SISU e PROUNI – conheça os pré-requisitos e documentos- necessários para preparar sua candidatura

Nota no ENEM e renda mensal familiar são os principais pontos de atenção; Inscrições começaram nesta terça, dia 21

São Paulo, 23 de janeiro – A nota do ENEM foi divulgada e, com ela, é dada a largada para a fase de inscrições em programas do governo federal para ingressar no ensino superior. Com o resultado da prova como principal integrante das inscrições, alguns estudantes deixam passar outros requisitos importantes para cada tipo de programa e não preparam os documentos necessários para a candidatura.

Primeiros na agenda da educação, o Sisu e o ProUni são dois dos mais concorridos e têm inscrições ainda neste mês de janeiro. O primeiro vai de 21 a 24, com resultado anunciado em 28; e o segundo, de 28 a 31, com resultados no dia 4 de fevereiro. “Todo ano recebemos pedidos de créditos de estudantes que confundiram os dias de inscrição” pontua Rafael Baddini, sócio-diretor do PRAVALER, maior fintech de soluções financeiras para educação no Brasil. “É importante ter certeza de que cumpre todos os requisitos e ter todos os documentos em mãos antes de iniciar a inscrição. O período para se candidatar é curto e a competição é alta”, reforça.

Para quem deseja tentar uma vaga em algum desses programas, vale verificar a seguir todos os pré-requisitos e documentos necessários de cada regulamento.

Sisu – Sistema de Seleção Unificada

Inscrições: 21 a 24 de janeiro

O candidato precisa ter feito o Enem 2019, sem ser na modalidade treineiro, e não ter obtido nota zero na redação. Após a inscrição, o sistema define a nota de corte de cada curso a partir da relação nota/candidatos.

Além disso, todo ano o Sisu tem as “ações afirmativas”, que é a reserva de uma parte de suas vagas para o sistema de cotas para alunos de escolas públicas, pessoas de baixa renda, estudantes autodeclarados negros, pardos ou indígenas, pessoas com deficiência, entre outros. Se você se candidatar a essas vagas, será necessário levar documento de identidade comprovante no momento da matrícula.

Para realizar a inscrição, o aluno deve ir diretamente no site oficial do Sisu, tendo em mãos CPF, número de inscrição e a senha do ENEM do ano anterior (2019), além de comprovantes e documentos que podem variar de acordo com o curso escolhido. Certifique-se dos documentos de cada curso.

ProUni – Programa Universidade para Todos

Inscrições: 28 a 31 de janeiro

Os alunos que desejam tentar uma bolsa do ProUni em instituições privadas do ensino superior devem se atentar aos documentos necessários. Com mais requisitos do que o Sisu, a preparação é fundamental para fazer a inscrição com calma e tranquilidade.

Além de ter realizado o ENEM com nota mínima de 450 pontos e não ter zerado a redação, o aluno deve ter estudado em escola pública, ou em privada na condição de bolsista integral durante o Ensino Médio, e não possuir diploma de nível superior. Para concorrer à bolsa integral (100%), é preciso ter renda família de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já aos concorrentes de bolsa parcial (50%), a renda por pessoa pode ir até três salários mínimos.

No momento da inscrição, será necessário ter em mãos apenas o CPF, número de inscrição e senha cadastrado no site do ENEM. As comprovações de ensino médio e renda serão solicitadas no momento da matrícula, se o candidato for aprovado. Nesse momento, é necessário levar o histórico escolar e demonstrativo de renda. Caso o aluno possua alguma deficiência, será necessário apresentar comprovação no ato da matrícula.

Há uma segunda chance para os estudantes que não forem aprovados na primeira chamada do Sisu ou ProUni. As janelas de segunda chamada dos programas acontecem logo após o resultado da primeira fase: no caso do Sisu, ela começa no dia 29 e vai até 04 de fevereiro; enquanto a do ProUni no 18 de fevereiro de 2020.

Sobre o PRAVALER

O PRAVALER é a principal fintech de soluções financeiras para Educação do Brasil. A companhia foi a primeira desse segmento fundada no País e está entre as mais importantes, segundo estudo publicado pela KPMG. O processo para contratação de seus serviços é zero burocrático e 100% online. A empresa atua no mercado há 18 anos e tem entre seus principais acionistas o Banco Itaú. Com faturamento de 250 milhões e mais de 300 colaboradores que fazem a diferença todos os dias, o propósito do PRAVALER é ampliar o acesso à educação, com a missão de beneficiar um milhão de alunos até 2025, transformando suas vidas e de suas famílias.

Categoria: PRASABERSISU

Quero receber notícias do PRAVALER

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o PRAVALER em primeira mão.