Voltando a estudar na fase adulta. Como se adaptar aos colegas mais jovens?

Tomar a decisão de voltar a estudar na fase adulta não é nada simples. Sem dúvidas, são muitos os obstáculos que terão que ser enfrentados. Um dos principais problemas que se enfrenta quando se decide voltar a estudar nessa fase é a incerteza. Será que ainda é possível se encaixar em uma sala na qual predominam alunos jovens? Ou dar conta do conteúdo e carga de estudos exigida? Vale mesmo a pena voltar à sala de aula com essa idade?

Esses são questionamentos naturais, mas que devem ser trabalhados e superados na cabeça dos adultos que desejam regressar aos estudos. Adquirir conhecimento nunca é demais; então, não se pode pensar nisso como uma exclusividade para os mais jovens. Trata-se de uma competência que pode ser desenvolvida ao longo de toda a vida.

Aqui estão algumas dicas para encarar de forma mais tranquila a decisão de voltar a estudar na fase adulta e fazer com que essa experiência seja um sucesso.

A motivação para estudar na fase adulta
Estar motivado é dos principais passos para quem pensa em voltar a estudar na fase adulta. Se, por acaso, você está sentindo o desejo ou a necessidade de regressar aos estudos, esse já um grande passo. Mas é necessário buscar motivação – não só para voltar a estudar, mas também para não desistir no meio do caminho.

Tomar consciência do quanto isso pode ser benéfico para sua vida também é um ponto motivacional e dá a certeza de que você fez o certo ao regressar aos estudo a essa altura da vida. Faça um balanço e uma análise de como essa decisão de voltar a estudar na fase adulta pode trazer mais oportunidades.

Como lidar com colegas de classe mais jovens
Ter autoestima é muito importante no processo de voltar a estudar na fase adulta. Isso porque é essencial que você não dê à sua idade mais importância do que muitas vezes ela merece. Tire da sua mente a ideia de que as pessoas que estudam com você o julgarão pela sua idade ou pelaa decisão de voltar a estudar.

Você e seus colegas de classe enfrentarão as mesmas questões no processo de aprendizagem – ou seja, na sala de aula estarão em pé de igualdade. Outra questão que pode pesar é em relação ao comportamento, porque os jovens são mais curiosos e agitados. Nesse contexto, é importante ter a mente aberta para isso e saber lidar com as diferentes maneiras de agir. Ter mais idade não dá a garantia de que você sabe mais ou que é superior a quem é mais jovem que você. Tente fazer dessa diferença de idade uma troca de experiências!

Voltar a estudar na fase adulta pode ser um desafio enorme, mas não é impossível. Leve essa decisão a sério e aproveite esse momento para aprender mais, ter novas experiências e a conquistar boas amizades. Boa volta às aulas, em qualquer idade!

Categoria: PrasaberProfissões

Pensamos na sua privacidade

Usamos cookies para que sua experiência seja melhor. Ao continuar navegando, você está ciente dos nossos Termos e Políticas.

CONTINUAR