SQL – o que é e como funciona na prática? SQL – o que é e como funciona na prática?

SQL – o que é e como funciona na prática?

Se você é da área tech, muito provavelmente, já ouviu falar em SQL. Essas três letrinhas figuram diariamente na rotina de desenvolvedores e DBAs (DataBase Administrator). Além disso, ela é muito requisitada no mercado trabalho. Por isso, neste artigo vamos te explicar o que é e para que serve o SQL. E aqui vai um spoiler: se você quer seguir carreira na área Tecnologia, é bom aprendê-lo o quanto antes. 

Mas afinal de contas, o que é SQL?

Um dos recursos mais conhecidos do mundo, a linguagem SQL (Structured Query Language) é usada para executar comando em bancos de dados relacionais, isto é, baseado em tabelas. Apesar de não ser o único meio utilizado para este fim, certamente, é o mais popular. Em resumo, podemos dizer que essa linguagem de programação foi criada para que os programadores pudessem simultaneamente, acessar, consultar e modificar os dados estruturais de uma empresa ou organização. Além disso, este recurso facilita o diálogo entre os DBAs e os desenvolvedores. Ou seja, se você quer seguir carreira nessas áreas, é essencial entender como o SQL funciona, combinado? 

Ok, mas para o que ele serve?

Uma programação baseada em SQL pode ser usada para realizar tarefas complexas, como por exemplo, escrever queries e fazer consultas ou manipulações. No entanto, ela também pode executar tarefas simples em tabelas. Tais como:

  • Insert (inserir);
  • Delete (excluir);
  • Update (atualizar);
  • E search (pesquisar).

E convenhamos, em um banco de dados complexo, formado por milhões de informações, essas coisinhas – aparentemente simples – valem ouro, né? Mas, apesar dessa simplicidade, essa ferramenta permite uma manipulação direta dos dados, comando essencial para a criação dos mais diversos softwares e sistemas digitais. 

Por fim, ela é dividida em alguns subgrupos, como:

 

  • DML – Data Manipulation Language: comandos que alteram informações nas tabelas, seja para inserir ou excluir dados (ex: select, delete e insert);
  • DDL – Data Definition Language: são comandos que modificam o banco de dados (ex: drop – apaga algum objeto e create – permite a criação de novos objetos);
  • DCL – Data Control Language: é o grupo responsável pelas permissões, restrições ou bloqueios (ex: grant – permite o acesso e/ou modificações no banco de dados);
  • DTL – Linguagem de Transição de Dados: é responsável por salvar as alterações feitas pelos usuários (ex: commit – autoriza que as alterações sejam salvas).

 

Tá, mas por que eu preciso aprender SQL?

Bom, se você quer ser um desenvolvedor, um arquiteto de dados ou um DBA não tem muito para onde fugir, afinal de contas, assim como o sorriso, o SQL também é uma linguagem universal. Além disso, essa ferramenta também é parte essencial na rotina de quem vai trabalhar com análise, programação ou engenharia de dados.

A boa notícia é que ele está em alta no mercado e é, relativamente, simples. Então, você não precisa ser um expert em programação para aprendê-lo. 

No mundo globalizado em que vivemos, saber analisar dados é algo fundamental. Sendo assim, o SQL já é quase como um pilar na carreira de qualquer profissional de tecnologia, se tornando um diferencial e tanto para quem quer se destacar no mercado.

Além disso, a linguagem SQL já é utilizada há mais de 40 anos e, nessas quatro décadas, passou por poucas mudanças. Então, por mais clichê que isso pareça, é preciso ressaltar que essa é uma linguagem universal e estável, que não requer grandes atualizações, o que pode ajudar quem está começando agora. No entanto, para quem quer se especializar no assunto, é preciso um estudo mais aprofundado da programação, até mesmo porque, com passar dos anos, a técnica fica cada vez mais avançada. Além disso, quanto mais você estudar, melhor colocado e mais bem visto você será no mercado.

Para saber mais:

Curso: Introdução a SQL: Consulta e gerenciamento de dados
Artigo: Como utilizar os comandos Insert, Select, Update e Delete em SQL
Guia Completo de SQL

Categoria: Carreira Pravaler

Quero receber notícias do Pravaler

Preencha o campo abaixo com seu e-mail e fique sabendo tudo sobre o Pravaler em primeira mão.