólogo consegue desenvolver trabalhos e pesquisas em equipe, além de gerenciá-las, e dar apoio a outros profissionais da área da saúde.

Tá confuso? Calma, vamos explicar melhor.

Curso técnico em Radiologia Odontológica

Como mencionamos agora acima, umas das formas de se tornar um profissional de Radiologia Odontológica, é através do curso técnico na área, que tem duração média de um ano e meio, podendo chegar a dois, ou por meio do curso de tecnólogo em Radiologia, que leva três anos para ser concluído.

Ambos abordam a Radiologia no modo geral, mas com ênfase em Radiologia Odontológica, e possuem as seguintes disciplinas na grade de ensino:

  • Anatomia
  • Densitometria Óssea
  • Exames Radiológicos Gerais
  • Física das Radiações
  • Mamografia
  • Processamento de Imagens Convencionais e Digitais
  • Radiologia Industrial
  • Radioterapia
  • Ressonância Magnética
  • Tomografia Computorizada

Existem diversas outras matérias que são ministradas ao longo do ensino, bem como além de todas que mencionamos, Psicologia em Saúde e Legislação Radiológica.

Para o profissional que optar pelo curso técnico em Radiologia Odontológica, o recomendado é fazer um curso mais específico voltado de fato para este segmento, isso claro, se desejar ser um diferencial no mercado de trabalho e ser destaque no momento em que disputa uma determinada vaga.

Por se tratar de um curso rápido e técnico, como colocamos anteriormente, não há a possibilidade de fazê-lo na modalidade à distância, já que o ensino é voltado inteiramente para a prática do aluno. Contudo, o curso superior com habilitação em tecnólogo por ser duradouro, oferta o formato EAD aos estudantes que têm interesse.

Outra diferença entre ambos os cursos, técnico e tecnólogo em Radiologia Odontológica, é o investimento no ensino. Enquanto o técnico possui uma média entre R $300 a R $500 por mês, o tecnólogo custa de R $500 a R $1.000 mensais, podendo sofrer variação de acordo com cada instituição e modalidade, sendo presencial ou online.

Pós-graduação em Radiologia Odontológica

Se o seu objetivo na carreira de Radiologia Odontológica vai além do que o curso técnico proporciona, recomendamos a pós-graduação na área, mas para isso você deve ter antes o diploma em Odontologia, Radiologia e Imaginologia. Dessa forma, você estará mais preparado para atuar no campo além de possuir um diferencial competitivo no mercado de trabalho.

A principal finalidade da especialização em Radiologia Odontológica é capacitar os profissionais para utilização de ferramentas digitais e tecnológicas, com exames de imagens de alta complexidade a fim de detectar e diagnosticar doenças odontológicas. A duração do curso é de 12 a 18 meses, com carga horária de em média 850 horas, podendo sofrer variação de acordo com o formato e a instituição de ensino.

Geralmente, a especialização neste setor da Odontologia busca mesclar as matérias entre conhecimento teórico e prático, para melhor qualificar o profissional. Algumas das disciplinas que estão na grade curricular são: Anatomia, Biologia, Fisiologia, Histologia, entre outras. Ainda é possível encontrar nas modalidades à distância, semipresencial, já que a prática é obrigatória, e presencial.

Diferente do curso técnico, a pós-graduação em Radiologia Odontológica possui um investimento financeiro bem maior, mas vale lembrar que no formato EAD, é possível encontrar mensalidades que cabem no seu bolso. Já presencial, a média de investimento fica em torno de R $1.000 mil mensais para mais.

Quanto ganha um profissional de Radiologia Odontológica?

Se você chegou até aqui, é porque este assunto te interessa, certo? Que tal saber quanto ganha um radiologista odontológico?

O profissional técnico em Radiologia Odontológica atualmente possui a faixa salarial de R $2.107,32, com carga horária de 27 horas semanais. Já o dentista com especialização neste setor, tem um ganho salarial na média de R $2.882,54, para uma jornada de trabalho de 32 horas semanais.

Porém é importante lembrar que, a depender de onde você trabalhar, poderá ganhar mais e ainda, ser beneficiado com adicionais, como comissões, insalubridade, horas extras, bonificação, etc.

Quantas horas trabalha um profissional de Radiologia Odontológica?

Vale a pena destacar que o trabalho do profissional de Radiologia Odontológica vai muito além de somente operar as máquinas. A ele é atribuído diversas outras funções, como por exemplo: analisar a qualidade das imagens, imobilizar o paciente e acompanhar suas reações, isolar a área de trabalho, realizar assepsia do ambiente, entre outras atividades.

Por isso, a carga horária de trabalho pode sofrer variação de acordo com o local de trabalho e o papel e desempenho deste profissional. Em média, o técnico em radiologia odontológica tem a carga horária de 27 horas mensais, e o radiologista odontológico 32 horas.

Principais instituições para estudar Radiologia Odontológica

Uma das principais decisões que devem ser analisadas antes de começar a estudar Radiologia Odontológica, é saber onde investir seu tempo e dinheiro, afinal, é muito importante que você busque sua especialização em uma instituição que ofereça todo o suporte necessário para melhor qualificação e que seja validado pelo MEC (Ministério da Educação) e Conselho Federal de Odontologia (CFO).

Hoje no Brasil, mais de 100 instituições oferecem o curso superior técnico em Radiologia, sendo somente 1% em universidades públicas, ou seja, a maior oferta está nas faculdades privadas.

Pensando nisso, separamos uma lista com as melhores universidades particulares que oferecem especialização em Radiologia Odontológica.

Os cursos técnicos neste segmento podem ser encontrados em centros de formação profissional espalhados por todo o país.

Chegando até aqui podemos notar que a Radiologia Odontológica é um campo promissor, e se você se identificou com esta profissão, não deixe de se capacitar, ok?

Gostou de saber mais sobre a Radiologia Odontológica? Esperamos que com essas informações você possa planejar sua carreira. E se precisa de uma mãozinha para custear as mensalidades da sua pós-graduação em Radiologia Odontológica, está no lugar certo. Com o Pravaler você pode financiar seus estudos com uma taxa de juros diferenciada e de acordo com a sua necessidade. Demais, né?! Confira mais informações no portal oficial. Até mais!

Texto escrito por: PRASABER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter