Faça uma simulação com o Pravaler Icone seta
Crédito estudantil: conheça 2 opções de empréstimo! Crédito estudantil: conheça 2 opções de empréstimo!

Crédito estudantil: conheça 2 opções de empréstimo!

O crédito estudantil é um auxílio financeiro que milhares de jovens universitários utilizam para conseguirem estudar em instituições de ensino superior privadas. Dessa forma, esse modelo de financiamento para os estudos contribui para o acesso à educação de estudantes que não têm os recursos para pagar as mensalidades das faculdades.

Quer saber mais sobre o crédito estudantil, como funciona e quais são as possibilidades que existem hoje? Então, continue com o Pravaler neste artigo que preparamos para solucionar as suas dúvidas. Vem com a gente!

O que é crédito estudantil?

Se você já é um estudante de universidade ou está na conquista da sua aprovação nos vestibulares por aí, provavelmente você ouviu falar sobre um tal de crédito estudantil, certo? Pois bem, ele é um tipo de empréstimo, já que uma instituição financeira concede para o aluno o dinheiro que precisa para pagar as mensalidades.

Também conhecido como crédito universitário, esse contrato faz com que a dívida estudantil do aluno seja com a instituição financeira e não mais com a universidade em que ele está matriculado. Assim, é possível até ter mais tempo para pagar ao invés de ter a duração do curso em questão, assim como começar a ser pago apenas depois da conclusão.

Veja também: Passo a passo – como fazer simulação de financiamento estudantil?

Existem diferentes modelos de crédito estudantil, sendo versões com condições de pagamento, taxas de juros, porcentagem de quanto será o auxílio e outras características diferentes entre cada opção disponível no mercado.

Além disso, o crédito estudantil pode ser feito no formato de contrato semestral ou anual. E em relação à cobertura da mensalidade, pode ser o valor total do pagamento ou parcial, dependendo de qual é o financiamento oferecido pela instituição financeira.

E você sabia que existem dois tipos de crédito estudantil: o financiamento estudantil privado e o financiamento oferecido pelo governo, como o Fies? Essas duas maneiras têm semelhanças e diferenças, mas não se preocupe porque vamos explicar tudo direitinho nos blocos abaixo.

Quem criou o crédito estudantil?

Em 1975 foi criado o Crédito Educativo (Creduc), por Ernesto Geisel, como uma forma de dar a chance de jovens de baixa renda terem uma educação de qualidade. Mas em 1999, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, o Ministério da Educação (MEC) deu origem ao Fundo de Financiamento Estudantil, também chamado de Fies.

Desde então, o programa de crédito estudantil governamental vem sendo reformulado a cada governo. E no caso dos financiamentos privados, cada empresa define como o programa funcionará.

Crédito estudantil e financiamento estudantil é a mesma coisa?

Como dissemos anteriormente, você pode encontrar diferentes nomes para o crédito estudantil, entre eles o financiamento estudantil. Então, se você tem dúvida se são a mesma coisa, saiba que sim.

O crédito estudantil é um financiamento estudantil, já que financia os estudos dos alunos e alunas que solicitarem esta opção de auxílio financeiro. Assim, os estudantes não precisam abrir mão de estudar em boas faculdades privadas caso não tenham o valor das mensalidades a cada semestre. Vale ressaltar que crédito estudantil também é sinônimo de empréstimo estudantil.

Chegou o momento de saber as diferenças entre o crédito estudantil do governo e o oferecido por instituições privadas. Vamos lá?

Crédito estudantil do governo

Assegurado pelo governo federal, o Fies é o crédito estudantil que vem de um fundo de financiamento dos órgãos públicos. Tendo como objetivo diminuir a desigualdade social e proporcionar estudos de qualidade, este programa beneficia milhares de jovens a cada ano.

Nesse caso, o estudante tem garantido no mínimo 50% do valor da mensalidade ao longo do curso e começa a pagar sua dívida para o governo somente depois de concluir a sua graduação em uma faculdade privada.

O Fies pode ser o começo da jornada profissional de alunos e alunas que estão dentro dos critérios definidos pelo programa, como ter participado do Enem, ter tirado uma nota média acima de 450 pontos e não ter zerado a redação. Também é preciso atender às exigências da renda familiar.

Crédito estudantil privado

Bom, além do Fies, também existe o crédito estudantil privado. Neste modelo de negócio, o jovem universitário assina um contrato com uma instituição financeira privada, que pode ser um banco ou uma empresa, e é uma excelente solução para caso o aluno não se encaixe nos critérios do financiamento público ou não passe no processo seletivo.

O financiamento estudantil privado também tem as opções de ser parcial ou integral, variando os prazos para o crédito total ser pago, seus juros e outros fatores que impactam no orçamento do estudante. No entanto, a vantagem é que basta contratar o financiamento para conseguir o auxílio financeiro para seguir com os seus estudos, sem dor de cabeça nem burocracias.

Entre as empresas que oferecem crédito estudantil estamos nós, o Pravaler. Ao longo de nossa jornada, já beneficiamos mais de 180.000 alunos e alunas matriculados em mais de 500 universidades privadas que são as nossas parceiras em todo o Brasil. São jovens como você em busca do diploma universitário e do sucesso na carreira escolhida.

Com a gente, é possível financiar os estudos de cursos de graduação, pós-graduação ou curso técnico por meio de um processo totalmente online, que pode ser feito tanto por calouros quanto por veteranos. Ah, e não precisa ter feito o Enem nem ter conta em banco. É tudo simples e rápido!

Botao Simule Financiamento 1

Lista de bancos que oferecem crédito estudantil

Além do Pravaler, os bancos e instituições financeiras privadas também oferecem opções de crédito estudantil, como os listados abaixo. É importante lembrar de conhecer todas as condições de pagamento e características do contrato antes de escolher o seu financiamento.

  • Itaú
  • Banco BV
  • Banrisul
  • Bradesco
  • Santander
  • Banco do Brasil
  • Caixa Econômica Federal

E aí, gostou de saber mais sobre o crédito estudantil? Não deixe de continuar acompanhando os conteúdos que publicamos em nosso blog para descobrir muito mais sobre tudo o que faz parte da vida universitária. E se for contratar o seu financiamento universitário, já sabe: conte com o Pravaler!

CTA Simule seu Financiamento Estudantil

Texto escrito por: PRAVALER
x

As principais notícias sobre educação na sua caixa de e-mail. Cadastre-se já!

Saiba mais

Pesquisar

Artigos Relacionados

X Assine nossa newsletter